quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Maldade humana sem fim: cachorro é morto a pedradas, em Goiânia




Um cachorro foi morto a pedradas na última terça-feira, 29, no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia.

Segundo a família, a ausência do animal foi percebida porque ele diariamente acompanhava o proprietário no momento na saída para o trabalho.

O cachorro, que atende pelo nome de Bob, seguia até a saída da casa e depois retornava.

Na terça-feira, porém, ele não apareceu.

Consternados, os familiares procuraram pelo cão e acabaram descobrindo que ele tinha sido morto a pedradas no quarteirão de cima da residência, na rua 1049.


Vereador

Morador da região, o vereador Paulo Magalhães (PSD) afirmou que acompanhará a família até a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente (Dema).

Eles serão recebidos na tarde desta quinta-feira, 31, pelo delegado Luziano de Carvalho.

Segundo o vereador, ele tomou conhecimento do caso pelas redes sociais e buscou contato com a família.

Sua assessoria relatou que o parlamentar prestou auxílio para a retirada do corpo do animal do local e destinação adequada.

O vereador também entrou em contato com a Delegacia de Meio Ambiente para investigar o caso e descobrir quem é o autor do crime.

“Hoje vamos até a Dema denunciar pessoalmente o caso ao Dr. Luziano. Não podemos permitir que esse caso fique impune. 

Maus tratos aos animais são crime. Matar um animal indefeso é um absurdo. Queremos que esse criminoso pague por esse ato”, disse Paulo Magalhães.

Fonte: Folha Z

Justiça defere liminar e manda produzir provas de qualidade sobre construção de ponte em Campos Belos (GO), mas nega isolamento do local


Por Dinomar Miranda,


O juiz de Campos Belos (GO), Marcelo Alexander Carvalho Batista, deferiu, nesta semana, liminar para a produção de prova antecipada na contestação do Ministério Público de Goiás, que investiga a qualidade da obra de uma ponte, construída pela prefeitura de Campos Belos, numa rua próxima ao Hotel Serra Verde, no centro da cidade.

A ponte caiu em meados de 2016, mas somente no ano passado a Administração local resolveu erguer a obra de arte, após muitos pedidos e críticas da comunidade, inclusive com publicações aqui neste blog.

Ocorre que a prefeitura da cidade fez uma licitação e contratou uma empresa para fazer o projeto e executar a obra. 


Mas o dinheiro para a execução não foi repassado pelo governo do estado de Goiás e, por isso, a prefeitura decidiu por tocar a obra por conta própria.

Nas investigações, no entanto, o Ministério Público de Goiás descobriu que a construção da ponte não estaria obedecendo ao projeto original e também ao memorial descritivo e por isso, pela qualidade duvidosa, poderia estar trazendo riscos aos usuários, pedestres ou em veículos.

Na ação civil pública, o promotor de Campos Belos, Bernardo Monteiro, pediu ao Poder Judiciário a produção antecipada de provas e também a suspensão da obra e o isolamento do local. 


"Como se extrai da Análise Técnica Preliminar da Construção de Ponte em Concreto Armado, o engenheiro civil acima mencionado concluiu que “não estão executando a obra da ponte conforme o projeto, memorial descritivo e planilha orçamentária. 

Pelas fotografias, estão executando um bueiro triplo tubular, com manilhas pré-moldadas”. 

Desta forma, disse ele, o Ministério Público expediu Recomendação Administrativa ao município de Campos Belos, para que “suspenda imediatamente a realização da obra da ponte da rua BH Foreman, próxima ao Serra Verde Hotel” e “efetue o bloqueio da ponte, imediatamente, a fim de evitar a passagem de pedestres e veículos no local”.

Ao analisar o pedido do MP, o juiz Marcelo Alexander Carvalho Batista decidiu tão somente por conceder a produção antecipada de provas, mas negou a suspensão da obra e o isolamento do local.

Segundo o magistrado, somente a partir de um laudo pericial técnico, elaborado por um engenheiro, será possível ver e constar os reais riscos da ponte construída e a sua qualidade como obra pública. 

Sobre o fechamento da ponte, o juiz Marcelo Alexander Carvalho Batista ponderou que não ficou demostrado, nos autos, "a plausibilidade do direito invocado”. 

Já Publicamos sobre o assunto:

Ponte caída em Campos Belos (GO) tira sono de moradores

Posse, Formosa, Goiânia, Luís Eduardo Magalhães e Alvorada (GO) ganham novas linhas de ônibus


A ANTT- Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou nesta quinta-feira (31), deliberações sobre pedidos de implantação de linhas feitos por empresas de ônibus.

A maior parte foi deferida, ou seja, atendida pela agência.

É o caso de pedido da Realsul Transportes e Turismo Ltda, que pela Deliberação nº 146 foi autorizada a implantar a linha Brasília (DF) – Caxias (MA), com seções de Brasília (DF) para Caxias (MA), Codó (MA), Peritoró (MA), Dom Pedro (MA), Presidente Dutra (MA), Barra do Corda (MA), Grajaú (MA), Araguaína (TO) e Colinas (TO).

A Viação Cometa S.A foi autorizada pela Deliberação nº 159 a implantar a linha Sorocaba (SP) – Belo Horizonte (MG), via Campinas (SP) com os mercados Campinas (SP) – Contagem (MG) e Campinas (SP) – Belo Horizonte (MG) como seções.

Pela Deliberação nº 160 o pedido da empresa Nordeste Transportes Ltda para a implantação da linha Foz do Iguaçu (PR) – Florianópolis (SC) foi aceito, com os seguintes mercados como seções:

I – De Foz do Iguaçu (PR) para: Balneário Camboriú (SC) e Joinville (SC);

II – De Cascavel (PR) para: Florianópolis (SC), Balneário Camboriú (SC) e Joinville (SC);

III – De Guarapuava (PR) para: Joinville (SC), Florianópolis (SC), Itajaí (SC), Balneário Camboriú (SC) e Itapema (SC)

A empresa Real Expresso Ltda, pela Deliberação nº 161 da ANTT foi autorizada a implantar a Linha Anápolis (GO) – Rio de Janeiro (RJ) via São Paulo, com os mercados a seguir como seções:

I – De: Anápolis (GO) Para: São Paulo (SP); e

II – De: Goiânia (GO) Para: São José dos Campos (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

O pedido da empresa Solimões Transportes de Passageiros e Cargas Ltda para a implantação da linha Cascavel (PR) – Cuiabá (MT) foi aceito pela Agência (Deliberação nº 162), com as seguintes seções:

I – De: Cascavel (PR) para: Mundo Novo (MS), Naviraí (MS), Dourados (MS), Nova Alvorada do Sul (MS), Campo Grande (MS), São Gabriel do Oeste (MS), Coxim (MS), Sonora (MS), Rondonópolis (MT), Poxoréo (MT), Primavera do Leste (MT), Cuiabá (MT);

II – De: Toledo (PR) para: Mundo Novo (MS), Naviraí (MS), Dourados (MS), Campo Grande (MS), São Gabriel do Oeste (MS), Coxim (MS), Rondonópolis (MT), Poxoréo (MT), Primavera do Leste (MT), Cuiabá (MT);

