terça-feira, 7 de maio de 2019

Chega a 50 o número de pacientes renais crônicos no nordeste de Goiás e sudeste do Tocantins


Chega a 50 o número de pacientes de Campos Belos, Monte Alegre, Arraias, Taguatinga, São Domingos, Divinópolis de Goiás e de outras cidades do Tocantins e de Goiás que integram uma lista de pacientes renais crônicos e que, para sobreviver, precisam semanalmente passar por hemodiálise. 

Todos eles precisam se deslocar cerca de 800 km, ao menos 3 vezes na semana, para poder filtrar o sangue, já que os rins não conseguem mais fazer esta função. 

Por conta desse sofrimento diário em prol da vida, familiares e pacientes montaram uma força tarefa para exigir dos poderes públicos a instalação de um centro de hemodiálise em Campos Belos. 

Uma das exigências legais é que a cidade tenha ao menos 50 pacientes em tratamento. Além disso, há uma série de outras questões, como a contratação de um médico nefrologista e, claro, muita vontade política. 

Agora é cobrar deputados federais, estaduais, senadores, prefeitos e secretários de saúde para que a exigência , de vida ou mortes, se torne uma realidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.