quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Oito anos depois: acusado de matar prefeito é preso em Alto Paraíso de Goiás



Por Roberto Naborfazan, 


Horas após tomar conhecimento do mandado de prisão contra Ary da Abadia Garcez, publicado em primeira mão pela reportagem, policiais da 14ª CIPM (Alto Paraíso de Goiás/São João d’Aliança) o prenderam na periferia da cidade, n’uma área de sítios, próximo ao reservatório de água da Pontezinha.

Ary Garcez é condenado a 19 anos de reclusão em regime inicialmente fechado por matar, na noite do dia 02 de setembro de 2010, o então prefeito Divaldo William Rinco. 

Ele responde pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Acionada no COPOM ( Centro de Operações da Polícia Militar) sob o atendimento do soldado Bianchini, por parentes, amigos e populares, a viatura ocupada pela Sargento Berliane e pelo Sargento Costa Silva passou a fazer uma varredura na região, filtrando as principais informações.

Na parte da cidade, conhecida como Pontezinha, onde familiares do acusado tem uma propriedade, os Policiais Militares localizaram o acusado, que foi preso sem oferecer resistência.

Fonte, que não quer ser identificada, e que presenciou o momento da prisão, disse a reportagem de o Vetor que Ari Garcez afirmou aos policiais que mora atualmente em Aparecida de Goiânia, e que ao saber que sua prisão seria decretada, veio espontaneamente para Alto Paraíso, onde pretendia se entregar na manhã de quinta-feira.

Preso, Ary da Abadia Garcez foi levado ao hospital municipal Gumercindo Barbosa, onde foram realizados os exames de praxe, e depois encaminhado para uma cela do presídio local.

Por telefone, o comandante da 14ª CIPM, Major Ferreira afirmou que a agilidade na prisão do acusado se deu pela dedicação de sua equipe, sempre atenta, e a integração da comunidade através dos vários grupos em uma rede social, onde todos se auxiliam na questão segurança.

“As denúncias que nos chegam, auxiliaram na prisão deste, como de vários outros acusados. 

Colocamos em ação a Operação Viúva Negra, realizando Blitz em locais e horários alternados. 

Com isso já nos preparamos para o carnaval, quando a região é visitada por milhares de turistas do mundo todo. 

Drogas, armas, munições, veículos e pessoas de má índole estão sendo presas, e colocadas a disposição da justiça.”, afirmou o comandante.

Fonte: O Vetor 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.