III – De: Marechal Cândido Rondon (PR) para: Mundo Novo (MS), Naviraí (MS), Dourados (MS), Campo Grande (MS), São Gabriel do Oeste (MS), Coxim (MS), Rondonópolis (MT), Poxoréo (MT), Primavera do Leste (MT), Cuiabá (MT);

IV – De: Guaíra (PR) para: Mundo Novo (MS), Naviraí (MS), Dourados (MS), Campo Grande (MS), São Gabriel do Oeste (MS), Coxim (MS), Rondonópolis (MT), Poxoréo (MT), Primavera do Leste (MT), Cuiabá (MT);

V – De: Mundo Novo (MS) para: Rondonópolis (MT) e Cuiabá (MT);

VI – De: Naviraí (MS) para: Rondonópolis (MT), Poxoréo (MT), Primavera do Leste (MT), Cuiabá (MT);

VII – De: Dourados (MS) para: Rondonópolis (MT), Poxoréo (MT), Primavera do Leste (MT), Cuiabá (MT);

VIII – De: Campo Grande (MS) para: Rondonópolis (MT) e Cuiabá (MT);

IX – De: São Gabriel do Oeste (MS) para: Rondonópolis (MT) e Cuiabá (MT);

X – De: Coxim (MS) para: Rondonópolis (MT) e Cuiabá (MT);

XI – De: Sonora (MS) para: Rondonópolis (MT) e Cuiabá (MT);

O pedido do Consórcio Federal de Transportes para a implantação da linha Goiânia (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA) com veículo executivo também foi aceito pela ANTT (Deliberação nº 163), para operar com os mercados como seção:

I – De: Brasília (DF) para: Alvorada do Norte (GO), Posse (GO) e Luís Eduardo Magalhães (BA);

II – De: Formosa (GO) para: Luís Eduardo Magalhães (BA).

A Guerino Seiscento Transportes S/A, pela Deliberação nº 165 da Agência federal foi autorizada a suprimir a Linha Londrina (PR) – São José do Rio Preto (SP) prefixo nº 09-0297-00. Pela mesma deliberação, a Guerino foi autorizada a implantar a linha Londrina (PR) – Catalão (GO) com os mercados listados abaixo como seção:

I – De: Londrina (PR) para: São José do Rio Preto (SP);

II – De: Mandaguari (PR) para: Presidente Prudente (SP);

III – De: Maringá (PR) para: Martinópolis (SP) e Osvaldo Cruz (SP);

IV – De: Astorga (PR) para: Presidente Prudente (SP), Martinópolis (SP), Osvaldo Cruz (SP) e Araçatuba (SP);

V – De: Jaguapita (PR) para: Martinópolis (SP), Osvaldo Cruz (SP) e Araçatuba (SP);

VI – De: Prado Ferreira (PR) para: Presidente Prudente (SP), Martinópolis (SP), Osvaldo Cruz (SP) e Araçatuba (SP);

VII – De: Florestópolis (PR) para: Presidente Prudente (SP), Martinópolis (SP), Osvaldo Cruz (SP) e Araçatuba (SP);

VIII – De: Porecatu (PR) para: Martinópolis (SP).

Já a empresa Unesul de Transportes Ltda teve dois pedidos autorizados e outro negado. Pela mesma Deliberação nº 153 a empresa foi autorizada a incluir como seção na linha Foz do Iguaçu (PR) – Carazinho (RS), prefixo nº 09-0388-00, os seguintes mercados:

I – De: Foz do Iguaçu (PR) Para: Irai (RS);

II – De: Santa Terezinha de Itaipu (PR) e São Miguel do Iguaçu (PR) Para: Irai (RS) e Carazinho (RS); e

III – De: Cascavel (PR) Para: Panambi (RS).

Por esta mesma Deliberação a Unesul teve negado seu pedido para implantar as seções de Cascavel (PR) Para: Descanso (SC) e Itapiranga (SC).

Em outra deliberação, de número 147, a Unesul de Transportes Ltda foi autorizada a suprimir a linha Marechal Cândido Rondon (PR) – Santa Maria (RS), prefixo 09-0347-00

Pela Deliberação nº 154 a empresa Viação Ouro e Prata S/A foi autorizada pela ANTT a implantar a linha Lucas do Rio Verde (MT) – Santarém (PA), com os mercados a seguir como seções:

I – De: Lucas do Rio Verde (MT) Para: Novo Progresso (PA) e Itaituba (PA); e

II – De: Sorriso (MT), Sinop (MT) e Guarantã do Norte (MT) Para: Santarém (PA), Itaituba (PA) e Novo Progresso (PA).

A ANTT determinou ainda, pela Deliberação nº 158, a alteração da Licença Operacional da Expresso Guanabara S/A, para incluir o mercado: Tinguá/CE – Piracuracu/PI e Ubajara/CE – Altos/PI

OUTRAS DELIBERAÇÕES

A empresa Costa Turismo (Antonio Pedro da Silva Transporte-ME) teve seu pedido de reconsideração negado, e de acordo com a Deliberação nº 137 foi mantida a paralisação do mercado Barreiras/BA – Brasília/DF.

Já o recurso interposto pela Viação Garcia Ltda, de acordo com a Deliberação nº 141, foi negado pela ANTT. Assim, a Nordeste Transportes Ltda mantém os mercados Campo Mourão (PR) – Americana (SP), Campo Mourão (PR) – Campinas (SP), Londrina (PR) – Americana (SP), Londrina (PR) – Campinas (SP) e Maringá (PR) – Campinas (SP) na linha Toledo (PR) – Campinas (SP), prefixo nº 09-0057-30, operados pela Nordeste Transportes Ltda

A empresa Nordeste Transportes Ltda, pela Deliberação Nº 149 teve negado seu pedido para a implantação da linha Campo Mourão (PR) – São Carlos (SP) com os mercados a seguir como seções:

I – De: Campo Mourão (PR) e Maringá (PR) para: Assis (SP), Marília (SP), Bauru (SP), Jaú (SP) e São Carlos (SP); e

II – De: Londrina (PR) para: Marília (SP), Jaú (SP) e São Carlos (SP).

