sábado, 25 de maio de 2019

Denúncia de assédio: pegou para o jornalista Gerson de Souza



A Record afastou, nesta sexta-feira, o repórter Gérson de Souza, do Domingo Espetacular, após ter sido denunciado por 12 mulheres de assédio sexual. 


Segundo o Portal Uol, ele permanecerá afastado até o dia 10 de julho, quando entra de férias. 

A emissora só tomará novas decisões depois que o inquérito policial terminar. 

Nesta quinta-feira, duas jornalistas foram à Polícia Civil de São Paulo para denunciar o repórter. Hoje, mais dez funcionárias da Record foram a delegacia para denunciá-lo também. 

Elas contaram que Gérson tentava roubar beijos, falava palavras obscenas. 

Algumas disseram que foram apalpadas por ele. 

Ao UOL, o repórter sustenta que é "revanchismo" de uma produtora e nega ter assediado as mulheres. 

Ele também disse ser "de uma época em que se brincava (com mulheres)".

Fonte: Meia Hora

Um comentário:

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.