terça-feira, 5 de março de 2019

Jovem que morreu em Arraias é enterrado. Polícia abriu investigação



O designer Caio Mascarenhas Cirqueira, 25 anos, que morreu na noite do último sábado (2) em Arraias, no interior do Tocantins, enquanto pulava carnaval foi enterrado nesta segunda-feira. 

A suspeita é que ele tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória. A delegacia de Arraias abriu uma investigação para investigar o que provocou a morte do jovem. 

Veja a matéria no site da TV Globo 

Uma amiga do jovem informou que Caio estava na festa quando sofreu um apagão, foi na casa onde estava hospedado e voltou depois de melhorar. Momentos depois ele passou mal novamente e ficou desacordado. 


O jovem foi levado para o hospital da cidade, mas já chegou ao local sem vida.

Caio Mascarenhas morava em Palmas e era servidor da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). Segundo os amigos, ele viajou para Arraias para curtir a festa da cidade. 

Nas redes sociais, vários internautas lamentaram a morte do jovem. No próximo sábado (9) ele completaria 26 anos.

O corpo do designer vai ser levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Porto Nacional, que vai identificar a causa da morte, e depois encaminhado para Palmas, onde deve ser velado.

A Unitins divulgou uma nota de pesar pela morte do jovem. Informou que Caio ingressou na unidade como acadêmico em 2012 e em 2015 começou a estagiar na universidade. 

"Meses depois foi contratado como servidor e desde então havia conquistado várias promoções pelo trabalho prestado sempre com excelência. Em 2018 o jovem concluiu o curso de Sistemas de Informação no Câmpus Palmas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.