A ANTT atendeu ao pedido de transferência do mercado Brasília/DF – Araguari/MG da empresa Kandango Transporte e Turismo Ltda para a empresa Rotas de Viação do Triângulo Ltda,segundo a Deliberação nº 167

PENA DE IDONEIDADE

A ANTT aplicou a pena de idoneidade às seguintes empresas:

Salvato – Transporte Turístico, Fretamento e Locação de Ônibus LTDA. – ME, pelo prazo de 04 (quatro) anos – Deliberação nº 140

ML Capelleli Turismo Ltda. – ME, pelo prazo de 4 (quatro) anos – Deliberação nº 144

Poker Transportes e Turismo Ltda, pelo prazo de 4 (quatro) anos – Deliberação nº 145

João Eli Cadorin Eireli- ME, pelo prazo de 3 (três) anos – Deliberação nº 157

RECADASTRAMENTO

Foi aprovado o recadastramento para a prestação do serviço de transporte rodoviário coletivo interestadual e internacional de passageiros as seguintes empresas:

Asatur Turismo Ltda – EPP

Brasil Sul Linhas Rodoviarias Ltda

Tocantins Transporte e Turismo Ltda – Epp

Viação Ouro e Prata S/A

Viacao Real Ita Limitada


Fonte: ANTT

Nota da Prefeitura de São Domingos (GO): dinheiro antecipado na conta

"Olá amigos funcionários municipais e demais interessados,

Fechamos o primeiro biênio dessa administração 2017/2020, com quase Oito milhões de reais, a menos com relação aos repasses referente ao primeiro biênio da administração anterior.

Mas, si não é a força de Deus, as orações e a vontade dos dominicanos de avançarmos e quebrarmos as barreiras das dificuldades, juntamente com uma equipe dedicada e eficiente, não estaríamos em processo de melhorias.

Podemos apontar alguns avanços significativos para o presente e outros para o futuro, como regularização dos imóveis, das escolas, das certidões, avanços nos convênios, retomadas de obras abandonadas, licitação de novas obras, aumento no IDEB, saúde equipada, meio ambiente participativo e atuante, cultura e agricultura em movimento, por fim... 

Senhores e senhoras do funcionalismo municipal, seu respectivos proventos do exercício de janeiro de 2019, já si encontram em suas respectivas contas bancarias, mais uma mês de salário antecipadamente.

E vamos preparando para o carnaval 2019

Administração 2017/2020.

São Domingos-GO, um novo rumo, uma nova história."

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Vídeo do Dia: Ato em defesa da Democracia na USP


Justiça bloqueia bens do prefeito de Novo Jardim (TO)


O juiz da 1ª Vara Cível de Dianópolis (TO), Jossanner Nery Nogueira Luna , decretou a indisponibilidade de todos os bens imóveis e móveis do prefeito de Novo Jardim, Antonio Arlindo Cipolatto e de mais quatro empresários.

Ação proposta pelo Ministério Público do Tocantins denuncia supostas fraudes em licitação pública, através de locação irregular de veículos, execução e manutenção de estradas, manutenção de veículos e nepotismo.

Além do prefeito Arlindo, outras quatro empresas também tiveram seus bens bloqueados.


O juiz Jossanner Nery determinou que fosse comunicado com urgência aos Cartórios de Registros de Imóveis de Novo Jardim-TO sobre a indisponibilidade dos bens imóveis e eventual quinhão hereditário que lhe forem transferidos por inventário ou arrolamento dos requeridos.

Também determinou que o DETRAN-TO informasse sobre veículos registrados em nome dos requeridos e que restringisse a alienação em razão da indisponibilidade dos carros.

Outra medida foi a indisponibilidade dos valores em dinheiro nas contas bancárias dos requeridos, o qual deve ser efetuado através do sistema BACENJUD.

A decisão do juiz foi em resposta à Ação Civil de Improbidade Administrativa promovida pelo Ministério Público Estadual que denunciou as supostas ações criminosas promovida pelo prefeito Arlindo Cipolatto na administração de recursos públicos do município de Novo Jardim (TO). 


Fonte: Tocantins24h



Desespero total e correria: vídeo mostra momento em que barragem de Brumadinho (MG) rompeu


Um vídeo obtido com exclusividade nesta quarta-feira (30) mostra o momento exato do rompimento da barragem em Brumadinho na última sexta-feira (25). 


As imagens realizadas por Leandro Dias, que prestava serviço de manutenção das cancelas da linha de trem, foram obtidas com exclusividade pelo canal R7.

Arraias (TO): Tocantins tem quatro barragens em situação de risco e mais de 520 sem monitoramento


Quatro barragens no Tocantins estão com as estruturas comprometidas após apresentarem erosões e infiltrações, segundo levantamento da Agência Nacional de Águas (ANA). 

Ao todo, o estado tem 680 estruturas de barramento cadastradas. 

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) seria responsável por monitorar a maioria, cerca de 670, mas somente 143 foram vistoriadas e classificadas quanto ao risco e dano potencial. Ou seja, 527 ainda não foram monitoradas.

No Tocantins existem três barragens de rejeitos de minério, segundo a ANA, semelhantes à que rompeu em Brumadinho (MG), que são fiscalizadas pela Agência Nacional de Mineração (ANM). 

Os barramentos ficam em Arraias, Chapada da Natividade e Taipas do Tocantins. As barragens destinadas a geração de energia, por sua vez, são inspecionadas e controladas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Por fim, cerca de 670 barragens existentes no estado seriam de responsabilidade estadual. 

O Naturatins explicou que a fiscalização é constante desde 2017 e realizada a partir do momento que os barramentos são identificados em imagens de satélite. Na maioria dos casos, trata-se de barramentos pequenos feitos para irrigação de lavouras ou para animais beberem.

As quatro barragens que apresentam situação mais preocupante estão localizadas em projetos de irrigação: três no Projeto Rio Formoso, em Formoso do Araguaia, e uma em Darcinópolis. 

Todas são classificadas com Dano Potencial Alto ou Categoria de Risco.

Conforme relatório da Agência Nacional de Águas, estas barragens apresentam "estruturas comprometidas e parcialmente inoperantes, surgimento de infiltrações nos taludes, vegetação generalizada, equipe e sistema de monitoramentos insuficientes."

Quanto a situação das barragens do Projeto Rio Formoso, o Instituto Natureza do Tocantins afirmou que conseguiu recursos do Governo Federal para revitalizar as estruturas e iniciou processo de licitação ainda em 2017, mas aguarda empenho dos recursos por parte da União.

Enquanto as obras não são iniciadas, a capacidade dos reservatórios foi reduzida para 60%. Uma das barragens trabalha com 52% da capacidade. 

Enquanto as outras estão com 20% e 40%. Os dados levam em conta relatórios desta segunda-feira (28), segundo o Naturatins.

"O Governo do Estado já encaminhou dois ofícios ao Ministério da Integração Nacional solicitando o repasse dos recursos e está aguardando a resposta da União para finalizar o processo licitatório e iniciar as obras de revitalização das barragens e demais estruturas do Projeto Rio Formoso", diz nota do Naturatins.

O Ministério da Integração Nacional foi procurado e informou, por telefone, que a nova equipe de governo está analisando o projeto de revitalização dos barramentos, assim como outros que estão no ministério.

Fonte: G1

Publicado Edital de vagas remanescentes para os cursos técnicos, no IF- Goiano de Campos Belos (GO)


São 23 vagas para os cursos de Administração, Agropecuária e Informática para a Internet. 

As inscrições deverão ser feitas nos dias 29 e 30 de janeiro.

Publicado edital para preenchimento de vagas remanescentes para os cursos técnicos do IF Goiano - Campus Campos Belos. 

São 23 vagas para os cursos de Administração, Agropecuária e Informática para a Internet. As inscrições deverão ser feitas nos dias 29 e 30 de janeiro.

