quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Deflagrada Operação Queronéia em Formosa (GO), que apura desvio de recursos em fraudes de licitações



O Ministério Público, com apoio da Polícia Militar de Goiás, deflagrou na manhã desta quarta-feira (27/2), em Formosa, a Operação Queronéia, um desdobramento da Operação Gaugamela realizada no início deste mês.

A mobilização tem por objetivo o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão em residências de pessoas investigadas pela prática, em tese, de atos de improbidade administrativa, por desvio de recursos públicos em fraudes de licitações e contratos administrativos, entre 2017 e 2018.

Os mandados foram cumpridos nas casas de duas ex-presidentes da Comissão de Licitação do município, Chayane de Melo Gontijo e Bianca Castro Valadares, o ex-gestor do Executivo Eliardo de Oliveira Faria e o ex-controlador interno, Humberto Marques da Costa Pinto.

A operação é coordenada pelos promotores de Justiça da comarca de Formosa Caroline Ianhez, Fernanda Balbinot e Douglas Chegury, com auxílio do promotor de Campos Belos, Bernardo Fraya, e de Posse, Frederico Machado.

Conforme explicam os coordenadores da operação, Queronéia foi a primeira batalha travada por Alexandre da Macedônia, no ano de 338 a.C., e que resultou na unificação das cidades-estado da Grécia antiga.

Fonte: MPGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.