segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Arraias (TO): Ministério Público oferece representação contra adolescentes acusados de matar homem por dívida de drogas


O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Justiça de Arraias ofereceu nessa sexta-feira, 7, representação em desfavor de quatro adolescentes acusados de matar José Luiz Bispo Ferreira, com requintes de crueldade, no mês de novembro, na cidade de Arraias, na região sudeste do Tocantins. 

O assassinato teria sido motivado por dívidas de drogas.

A representação requer que os envolvidos cumpram medidas socioeducativas por atos infracionais relativos a homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

O boletim de ocorrência aponta dois indivíduos como mandantes do assassinato, um adolescente e o adulto Bruno da S. O., que ainda deverá ser denunciado, cabendo a outros três adolescentes a função de executar o crime, sob a promessa de recompensa. 

Segundo o Ministério Público, os representados são membros de organização criminosa com atividade no narcotráfico e teriam planejado a morte da vítima, que era usuária de drogas, em face de dívidas contraídas com aquisição de entorpecentes.

O corpo da vítima foi encontrado próximo a um loteamento na zona rural de Arraias, em avançado estado de decomposição, com marcas de disparos de arma de fogo na cabeça e em outras partes do corpo.

A representação é assinada pelo promotor de Justiça, João Neumann Marinho da Nóbrega.

Fonte: MPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.