segunda-feira, 15 de abril de 2019

Escola Agrícola de Arraias (TO) fecha as porteiras por falta de merenda


A Escola Estadual Agrícola David Aires França,  no município de Arraias (TO), paralisou suas atividades e dispensou seus alunos por falta de merenda escolar. 

Segundo o Observatório da Educação do Campo e Quilombola da UFT, a SEDUC (Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esporte) não repassou nenhuma verba referente a esta despesa no ano de 2019. 

Os únicos recursos para alimentação que a Escola recebeu neste ano são oriundos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), ou seja, o Estado do Tocantins não repassou nenhum centavo para Merenda nesta Unidade Escolar no corrente ano.

"Tivemos a informação de que na semana passada, servidores da Escola fizeram uma "vaquinha" (doação de alimentos) para tentarem amenizar a falta da Merenda. 

Apesar da solidariedade da equipe, a SEDUC não se mostrou eficiente na solução do problema que culminou na suspensão das aulas na data de hoje.
As informações podem ser verificadas no próprio sítio da SEDUC-TO", informa o Observatório.

A Escola Agrícola enfrenta ainda outros problemas de gestão. 

Apesar do ano letivo ter começado em 04 de fevereiro, a Instituição não teve ainda seu diretor nomeado. 

Desde o início do ano, ela está sendo gerida por diretores interinos que respondem pela Escola. Impactando em muitos problemas no âmbito da gestão e do pedagógico.

"Convocamos toda a sociedade para cobrarem das autoridades uma solução para este caso e para o abandono que a Educação Pública tocantinense está vivendo",  informa o Observatório da Educação do Campo e Quilombola da UFT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.