domingo, 14 de julho de 2019

Sindicato Rural de Campos Belos emite Nota à Imprensa



Nota à imprensa 

O Sindicato Rural de Campos Belos, na pessoa do seu presidente, Wesley Oliveira, vem a público explicar à sociedade sobre o cancelamento do show musical do cantor “Xand Avião”, previsto para ocorrer neste domingo (14), durante a XXVI Exposição Agropecuária de Campos Belos. 


Primeiramente e antes de mais nada pedimos desculpas à sociedade, às pessoas que compraram ingressos e a todos aqueles que de maneira direta ou indiretamente estavam ligadas ao evento.

Sobre o episódio, é importante esclarecer que:

1. O Sindicato Rural de Campos Belos é tão vítima do lamentável episódio, quanto o querido público que comprou os ingressos e sempre confiou na credibilidade desta Instituição.

2. A fim de não utilizar o capital próprio do Sindicato Rural de Campos Belos, que tem uma baixa arrecadação, a entidade tomou a iniciativa de terceirizar a realização dos shows e da comercialização de bebidas à empresa Servttec.com, de Goiânia, especializada na promoção de shows em diversas cidades de Goiás e de outros estados, inclusive na “Festa Euro”, promovida anualmente na capital goiana.

3. Para terceirizar o serviço, o Sindicato Rural formalizou, no início do ano, o contrato com a referida empresa para promover os shows, vendas de ingressos e comercialização de bebidas, inclusive com uma multa por rescisão contratual de R$ 200,000.00 (duzentos mil reais).

4. Ocorre que durante a realização do evento, a empresa e seus funcionários começaram a apresentar uma série de problemas, inclusive de transparência, trazendo uma suposta baixa arrecadação de bilheteria e vendas de bebidas.

5. Atrelado à falta de transparência, a empresa Servttec.com deixou de assumir diversas responsabilidades financeiras, inclusive com a equipe de Rodeio, da montagem do palco e toldos, todas sob sua responsabilidade. 


Atenta aos diversos problemas apresentados pela empresa terceirizada, a presidência do Sindicato Rural começou a identificar diversas falhas de gerenciamento.

6. Somado a isso, a Servttec deixou de honrar compromissos básicos, como o pagamento dos artistas. No show de Kleo Dibah, por exemplo, para que o mesmo se concretizasse, o Sindicato teve que depositar do seu próprio capital de giro R$ 30.000 (trinta mil reais), por falta de pagamento, então responsabilidade da empresa Servttec.com.

7. Por fim, neste domingo (14), para um dos shows mais aguardado da festa, o de “Xand Avião”, a empresa voltou a faltar com suas obrigações financeiras. Observando que a apresentação artística não poderia ocorrer, o presidente do Sindicato tomou todas as iniciativas e tentou de todas as formas honrar os compromissos não cumpridos pela empresa junto ao empresário do artista. Infelizmente “Xand Avião teve que voltar ao Aeroporto de Luiz Eduardo Magalhães por falta de acordo. 


Ao presidente do Sindicado foi facultado o pagamento de R$ 145 mil, em espécie, em dez minutos. Sem condições de transferência bancária, por ser domingo, e sem acordo (não aceitar cheques ou garantias), o empresário cancelou a apresentação do cantor.

8. É importante esclarecer que a empresa terceirizada também deixou como vítimas, em Campos Belos, diversas empresas, como hotéis, distribuidoras, fornecedores, companhia de rodeios, fogos e dentre outros. Não satisfeitos, os empresários tomaram fuga da cidade, pulando a janela do sindicato, tomando destino ignorado.

9. O presidente do Sindicato e produtores rurais, solidariamente, à vista da fuga dos empresários, uniram-se e arcaram com o pagamento do show de Bia Ferraz e mais uma banda, além da diária do palco, gerador e outros custos, para ao menos finalizar a festa agropecuária com um show com portões abertos.

10. A propósito, o presidente do Sindicato sente muito pelos transtornos e compreende os sentimentos daquelas pessoas que viajaram centenas de quilômetros, foram aos salões, compraram suas roupas e depositaram sua confiança em nossa festa.

11. Dos fatos acima, o Sindicato Rural de Campos Belos comunicou o fato ao Delegado de Polícia, ao Ministério Público de Goiás e procurou os órgãos de imprensa para comunicar os fatos à sociedade, com a máxima transparência.

12. O Sindicato Rural também, por intermédio de seus advogados, estão estudando as medidas judiciais cabíveis para responsabilizar os empresários, assim como as medidas administrativas para a devolução, o mais breve possível, dos valores pagos pelos ingressos.

Campos Belos, 14 de julho de 2019

Wesley Oliveira

Presidente do Sindicato Rural de Campos Belos

Um comentário:

  1. Lamentável o ocorrido de ontem... Mas analisemos as condições dessa nota: essa exposição agropecuária de Campos Belos é umas das festas mais aguardadas do ano, mas vemos que ela a cada ano que se passa se torna mais inviável para o trabalhador campobelense! A começar pelos absurdos preços do ingresso, depois lá dentro preços monstruosos de bebidas e alimentos, além de preços absurdos cobrados dos barraqueiros que trabalham praticamente para pagar o ponto deles. No final dá nisso aí! O povo fica meio sem saber p que fazer numa crise dessa... muitos entram mas lá dentro não conseguem consumir nada devido aos altos preços. Nas próximas festas sr. Presidente análise cm carinho cada detalhe dessa festa, para que não aconteça novamente fatos como esses!

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.