Clique aqui e acesse o Edital

Fonte: Assessoria de Comunicação Social e Eventos

Agentes prisionais também teriam participado da prisão de fugitivos do presídio de Campos Belos (GO). Comentários ofensivos voltam a atacar este canal de comunicação



O senhor Alisson Moreira comentou, em redes sociais, que não foi apenas a Polícia Militar de Campos Belos que participou da captura dos fugitivos do presídio da cidade, no último domingo. 

Segundo ele, o trabalho foi conjunto entre agentes penitenciários e policiais militares.

"Vale ressaltar! Que com apoio dos agentes prisionais de plantão houve um trabalho conjunto.

Outra coisa fugiu um preso outro foi rendido ainda em cima do telhado da unidade prisional que foi perseguido por dois agente prisionais pelo um lote baldio, quando os demais servidores comunicaram a PM que logo deram apoio conseguiram juntos recaptura o foragido próximo ao ginásio.

Vamos dar méritos a todas forças de segurança do estado. Cabe ressaltar que logo o delegado de polícia compareceu à unidade dando apoio."


Alisson Moreira disse também, em comentários no próprio blog, que "Vale ressaltar que a recaptura contou com a coragem e determinação dos agentes de plantão que entrou no matagal próximo a cadeia atrás DO fugitivo. 

E com apoio da PM foi possível identificar e recaptura o preso próximo ao ginásio.

Temos que parabenizar o sistema penitenciário junto com a demais forças de segurança sabemos que a cadeia pública de Campos Belos é limitada nos quesito de estrutura de segurança", publicou ele.

Posteriormente, ainda sobre essa notícia, um anônimo, também no blog, fez comentários ofensivos ao blog usando o mesmo assunto:

"Não foi mérito da PM, quem impediu a fuga foram os agentes que estavam na Unidade. 


O mérito foram dos agentes, a PM só ajudou. Tenham mais responsabilidade na hora de apurar, vocês pesquisem antes de colocar uma reportagem mentirosa tirando todo mérito dos agentes penitenciários que estavam na Unidade."

"A matéria precisar ser melhor esclarecida! É dar o méritos para os agentes plantonistas assim com foi dada a Pm que com o apoio dos agentes conseguiram recaptura o preso pois fugiu apenas um. O outro da matéria foi contido pelos agentes ainda no telhado do presídio.


Vale ressaltar que depois de comunicado a Pm ja havia dos agentes na batida do preso no lote baldio onde o preso corria.

Com chegada da viatura foi possível interceptar o preso saindo pelos fundos da secretaria Municipal próximo ao ginásio. Os agentes agradece o apoio da Pm e do delegado de polícia .A unidade prisional local tem falhas na estrutura física devido ser uma construção antiga e improvisada ".

"Senhor Blogueiro, inteire-se melhor sobre os fatos pra depois publicar a notícia. Pois, para inicio de informação correta, não teve fuga, teve sim uma tentativa de fuga, na qual apenas um preso conseguiu pular o muro pelo telhado e sair pra fora da Unidade Prisional de Campos Belos, porém logo em seguida agentes prisionais saíram atrás "do preso" e com o apoio da PM os agentes prisionais conseguiram o capturar."

"Ser Dinomar, não é a primeira vez que leio notícias falsa aqui no seu blog. Vc sabe q passar notícias falsas aos cidadãos e crime? Pois o preso de 32 anos que o senhor mencionou foi detido dentro da unidade, e o outro que pulou o muro, foi detido pelo agente penitenciário que saiu em perseguição pelas ruas da cidade até, conter o fugitivo de frente o ginásio de esporte. 


É não é a primeira vez q o senhor posta notícias dos acontecimentos no presídio favorecendo a PM, que nada fez para capturar o elemento, antes de postar as FAIK NEW, Fassa o sertão e pare de pagar pau para PM que quer ser promovida no suor dos agentes penitenciários. Notícia falsa é crime pode ser tirado do ar esse seu blog mentirosa."

Comentário deste blogueiro

Como se pode notar, este canal é livre para as pessoas comentarem o que desejam. 

Apenas pedimos para serem mais respeitosos. Ademais é muito arriscado fazer ilações públicas sem ter conhecimento do contexto.

Sobre a matéria em comento, este jornalista foi informado por uma autoridade pública sobre a fuga da cadeia pública de Campos Belos.

Para fazer a publicação, solicitamos então o Boletim de Ocorrência policial,  expedido por agentes do governo do estado, onde são registradas as informações oficiais.

Se mais detalhes sobre o ocorrido pudessem ser noticiados pelos agentes prisionais, o correto seria procurar o editor do blog e enviar uma Nota à Imprensa com os detalhes adicionais e não fazer comentários ofensivos a este blogueiro e à PM, sem fundamentos, que apenas tentam macular a imagem deste canal junto à opinião pública.

Abaixo segue trecho do BO de onde foram extraídas as informações para a confecção da notícia jornalística:



terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Você viu? a cadela, a onça e o fazendeiro... lindo!


Um fazendeiro do Pantanal brasileiro encontrou um filhotinho de onça pintada abandonado e o levou para casa.

O bichinho estava tão faminto, que dava dó. 

Chegando em casa, o homem colocou o filhote junto à sua cadelinha, que estava amamentando.

Aceito pela cadela, o bichano ficou um ano na fazenda, sob os cuidados de ambos: o homem e a cadela. 

Depois disso, o fazendeiro soltou o animal e o devolveu de volta à natureza. 

Um ano depois, veja quem apareceu na fazenda, para uma rápida visita à "mama de leite" e ao fazendeiro querido. 

Incrível e linda história. Como dizer que os bichinhos não tem sentimento?

Governador determina a execução do Hino Nacional e do Hino de Goiás nas escolas estaduais



Determinação foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (29). 

O governador Ronaldo Caiado determinou que o Hino Nacional e o Hino do Estado de Goias sejam executados, uma vez por semana, nas escolhas de ensino fundamental da rede publica estadual. 

Essa determinação entra em vigor a partir de sua publicação. 

Na determinação, Caiado orienta que os diretores das unidades adotem as providencias necessárias para o cumprimento do decreto.

Polícia prende pastor evangélico do Acre acusado de “pegar” as irmãs da igreja


A Polícia Civil, sob o comando do Delegado de Polícia Samuel Mendes, deflagrou uma operação policial que teve com alvo realizar o prisão do pastor evangélico Eraldo Cardoso, 34 anos de idade, na cidade de Acrelândia, distante 122 km da capital acreana. 


A ação foi concretizada nesta segunda-feira, 28.

Eraldo foi acusado de ter cometido vários crimes contra a dignidade sexual de pelos menos quatro mulheres frequentadoras da igreja onde ele exercia o cargo de Pastor, condição que lhe garantia a confiança dos fiéis locais.

Segundo as vítimas, o autor usava sempre do artifício de oferecer-lhes carona para deixá-las em casa, porém durante o caminho aproveitava-se do fato de estar a sós com a vítima e investia contra ela.

