quarta-feira, 31 de julho de 2019

Bolsonaro e Caiado assinam concessão da Norte-Sul em Anápolis


O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira, 31, termo de concessão da Ferrovia Norte-Sul em Anápolis (GO). Arrematado pela empresa Rumo, o objeto do leilão teve lance de R$ 2,7 bilhões.

O contrato abrange trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela d’Oeste (SP), com prazo de 30 anos para exploração.

É quarta vez que o presidente visita Goiás, o que demonstra prestígio do estado com a equipe. Na semana passada, ele esteve presente em solenidade da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO).

Durante o evento, o governador Ronaldo Caiado (DEM) falou da importância da ferrovia efetivamente sair do papel e ajudar na logística da produção brasileira. “Teremos a maior linha férrea, que será capaz de democratizar a comercialização dos nossos produtos”, disse.

Onyx Lorenzoni, ministro da Infraestrutura, elogiou Caiado e ressaltou a importância estratégica de Anápolis.

ESCOAMENTO

Ministros da Infraestrutura (Tarcísio Freitas) e do Gabinete de Segurança Institucional (Augusto Heleno) participaram da assinatura.

Conforme o Governo de Goiás, a ferrovia é um dos modais mais importantes para o escoamento da produção agrícola de Goiás e do resto do do país.

Em entrevista coletiva, o presidente chegou a afirmar que o funcionamento da ferrovia poderá reduzir até mesmo as mortes nas rodovias, com o desafogamento do uso de carga por caminhões em alguns trajetos,

Bolsonaro explicou também a importância da ferrovia para a imagem do Brasil junto aos investidores. 

“Essa assinatura de contrato de concessão de 1,5 mil quilômetros é fundamental. 

Falta um ano e meio, dois para conclusão… Trata-se da espinha dorsal do transporte do Brasil, já tem as ramificações que chamamos de costela. Vai baratear o frete, que vai consumir menos óleo diesel, teremos menos acidentes nas estradas. Vai baratear os produtos. 

Isso aqui faz o mundo ter confiança no Brasil. Há 30 anos essa obra está para ser concluída. ”

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.