quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Dianópolis (TO) completa 135 anos; prefeitura organizou evento festivo com programação cultural



Dianópolis, sudeste do Tocantins, completou 135 anos de emancipação política na última segunda-feira (26). 


Com início de sua história em 1.750 com a fundação de um povoado na aldeia dos índios Acroás, região de grandes minas de ouro, com a denominação de Minas das Tapuias e com a chegada dos jesuítas, que vieram para a região com a missão de agrupar os índios em aldeamentos (Formiga e Missões), surgiu então as primeiras habitações que deram origem ao arraial de São José do Duro.

Em 1854, o arraial já era distrito, sendo elevado à categoria de vila em 26 de agosto de 1884, data esta considerada como de sua fundação, sendo instalado a 1 de janeiro de 1885. 

Posteriormente, a cidade passa a chamar-se Dianópolis.

Com fatos históricos narrados por poetas, escritores, autoridades da cidade, Dianópolis passou a construir sua história, pelas mãos de famílias que se uniram com o objetivo de transformar o arraial, em uma cidade, que hoje é referência no Sudeste do Tocantins.

Com um passado de lutas, marcado também pela dor, Dianópolis foi alcançando espaço, tornando-se a “Princesinha do Sudeste”, a Terra das Dianas. 

Cidade hospitaleira, com aquele jeito de interior, pessoas acolhedoras, traz em suas ruas e casas centenárias, marcas de um passado de batalhas, com episódios que estão para sempre registrados em sua história, como a “chacina dos nove”, fato ocorrido em 1919, que vitimou nove pessoas, que tiveram seus restos mortais sepultados coletivamente em um local, onde posteriormente foi construída uma Praça, com a construção de uma capela sobre os restos mortais, denominada “Capelinha dos Nove”.

Além de sua história de luta e exploração do ouro, Dianópolis foi crescendo e conquistando espaços no Sudeste do Tocantins. 

Hoje, recebe gente dos quatro cantos do País, que buscam se aventurar no turismo da região. 

Localizada nas Serras Gerais, maior cadeia de serras do país, Dianópolis tem se destacado com potencial econômico, turístico e cultural, atraindo os olhos de investidores e de forças públicas, que já anunciam investimentos na região, com o objetivo de promover e desenvolver o turismo das Serras Gerais.

O que se sabe é que Dianópolis, com seus 135 anos, alcança agora um espaço que vai alavancar ainda mais sua economia por meio do turismo. As Serras Gerais, já é o cartão postal do Sudeste e a Terra das Dianas, se torna o portal de entrada do mais novo trade turístico do país, abrindo suas portas para o mundo.

Para celebrar os 135 anos da Terra das Dianas, a prefeitura da cidade, organizou um evento festivo, com programação cultural, lançamento de obras, shows, entretenimento, atividades esportivas.

Programação

Durante três dias, dianopolinos e cidades vizinhas participaram das festividades em comemoração aos 135 anos da “Capital do Mundo”. Em parceria com o Sebrae, o município realizou a II edição da Feira “Dianópolis TEM”.

A Feira, teve como objetivo evidenciar as potencialidades do município, com exposição dos produtos regionais, turismo, arte e cultura da cidade. 

Com estandes montados no circuito da festa, expositores apresentaram seus produtos, comercializaram e contribuíram com o aquecimento da economia da cidade.

Durante os três dias de shows, artistas locais e reconhecidos nacionalmente se revezaram no palco, contagiando e emocionando o público que lotou a Praça da antiga rodoviária, local onde foi montada a estrutura de palco, praça de alimentação e parque de diversão.

A abertura oficial aconteceu na sexta-feira, com visita do prefeito, Padre Gleibson Moreira e da gerente regional do Sebrae, Fabiola Wolney, aos estandes. “Mais uma vez, a Feira foi um sucesso e isso mostra que estamos no caminho certo. 

O Sebrae é um incentivador e vamos continuar buscando essas parcerias, que fomentem a nossa cidade, a nossa região”, destacou Fabíola Wolney.

Os shows, de Mirindinhas, Alex e Matielo e Khrys França, animou o público que contou também com apresentação da Banda Municipal, Bento Jacinto e escolas municipais, com recital de poesias e canto. No sábado, a animação ficou por conta dos artistas da casa, que deram um verdadeiro “show”, em quatro participações com as bandas “Nosso Som, “Forró Pileke”, Banda Jaé e Deivinho. 

Já no domingo, as apresentações finalizaram a programação festiva, ao som de Virginia Leal, Àtila e Matheus, Gabriel Carvalho e Forró Rasgado. 

Ainda no domingo, foi realizada a final do Campeonato Municipal de MTB, com participação da Associação de Ciclismo de Dianópolis (ACD) e a tradicional corrida de rua.

A programação contou também com a “Semana Cultural”, com realização da Secretária Municipal de Educação e participação das escolas da rede.

Na madrugada desta segunda-feira, os dianopolinos foram acordados ao som da Banda Municipal, Bento Jacinto, que realizou alvorada festiva, às 5h. 

Logo após, foi realizado momento cívico, na Praça da Capelinha dos Nove, onde foi realizada Missa Solene em ação de graças pela passagem dos 135 anos de emancipação política da cidade. 

A Missa contou com a presença do prefeito, Padre Gleibson Moreira, vice-prefeita, Francisca Ribeiro, vereador Manin do Zorra, vereador Domingos Cerqueira, diretor do Fórum de Dianópolis, Juiz Jossaner Nery, demais autoridades e comunidade.

Ao final da celebração, o pároco, Padre Thiago Messias, proferiu a benção sobre os fiéis, abençoando em seguida a Praça da Capelinha, que foi revitalizada recentemente, por meio de recurso do Ministério do Turismo, em parceria com a Prefeitura. 

“São 135 anos de gratidão a Deus por essa cidade tão linda e especial. “Dianópolis será a referência em turismo do Sudeste. 

Hoje, estamos vivendo um tempo de mudanças e isso nos levará para o mundo. A festa foi linda, tudo transcorreu sem incidentes. 

Só temos que comemorar e agradecer cada pessoa que veio, que prestigiou, que se alegrou com a gente”, disse o prefeito, agradecendo o apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Bombeiros Militar e segurança privada.

Na sexta-feira, a Prefeitura realizou solenidade de abertura de um polo da Universidade da Maturidade (UMA). 

Em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), o município vai oferecer mais qualidade de vida para as pessoas da melhor idade.

O evento contou também com programação para o público infantil, com o “Trenzinho da Alegria”, que transportou as crianças em passeios pela cidade, durante os dias de festa. 

Além disso, a Prefeitura contou também com a participação da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Dianópolis, durante a programação.

Zona Rural

Nesta terça-feira, a Prefeitura em parceria com as secretarias municipais, dará início a uma programação em comemoração aos 135 anos da cidade, voltada para as comunidades rurais, com atendimento médico, odontológico, realização de palestras, exames, cadastro único, atividades esportivas e recuperação de estradas.

Fonte e texto: Surgiu 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.