quinta-feira, 7 de março de 2019

Despedida: Padre João Assunção deixa Paróquia de São João da Aliança (GO)



Por Elias Alves,

No último domingo (3), houve a missa de despedida do Padre João Assunção, na igreja matriz, paroquia São João Batista em São João d’Aliança (GO).

Após de 31 anos de sacerdócio dedicado a diocese de Formosa, dos quais grande parte na paroquia São João Batista.

Padre João Bernardino de Assunção irá agora servir na catedral de Florianópolis, capital de Santa Catarina SC.

Não foi uma mera despedida, foi sim um grande evento de reconhecimento justo, a grande homem, um digno Ministro do Evangelho. 


Raro por se enquadrar na maneira que apregoou São João Maria Vianey em 1928: “Um bom pastor, um pastor segundo o coração de Deus é o maior tesouro que Deus pode conceder a uma paróquia e um dos dons mais preciosos da misericórdia Divina! ”.

Fora neste contexto que a comunidade local o recebeu: A igreja repleta de fiéis amigos e também de amigos fiéis, sim aqueles que muitas vezes não professam a mesma fé, mas que o tem sim, como um excepcional amigo.

Efusivamente, sem exceções os presentes aplaudiram de pé na sua entrada ao templo.


Padre João, aquele sacerdote a quem a comunidade local aprendeu a amar, admirar e também se espelhar na sua trajetória de carisma, simpatia, servidão, amor ao próximo e também probidade.

Nas suas palavras além de agradecer imensamente a acolhida, Padre João advertiu quanto ao perigo de um espetáculo midiático promovido por aqueles que deveriam, de fato, promover a justiça.

Depois de uma maçante excreção pública, não há liberdade ou julgamento com prova cabal de inocência possa que sanar o dano causado lá atrás.

Enfim, Padre João foi embora, voltou ao seu estado natal, onde se encontra os seus consanguíneos, deixou inestimável legado de retidão e construção de valores éticos, caminhou pelo fio da navalha sendo agente público e nunca deixou macular suas vestes pela desonestidade.


Sendo ovelha, conviveu entre lobos, porém fez valer duas inefáveis qualidades inerente aos cristãos autênticos: Sal da Terra e Luz do Mundo.

Construiu sua trajetória no maior princípio de sabedoria, segundo escreveu o sábio Salomão, sendo assim estribado condicionalmente no Temor do Senhor!

Certamente Padre João Assunção, onde estiver, nunca esquecerá a sua passagem pela paroquia São João Batista, e pelo pouco que conheci ou convivi, por vezes dividimos os estúdios da Rural FM

Deixará para nós sempre essa palavra: “Deus é minha testemunha de como tenho saudade de todos vocês, com a profunda afeição de Cristo Jesus”. (Filipenses 1.8)

Consola-nos saber que a despedida entre verdadeiros amigos nunca existirá, pois os nossos verdadeiros amigos não estão apenas no nosso dia a dia, mas estão no mais profundo sentimento da alma, independente de distância, circunstâncias e problemas amizades verdadeiras continuam a crescer.

Finalmente, desejo ao Padre João que: "Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes, e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça." (Ec 9.8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.