quarta-feira, 17 de julho de 2019

MP ingressa com ação para garantir funcionamento de delegacia da Polícia Civil em Flores de Goiás


O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ingressou com ação cautelar contra o Estado de Goiás para garantir o funcionamento da delegacia de Polícia Civil (PC) em Flores de Goiás. O município tem cerca de 12 mil habitantes e fica a 436 quilômetros de Goiânia.

De acordo com o promotor substituto da comarca, Samuel Fonteles, foi informado que a unidade só funcionava uma vez por semana, às quartas-feiras. foram feitas duas visitas, uma em maio e outra em junho. 

Nas duas vezes a delegacia estava fechada nos dias que deveria funcionar.

“Já causa estranheza, por se tratar de um serviço público, o atendimento semanal, mas nem isso está sendo feito”, conta o promotor. 

O delegado responsável afirmou à promotoria que a falta de verba seria o motivo do escalonamento de atendimento. “Entendemos que os recursos são escassos, mas existe o mínimo a ser assegurado à população”, reitera Samuel.

De acordo com o promotor, descobriu-se ainda que um profissional, que não é da PC, seria o responsável por abrir a delegacia às quartas-feiras. “É um parente de um policial militar. Nos informaram que, quando a delegacia é aberta, por volta das 13h30 já é fechada novamente”, completa.

A estimativa é que em uma semana a Justiça avalie e emita uma decisão. Segundo o promotor, é provável que o juiz se sensibilize e providencie de imediato um estudo para designar quantos servidores serão necessários para atender a demanda com pleno funcionamento.

Em nota, o Estado de Goiás, por meio da Procuradoria-Geral do Estado, informou que ainda não foi notificado da ação.

Fonte: Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.