segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Ministério do Turismo fiscaliza hotéis e agências na Chapada dos Veadeiros. 89 estabelecimentos foram fiscalizados


A Chapada dos Veadeiros recebeu nesta semana a última ação de fiscalização do ano capitaneada pelo Ministério do Turismo. 

O objetivo é sensibilizar os prestadores de serviço sobre a importância da formalização do setor de Viagens e, consequentemente, garantir a ampliação do número de pessoas físicas e jurídicas no cadastro nacional de prestadores de serviços turísticos: o Cadastur.

Além dos meios de hospedagem, também as agências de turismo que atuam na região foram fiscalizadas.

A equipe de fiscais visitou 89 estabelecimentos turísticos da Chapada dos Veadeiros para incentivar o cadastro no Cadastur, além de orientar e notificar irregulares.

A fiscalização terminou na última quinta-feira (14) e contemplou, ainda, empreendimentos de Alto Paraíso e Cavalcante.

Além do apoio da prefeitura de Alto Paraíso, técnicos da Goiástur acompanharam as equipes do ministério na sede do município e no distrito de São Jorge, situado na entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Luciano Guimarães, interlocutor do Programa de Regionalização do Turismo do MTur em Goiás, alertou para a regularidade do Cadastur como exigência para que municípios com vocação turística permaneçam no Mapa do Turismo, que será atualizado em 2019.

“Somente com o fortalecimento da atividade turística na região teremos mais recursos para promoção do destino e de eventos locais, além da participação do município nos programas de financiamento do MTur, tanto para infraestrutura como para empreendimentos privados”, reconheceu o secretário municipal de turismo de Alto Paraíso, Moisés Nunes.

Fonte: Ministério do Turismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.