O autor também usava a influência de seu cargo de líder religioso para intimidar as vítimas, bem como, para colocar os membros da igreja contra elas.

Segundo informações do Delegado Samuel Mendes, presidente do inquérito policial que apura o caso, várias vítimas já compareceram na Delegacia e prestaram declarações sobre como ocorreu a violência sexual. 

Acrescentou que há uma estimativa de outras supostas vítimas aparecerem a partir do momento que tomarem ciência da prisão de Eraldo.

De acordo com a polícia, o pastor tanto assediava sexualmente como consumava o ato. Segundo as investigações, quando ele cometeu supostamente os crimes, pertencia a Igreja Evangélica Aliança de Deus. 

Atualmente ele estava atuando na Igreja Pentecostal Ministério da Santidade com Deus.

Em interrogatório, o autor negou a prática de qualquer crime e disse que todas as declarações das vítimas seriam objeto de uma espécie de plano para prejudicar sua imagem.

Eraldo está preso preventivamente e será encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil dará continuidade às investigações.

Fonte e texto: AC24h

Cerrado é o bioma brasileiro com maior taxa de desmatamento, diz estudo





Região possui apenas 7,7% de seu território integrado às áreas públicas de proteção integral, enquanto 45% da superfície original é ocupada por pastagens e cultivos agrícolas


Conhecido como a “savana brasileira”, o Cerrado é o bioma que vem sendo mais impactado pelo desmatamento no País. 

Cerca de 10 mil km² são devastados na região por ano, o que corresponde a 1 milhão de campos de futebol – área equivalente a quase duas cidades de Brasília. 

De acordo com dados do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), o Cerrado está sendo desmatado cinco vezes mais rápido que a Amazônia, bioma com o dobro de extensão. 

Entre os fatores que favorecem essa exploração está a vegetação de pequeno e médio portes do Cerrado, que pode ser retirada com maior facilidade.

A derrubada de vegetação nativa, a expansão rural e a baixa quantidade de áreas protegidas faz com que o Cerrado seja uma das principais fontes de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) no Brasil: 7 bilhões de toneladas de gases nos últimos 30 anos. 

Atualmente, 45% da área original é ocupada por pastagens e cultivos agrícolas, enquanto apenas 7,7% do território possui áreas públicas com proteção integral para conservar habitats naturais. Dados do Ibama indicam que 900 multas por desmatamento na região foram aplicadas em 2018.

Na análise do gerente de Economia da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, André Ferretti, as estratégias de conservação no bioma devem ser revistas para garantir menor impacto.

“A exploração desordenada do Cerrado prejudica a regulação climática, a preservação da biodiversidade e o equilíbrio hidrológico, já que a região é berço das nascentes das principais bacias hidrográficas do País. 

É preciso conservar áreas naturais existentes, ecossistemas frágeis e espécies ameaçadas; fazer a restauração de regiões excessivamente degradadas e investir na criação de unidades de conversação, que atualmente são escassas neste território. 

Produção e conservação precisam ser aliadas para garantir que a biodiversidade seja preservada e serviços ecossistêmicos, como polinização e o fornecimento de água, sejam mantidos”, destaca o também coordenador do Observatório do Clima e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza.

O impacto do Cerrado foi uma das pautas discutidas durante as reuniões da 24ª Conferência das Partes (COP 24) das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, realizada em dezembro de 2018, na Polônia. Participante do evento, Ferretti explica que a redução das emissões dos GEE é uma urgência que deve ser priorizada pelas esferas pública e privada. 

“É preciso amenizar as emissões provenientes da agropecuária e capturar carbono da atmosfera para mitigar as mudanças climáticas. No caso do Cerrado, governos, instituições privadas e a sociedade civil devem agir em conjunto para satisfazer todos os interesses. 

Desse modo, é importante desenvolver políticas públicas de conservação do Cerrado, reforçar os programas de monitoramento de desmatamento e promover incentivos para a agropecuária sustentável e de baixo carbono, visando um manejo equilibrado”, ressalta.

De acordo com o relatório produzido sobre o Cerrado pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, há ainda cerca de 25 mil km² de áreas públicas sem categoria fundiária definida, que podem ser alvo de desmatamento irregular e grilagem de terras. 

Essa invasão pode ocorrer rapidamente, considerando a velocidade do desmatamento no Cerrado.

Sobre a Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. 

A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial. 

A Fundação Grupo Boticário apoia ações de conservação da natureza em todo o Brasil, totalizando mais de 1.500 iniciativas apoiadas financeiramente. 

Protege 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado, por meio da criação e manutenção de duas reservas naturais. 

Atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e nas políticas públicas, além de contribuir para que a natureza sirva de inspiração ou seja parte da solução para diversos problemas da sociedade. 

Também promove ações de mobilização, sensibilização e comunicação inovadoras, que aproximam a natureza do cotidiano das pessoas.

Presos saltam muro e fogem da prisão de Campos Belos (GO). PM age rápido e prende fugitivos minutos depois

Imagem de arquivo
Dois presos encarcerados no presídio de Campos Belos (GO) aproveitaram a calmaria de fim de tarde do último domingo (27) para fugir. 

Os dois homens, um de 21 anos e o outro de 32, pularam o muro da unidade prisional e fugiram no sentido saída de Arraias (TO), a pé.

Agentes penitenciários identificaram a fuga e acionaram a Polícia Militar, que agiu de imediato. 


Nas diligências, os militares encontraram os fugitivos na rodovia GO-118, na altura do Centro Olímpico Padre Magalhães, em desabalada carreira.

Ambos foram alcançados pela guarnição da PM, que os deteve.

Após identificados, foram conduzidos à UPA da cidade para o exame de corpo delito e reencaminhados ao presídio da cidade, onde estão à disposição da Justiça Criminal de Goiás.

Eles agora devem também responder pelo crime de dano ao patrimônio, já que fugir da cadeia não é tipificado como crime. 

Tenha mais conhecimento: 

IF-Goiano em Campos Belos: resultados do ENEM 2018 garantem aprovação em Medicina, Direito e muitos outros cursos


Com a publicação do resultado do SISU, nesta segunda, 28, é dia de comemorar para muita gente. Dentre os alunos egressos do curso técnico em Informática do IF Goiano - Campus Campos Belos não poderia ser diferente.

O motivo: aprovações em renomadas universidades do estado de Goiás e Distrito Federal, como UFG e UnB. 

Dos alunos que foram destaque no IF Goiano - Campus Campos Belos ressaltamos as seguintes aprovações:

- Kleysson Sousa - Medicina - UFG - Regional Catalão

- Atherson Mendes - Direito - UFG

- Geovana Ferreira - Nutrição - UFG

- Leonan Carneiro - Sistemas de Informação - UFG

- Andressa Almeida - Sistemas de Informação - UFG

- Pedro Maschio - Ciência da Computação - UnB

- Emilly de Assis - Administração - IF Goiano

- Igor Madureira - Administração - IF Goiano

- Mateus Pereira - Turismo - UFT e Administração - IF Goiano

- Vitor Henrique Rodrigues - Administração - IF Goiano

-Hemily Almeida - Letras - UEG

- Andressa Galvão - Letras - UEG

- Vitor Hugo Cavalcante - Administração - IF Goiano

- José Lucas Sombra - Educação Física - UEG

- Kárita Muniz - Odontologia - Estácio

Este foi o primeiro ciclo concluído de uma turma de curso técnico integrada ao Ensino Médio no Campus Campos Belos. 

