segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Lutou bravamente: morre Mariana Cardoso, nora do Pastor Manoel da Hora, da Igreja Videira




Por Jefferson Victor, 

Morreu neste sábado (01), no Hospital Araújo Jorge, em Goiânia, após árdua luta contra um câncer, Mariana Cardoso dos Santos, 36 anos.

Uma guerreira que lutou até os últimos dias de sua vida, com um sorriso espontâneo e um exemplo de pessoa que não se deixou abater pela enfermidade.

Mariana lutava há 22 meses contra um câncer de mama, que foi diagnosticado em Brasília, onde iniciou o tratamento, sendo depois continuado em Goiânia.


Mas apesar de todos os esforços, a doença venceu e mais uma vida se foi de forma tão precoce.

Ela era esposa de Valdo do Pastor Manoel, irmã de Abraão da Farmácia, Claudio, Sara e Pedro. Era filha de dona Iracema Bento dos Santos, uma das pioneiras da família Madureira nesta localidade.

A morte de Mariana causou grande comoção na cidade, principalmente através das Redes Sociais, onde foram grandes as manifestações de pesar pelo seu passamento.

A marca registrada de Mariana durante a doença foi as suas postagens de fotos carequinha. 


Ela assumiu essa condição, inclusive recusou uso de peruca, que seria confeccionada com doação de cabelo de amigas e parentes.

Mariana nunca escondeu sua condição de carequinha e dizia que se sentia feliz com sua aparência e via o seu gesto como forma de combater qualquer tipo de preconceito e de apoio às vítimas da doença.


Dizia que estava naquela condição por conta da doença e que não via nenhum motivo para mudar seu visual.

Segundo depoimentos de Valdo (marido) e Raquel (cunhada), Mariana sentia muitas dores, mas mesmo assim mantinha o seu sorriso, e que nesta fase final da doença foi acometida de paralisia facial. 


Sentia dores ao sorrir e mesmo assim mantinha sua alegria estampada no rosto.

Ela participava de um grupo chamado “Vencedoras Unidas”, grupo esse que combate o preconceito e teria sido criado em função de uma mãe de aluno ter discriminado uma criança carequinha acometida pelo câncer.

Quando Mariana estava internada no Hospital de Base em Brasília, foi fotografada por uma equipe da Rede Globo, que fazia uma matéria para o Outubro Rosa, acharam-na linda e posteriormente sua foto foi veiculada no programa Encontros com Fátima Bernardes:


https://globoplay.globo.com/v/6927366/?utm_source=whatsapp&utm-medium=share-bar

Mariana era uma pessoa alegre, nunca se abateu com a doença, postava fotos, e interagia com as amigas.


Mantinha sua fé em Deus e baseava seu sofrimento na História de Jó, texto bíblico, ela era muita religiosa e gostava de participar das celebrações de sua igreja.

No ano passado ela foi agraciada com um Book de Fotos, uma iniciativa de Divani Araújo e maquiagem de Suely Pereira, como parte da campanha do Outubro Rosa 2017.


As fotos foram publicadas e estão sendo muito utilizadas em homenagens na internet.

Seu corpo foi velado na Igreja Videira no setor Buritis, e o sepultamento foi realizado no cemitério local nesta segunda (03), às 10h.

Externamos aos seus familiares e amigos, os nossos mais sinceros sentimentos, e pedimos a Deus que console cada um neste momento tão difícil.

Já Publicamos 

Assusta a grande quantidade de casos de câncer em Campos Belos. Autoridades têm que investigar as causas e encontrar, com urgência, formas de intervenção




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

De Campos Belos (GO): Escolinha K10 mede forças com o Goiás e Atlético Goianiense

Por Morgana Tavares, A Escolinha de Futebol K10, presidida pelo ex-jogador de futebol profissional Kássio Fernandes, compareceu pe...