sexta-feira, 29 de março de 2019

MP pede inclusão de nome de empresários foragidos em lista da Interpol. Operação foi deflagrada em Formosa/GO



A 1ª Promotoria de Justiça de Formosa requereu a inclusão dos empresários André Luiz Gontijo de Souza e Vanessa Maris Araújo Fernandes na lista de procurados da Interpol. 

Eles tiveram a prisão preventiva decretada e encontram-se foragidos desde o dia 22 de março.

A intenção dos promotores que assinam o pedido, Douglas Chegury e Fernanda Balbinot, é que os postos da Polícia Federal na fronteira e aeroportos e demais órgãos de segurança pública permaneçam alertas para capturá-los.

André Luiz e Vanessa Maris são investigados no âmbito da Operação Demóstenes, deflagrada pelas Promotorias de Justiça de Formosa, por suspeita de participarem de organização criminosa voltada para a prática de fraudes em licitações públicas. 


De acordo com as investigações, foram fraudados processos licitatórios de pavimentação asfáltica nos anos de 2017 e 2018.

Os dois empresários são proprietários da empresa Mult-X Construtora e são acusados também de falsidade ideológica e uso de documentos falsos.

As investigações apuraram que foram fraudados oito procedimentos licitatórios que tiveram como objetivo a pavimentação asfáltica, aplicação de lama asfáltica e tapa-buraco nas ruas do município.

A Justiça, atendendo pedido do MP-GO, decretou o bloqueio de R$ 5 milhões dos réus como forma de assegurar o ressarcimento dos prejuízos causados aos cofres públicos municipais.

Fonte: MPGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.