A turma do curso técnico em Informática teve 25 alunos concluintes e certificados em dezembro de 2018. 

Dentre os alunos desta turma, Kleysson Gonçalves Sousa, foi aprovado para Medicina na UFG - Regional Catalão. "Se não fosse o IF certamente hoje (eu) não estaria nessa felicidade de uma aprovação em Medicina em uma universidade federal. 

O ensino médio do IF foi a base para tudo, tive o privilégio de aprender com professores excelentes que me prepararam durante esses três anos. 

Os professores sempre trabalharam com a gente de modo a extrair o máximo de cada aluno, e de mim não foi diferente. 

Nessa reta final eu me desdobrei para conseguir correr atrás desse sonho, e graças a Deus hoje posso dividir minha conquista com essas pessoas maravilhosas que me ajudaram dentro e fora da sala de aula", afirma emocionado o futuro aluno de medicina. 

Kleysson também afirma que suas expectativas para o futuro são muito boas e espera ser digno da honra que a profissão médica requer. 

Em 2018 Kleysson também foi medalhista de prata da Olimpíada Brasileira de Matemática.

Mais uma vez, em nome de toda a equipe do IF Goiano - Campus Campos Belos, parabenizamos os alunos egressos da turma de Informática pelos excelentes resultados obtidos e desejamos sucesso em suas carreiras acadêmicas.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social e Eventos - Campus Campos Belos

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Desempenho no ENEM 2018 traz resultado satisfatório e IF Goiano - Campus Campos Belos é destaque


A primeira turma de um curso técnico integrado ao Ensino Médio no IF Goiano - Campus Campos Belos teve seu ingresso no ano de 2016. 


Após este primeiro ciclo já é possível mensurar os resultados, e eles são extremamente satisfatórios.

No ano de 2016 o IF Goiano - Campus Campos Belos ofertou, por processo seletivo, 35 vagas para o curso Técnico em Informática integrado ao Ensino Médio.

Três anos depois os primeiros concluintes fazem o ENEM 2018 e, agora, começam a colher os frutos de sua dedicação nos estudos.

Em relação às notas obtidas no ENEM 2018, das dez melhores notas de todo o IF Goiano, a primeira e a décima colocada são de discentes do Campus Campos Belos.

A média geral do campus ficou acima da nacional.

Tal resultado mostra que a instituição está no caminho certo e que deve continuar se esforçando para manter resultados satisfatórios.

São muitas as políticas de permanência e êxito aplicadas por meio da política de Assistência Estudantil no IF Goiano.

Dentre elas, bolsas de monitoria, bolsas permanência, atendimento especializado por parte dos professores, capacitação e qualificação dos docentes, projetos de ensino, pesquisa e extensão e muitos outros.

Os principais destaques no ENEM 2018 são: 


Andressa Almeida; Atherson Mendes; Geovana Ferreira; Kleysson Sousa; Leonan Carneiro; Louíse Galvão e Pedro Maschio, todos com notas na redação superior a 800 pontos.

Os demais concluintes também tiveram resultados expressivos e em breve será possível conhecer os cursos e as instituições nas quais eles se encontram aprovados.

Abaixo, as dez melhores notas de todo o IF Goiano no ENEM 2018:

1º - Kleysson Souza - 3.784,7 - Campus Campos Belos

2º - Italo Moreira - 3.751,2 - Campus Morrinhos

3º - Marcus Medeiros - 3.750,9 - Campus Morrinhos

4º - Bárbara Barbosa - 3.655,5 - Campus Ceres

5º - Tulio Souza - 3.636,6 - Campus Morrinhos

6º - Yunna Silva - 3.628,6 - Campus Morrinhos

7º - Mariana Sousa - 3.610,5 - Campus Ceres

8º - Nathaly Ribeiro - 3.604,7 - Campus Ceres

9º - Maria Caetano - 3.602,6 - Campus Iporá


10º - Pedro Maschio - 3.601,4 - Campus Campos Belos


Desde já, toda a equipe do IF Goiano - Campus Campos Belos parabeniza a todos os alunos do curso técnico em Informática, concluintes no ano de 2018 e deseja sucesso em suas carreiras acadêmicas.

Clique aqui para visualizar o álbum de fotos dos discentes destaques no ENEM 2018.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social e Eventos - Campus Campos Belos

Secima: Nota sobre a barragem de Brumadinho



A Secretaria do Meio Ambiente de Goiás manifesta seu apoio e solidariedade às vítimas de Brumadinho, Minas Gerais. 

A secretária Andréa Vulcanis e toda a equipe estão consternadas com mais essa situação crítica, social e ambiental de nosso Estado vizinho, com perdas para tantas famílias e para o meio ambiente.

Ainda, informamos que, atualmente, estão licenciadas pela Secretaria em torno de 10 barragens de rejeitos, nenhuma com minério de ferro. 

Essas barragens em Goiás tem características muito diferentes das de Mariana e Brumadinho, contendo rejeitos mais secos. Apesar disso, também precisam de acompanhamento técnico, de responsabilidade dos empreendedores, e da fiscalização constante da Secretaria de Meio Ambiente.

Por isso, queremos tranquilizar a população goiana. Todas as medidas serão tomadas para que as barragens de água e rejeitos instaladas em Goiás sejam fortemente fiscalizadas e tenham a segurança reforçada, protegendo a população e o meio ambiente goiano.

Nota de Esclarecimento


A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) esclarece ser totalmente inverídica a informação, difundida por redes sociais e aplicativos de mensagens, sobre a ocorrência de ataque terrorista contra a barragem de Brumadinho/MG.

A ABIN não recebeu qualquer relato sobre prisões de venezuelano e cubano na região.

Coletiva: Ronaldo Caiado fala sobre novas medidas para os servidores de Educação e Segurança no Estado de Goiás


domingo, 27 de janeiro de 2019

Melicia Ganzaroli, umas das mais competentes delegadas do Tocantins, assume a Regional de Dianópolis, após extinção de Arraias (TO)



Por Dinomar Miranda,


A delegada Melicia Ganzaroli é uma das mais competentes e queridas delegadas do estado do Tocantins. 

Por onde passou, como Aurora do Tocantins, deixou legado de um trabalho voltado inteiramente para a sociedade, com dedicação e zelo. 

Depois de passar uma temporada na região de Natividade (TO), ela agora recebe um importante desafio: comandar a 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) - Dianópolis, com responsabilidade sobre todas as delegacias do sudeste do estado. 

Com a reorganização administrativa, o Governo do estado extinguiu a 9ª Regional de Arraias e a incorporou à Regional de Dianópolis.

