sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Matador de mulheres: Foragido que matou duas ex-namoradas é preso em Águas Lindas de Goiás


Apontado como autor do assassinato da ex-namorada em Anápolis, Rafael da Silva de Andrade, de 35 anos, foi localizado e preso nesta quinta-feira (15) pela Polícia Civil (PC) em Águas Lindas de Goiás. 

Desde 2018, ele era já era procurado por ter assassinado outra namorada, no Distrito Federal.

Aila Pinto Cardoso, de 35 anos, veio do Ceará para morar com ele em Anápolis. A vítima era professora e os dois teriam se conhecido no início do ano por meio de um aplicativo de relacionamento. Após quatro meses de namoro virtual, ela veio para Goiás. 

O casa morava na Vila Jaiara. 

No dia 17 de junho deste ano Aila foi assassinada por Rafael com 25 facadas. As informações são da Polícia Civil (PC).

“Pelo que nós apuramos, eles se desentenderam já nos primeiros dias em que começaram a morar juntos, até que a Aila Pinto decidiu voltar para sua cidade, e vendeu os móveis que eles haviam comprado. 

A princípio o Rafael fingia aceitar o término, chegou a almoçar com ela, mas na noite anterior ao dia em que ia embora, esfaqueou ela e fugiu”, descreveu o delegado Vander Coelho, titular do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Anápolis.

Após o assassinato, Rafael chamou a ex companheira de “finada” em uma postagem no facebook. E ainda fez um comentário pedindo “que Deus tenha um bom lugar para ela”. 

Em uma foto onde ele aparece com um copo de cerveja e um cigarro na mão, o homem escreveu: “É eu tento me confortar de alguma forma sei que estou errado mas essa é a única forma de fazer as coisas dentro de mim se acalmarem”.

Ao ser preso em Águas Lindas, ele confessou o crime, mas tentou alegar legítima defesa. Segundo ele, Aila teria partido para cima dele com a faca. 

“Como legítima defesa se ele desferiu 25 golpes nela, abandonou o corpo, trancou a casa e fugiu?”, questionou o titular do GIH de Anápolis.

Segundo a Polícia Civil, Rafael já havia cumprido sete anos de prisão após matar uma namorada no Distrito Federal. 

Mas desde o final do ano passado ele estava foragido da Justiça. Ele vai responder mais uma vez por feminicídio.

Fonte: Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.