Com a mudança, não houve diminuição da estrutura ou efetivo de Arraias, só reorganização administrativa. 

A mudança deixa as seguintes cidades sob a coordenação de Dianópolis: 

Almas, Chapada da Natividade, Conceição do Tocantins, Dianópolis ( DEAM e
DPC), Natividade, Novo Jardim, Porto Alegre do Tocantins, Rio da Conceição, Santa Rosa do Tocantins, Taguatinga, Taipas do Tocantins, Arraias, Aurora do Tocantins, Combinado, Novo Alegre, Palmeirópolis, Paranã e São Salvador do Tocantins.

Operação Tríplice Fronteira


Nesta semana, a delegada Melicia Ganzaroli mostrou o seu viés operacional e executou ações na região limítrofe do Tocantins com Goias e Bahia, numa operação denominada de "Tríplice Fronteira".

O nome da operação faz alusão à geografia do cenário palco das ações policiais que restaram envidadas pela PCTO nas rodovias e cidades tocantinenses limítrofes com os estados da Bahia e Goiás.

Trata-se de uma importante região estrategicamente, pois além de divisora de três estados da federação, delimita ainda confluência das regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste do Brasil.

O objetivo foi estabelecer nova frente de trabalho capitaneada pela Delegacia Regional da Polícia Civil de Dianópolis na qual haverá intensificação de ações no território fronteiriço do Tocantins, com escopo de estrangular as entradas no Tocantins, pela via terrestre, de produtos ilícitos, pessoas procuradas pela justiça, gado e semoventes produtos de crimes e outros bens que demandem foco dos holofotes policiais.

Segundo a Delegada Regional Melicia Ganzaroli, que participou presencialmente das operações, a Polícia Civil no sudeste do Tocantins está imbuída de sua missão constitucional investigativa policial, mas, também tem-se por flanco a diretriz da pacificação social emergente da sensação de segurança pública oriunda da presença policial nas ruas e estradas da extensa e estratégica região pertencente à jurisdição policial da 8ª DRPC.

"Pessoalmente sou é adepta da máxima que, enquanto servidores públicos do estimado Tocantins, devemos todos fazer valer os dizeres pilares de quê esta terra é dos cidadãos de bem, mormente fazendo valer tal premissa perante os contraventores e criminosos que eventualmente pretendam ingressar em nosso estado".

Delegados de diversas cidades do sudeste do estado também participaram da operação, a primeira de muitas, que objetiva sufocar os diversos tipos de crimes na tríplice fronteira.

Impressionante: Vídeo inédito mostra desespero durante rompimento de barragem em Mariana (MG)



São João da Aliança (GO): maior usina fotovoltaica do mundo será construída em Goiás




O governador Ronaldo Caiado assinou, na última sexta-feira (25),  carta de intenção para instalação de uma usina fotovoltaica em São João d´Aliança, no Nordeste do Estado. 

A iniciativa é resultado da parceria entre o Governo de Goiás e as empresas sul-coreanas KSB e EnspireGroup. 

Com investimentos previstos de US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 8 bilhões), a usina deverá produzir 600 MW de energia e ser a maior do gênero no mundo.

Inicialmente a instalação da indústria deve gerar mais de 1000 empregos diretos, levando desenvolvimento e oportunidades ao nordeste goiano. 

O termo foi assinado entre o presidente da KSB, Park Jong-Bok, o Governo de Goiás, representado pelo governador Ronaldo Caiado e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Goiás, Adriano da Rocha Lima. 

O evento foi no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia.

O empresário sul-coreano Park Jong-Bok relatou a forma desrespeitosa com que foi recebido no Estado na gestão anterior. De acordo com o investidor, o ex-governador não se dispôs a receber a comitiva de empresários, o que causou grande transtorno e decepção.

“Depois que recebi tantas boas notícias do novo governador, não tive como não vir de novo para Goiás. 

Hoje já pude conhecer a área e, além disso, em março ou abril vou trazer outro investidor, o presidente da EnspireGroup, para uma audiência com o presidente Bolsonaro. Vamos dar início ao nosso projeto o mais rápido possível e gostaria de convidá-lo para estar presente neste encontro, junto com a sua equipe”, completou.

Caiado deixou evidente o interesse do Estado em abrigar a usina e se colocou à disposição da comitiva para dar continuidade ao acordo. 

“Tenham a certeza que vocês não vão precisar aguardar nenhum minuto para falar com o governador e com a equipe de secretários. Nosso governo é de fazer e trabalhar. O goiano tem um respeito enorme por toda tecnologia produzida por vocês, responsável por melhorar a qualidade de vida das pessoas pelo mundo”, revelou.

O empresário exaltou a qualidade da mão de obra brasileira como grande aliada para a instalação da usina. “Não tenho dúvidas de que nós temos a melhor tecnologia para fazer este tipo de projeto. A mão de obra e todos que irão administrar o projeto serão os brasileiros. 

Vamos abrir mais um leque de empregos no País. O Brasil poderá exportar essa tecnologia, made in Brasil, para toda a América Latina. Não serão produtos coreanos, serão produtos brasileiros com tecnologia coreana”, disse.

O secretário Adriano da Rocha Lima apontou a oportunidade como uma válvula de desenvolvimento para a região que, apesar do IDH baixo, tem uma das mais privilegiadas regiões de produção de energia solar do Brasil.

Além da instalação da usina, Adriano revelou que a abertura de uma fábrica para a produção das placas fotovoltaicas também devem contribuir para o aquecimento econômico na região. De acordo com o secretário, o terreno de quase dois mil hectares atende todas as características necessárias para a instalação da usina.

Complexo Turístico

O empresário anunciou outro grande projeto do grupo para a região. A idéia é construir um complexo turístico de referência nacional, que abrigue atividades de lazer e tenha condições de receber turistas de todo o País. O investidor enfatizou também que a própria usina já se transformará em uma atração aos visitantes.

Caiado comemorou o anúncio e ressaltou a potencialidade local. “O Nordeste goiano vai virar uma área com estrutura instalada, um ponto de referência tecnológica, com uma empresa de ponta produzindo placas fotovoltaicas. 

A extensão do projeto poderá ainda se transformar numa área turística, é um momento inédito em Goiás”, pontuou.

Energia solar fotovoltaica

– A energia solar fotovoltaica é obtida pela conversão da luz do sol em eletricidade. Para isso, são utilizados painéis fotovoltaicos, de onde vem o nome da energia gerada dessa forma.

– Ela possui vantagens em relação a outras matrizes energéticas, como, por exemplo, os combustíveis fósseis. É limpa, pode ser instalada em qualquer lugar, é uma fonte inesgotável, pois é abastecida pela luz solar, tem baixa manutenção e é de fácil instalação.

– A usina deverá produzir 600 MW de energia e ser a maior do gênero no Brasil e no mundo, superando a usina Parque Solar Nova Olinda, no Piauí, que gera 290 MW e a usina Chinesa, considerada a maior do mundo, com produção equivalente a 500 MW.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Governador 

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Renúncia de Jean Wyllys: o outro lado da narrativa


Petrobras anuncia nova redução no preço da gasolina; queda no mês chega a 19%. A dúvida é se os postos repassarão a queda


A Petrobras anunciou uma nova redução no preço da gasolina vendida nas refinarias. A partir desta terça-feira (27), o litro do combustível passará de R$ 1,5556 para R$ 1,5007, o que representa uma redução de 3,53%.

Com mais esse corte, o preço da gasolina nas refinarias já acumula no mês queda de 19,42%.

O corte, que se segue ao tombo das referências internacionais do petróleo na semana passada, colocará a cotação do produto no menor nível desde meados de fevereiro, segundo a agência Reuters.

O repasse dos reajustes da Petrobras nas refinarias aos consumidores depende dos distribuidores – ou seja, fica a cargo dos postos repassar ou não a baixa do preço da gasolina.

A nova redução nas refinaris ocorre após os preços do petróleo terem despencado quase 8% na última sexta-feira (23), ao menor nível em mais de um ano, registrando a sétima perda semanal consecutiva em meio a receios de um excesso de oferta, apesar de nações produtoras considerarem cortes na produção.

A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente.

Desde o início do novo método, o preço da gasolina comercializada nas refinarias acumula alta de 14,39% e o do diesel, valorização de 56,61%, segundo o Valor Online.

Como é formado o preço da gasolina?

Os valores praticados pela Petrobras representam atualmente menos de um terço (27%) do preço pago pelo consumidor nos postos, conforme os cálculos da estatal, que levam em conta a coleta de preços entre os dias 11 e 17 de novembro em 13 regiões metropolitanas do país.

Cerca de 45% são tributos, sendo 30% ICMS, recolhido pelos Estados, e 15% Cide e PIS/Cofins, de competência da União.

Os tributos federais são cobrados como um valor fixo por litro - o de Pis/Cofins, por exemplo, é de R$ 0,7925 por litro de gasolina; a Cide, de R$ 0,10 por litro. O ICMS, por sua vez, é um percentual sobre o preço de venda - ou seja, cada vez que ele sobe, os Estados recolhem mais impostos.

Do restante da composição do preço final, 12% é o custo do etanol, que, por lei, deve compor 27% da gasolina comum, e outros 16% corresponde aos custos e lucro dos distribuidores e postos de gasolina. 


Em maio, esta última fatia era de 12%, e no final de outubro era de 14%, o que sugere um aumento nas margens de lucro destes agentes.

Fonte: 7 segundos

Juiz suspende aumento de 100% na contribuição de iluminação pública, determinada pelo ex-prefeito de Campos Belos (GO), Aurolino Santos Ninha



A pedido do Ministério Público de Goiás (MPGO), o juiz de Campos Belos, no nordeste do estado, Marcelo Alexander Carvalho Batista, concedeu liminar e suspendeu o reajuste de cerca de 100% na contribuição de iluminação pública,  determinada pelo então prefeito de Campos Belos, Aurolino Santos Ninha, em dezembro de 2017, no limiar de terminar o seu mandato.

Segundo a decisão do magistrado, a contribuição descontada dos consumidores deve retornar ao valor anterior a dezembro de 2017.

Se não cumprir a ordem judicial, em 15 dias, o atual prefeito, Eduardo Terra, será obrigado a pagar uma multa que varia entre R$ 10 mil até o limite de R$ 500 mil por dia.

O Ministério Público instaurou a Ação Civil Pública, em nome de todos consumidores do município, após receber representação de vereadores do município dando conta de que ocorreu o reajuste ilegal da Contribuição de Iluminação Pública, cobrada pela prefeitura de Campos Belos, que aumentou em 100% o valor da contribuição que é descontada dos consumidores na conta de energia elétrica.

Na argumentação, a promotoria informou que o Município de Campos Belos, regulamentando o artigo 149-A da Constituição Federal, editou a Lei Municipal nº 826/2002, posteriormente revogada pela Lei Municipal nº 869/2004, de 23 de novembro de 2004, atualmente em vigor.

E que a cobrança atualizada passou a ser feita com fundamento num simples ofício encaminhado pelo ex-prefeito, no termo final de seu mandato, após perder as eleições e sem qualquer documento ou estudo técnico que justifique o reajuste no montante em que foi feito. 


A Câmara de Vereadores, onde as leis são aprovadas, nem mesmo foi ouvida.

“O Ministério Público, como fiscal da ordem jurídica e cumprindo com sua função constitucional e institucional, ajuíza a presente ação civil pública, cujo objetivo é restabelecer a situação anterior em relação à cobrança da CIP, em defesa dos campo-belenses, além de responsabilizar o requerido pelo aumento abusivo e prejuízo causado aos seus consumidores”, sustentou o promotor Bernardo Monteiro Frayha.

"O município de Campos Belos realizou aumento na Contribuição e Iluminação Pública por meio de simples ofício, afirmando tratar-se de simples reajuste, mas sem qualquer estudo técnico e demonstração dos índices utilizados, em clara ofensa à própria Constituição da República, por violação ao princípio da legalidade e também publicidade. O decreto executivo, como se sabe, é o ato legal para a regulamentação da lei, com o objetivo de lhe garantir fiel execução".

Por isso, o Ministério Público requereu ao juiz de Campos Belos, primeiramente, a concessão de medida liminar para determina a suspensão do reajuste efetuado por meio de simples ofício, devendo a contribuição descontada dos consumidores retornar ao valor anterior.

No mérito da ação, o promotor 
Bernardo Monteiro Frayha pediu que fosse julgado procedente o pedido, bem como condenar o Município de Campos Belos a proceder à devolução da diferença cobrada indevidamente dos consumidores. 

O mérito da Ação Civil Pública ainda não tem data para ser apreciada, mas a contribuição deve imediatamente voltar ao valor original, até que seja julgado o caso em definitivo. 

Pau no lombo: dez vereadores de Augustinópolis (TO) são presos por 'mesadinha', que chegava até a R$ 8 mil


Investigados por corrupção ativa e passiva dez vereadores de Augustinópolis (TO), norte do estado, divisa com o Maranhão, a 605 km da Capital, recebem uma "mesadinha" que varia de R$ 1mil a R$ 8 mil.

Esse foi o caminho que guiou a Polícia Civil para deflagrar a Operação Perfídia, nesta sexta-feira (25), após denúncia apurada e processada no Judiciário, que determinou hoje a prisão de dez dos 11 vereadores. 


Segundo os investigadores, a mesadinha é negociada e gerenciada pelo vereador Edvan Conceição (MDB), o Neguim da Civil.

O valor é retirado todo mês por cada um na própria sede da Prefeitura Municipal, segundo a Polícia Civil, das mãos do secretário de Administração Paulo Ramos.

A polícia civil interceptou 16.444 telefonemas entre os envolvidos durante 30 dias. 


Nenhuma conversa, segundo os investigadores, tratava de leis ou projetos. 

A transcrição tomou 120 páginas de conversas sobre "conchavos políticos e cobrança para o pagamento" da mesadinha.

Fonte: Jornal do Tocantins