Delegacia de Combinado (TO) promove encontro de pai e filha, separados por 39 longos anos




Um encontro emocionante, carregado em lágrimas e abraços apertados.

Foi assim o reencontro entre uma filha e um pai, após uma dolorosa separação por cerca de 39 anos.

O rencontro da família só foi possível graças a policiais integrantes da Delegacia da Polícia Civil da cidade de Combinado, sudeste do Tocantins.

A filha conta que foi levada pela mãe logo após seu nascimento e conseguiu fazer contato com a Delegacia de Polícia de Combinado através do agente Marcio Tavares Leite, o Marcinho, que foi o elo fundamental na procura do endereço do pai.

Segundo os agentes, no dia da eleição presidencial (28), o agente Márcio Tavares estava de serviço na cidade de Aurora, quando recebeu a ligação de Eliete Alves de Oliveira, residente na cidade de Ibotirama (BA).

Ela informou que em 1982, sua mãe mudou-se da região do sudeste tocantinense, naquela época ainda Goiás, levando-a consigo para o estado da Bahia.

Eliete relatou que durante todo esse período não teve nenhum contato ou noticias do seu pai, chamado Pedro Lopes de Oliveira.

Ela também informou que chegou a contratar uma equipe de detetives do Rio de Janeiro para procurar seu ente querido, mas os supostos "detetives" informaram que 
Pedro Lopes já estava morto.

Insatisfeita e inconformada, a resiliente e incansável filha, no último esforço, fez contato com delegacia de Aurora, na esperança de finalmente encontrar o pai, ainda desconhecido.

Ao agente, ela disse que seu pai poderia estar entre Taguatinga (TO) e Brasilia (DF) e forneceu ao agente Marcinho a certidão de casamento da sua mãe.

De posse do documento, o agente passou a diligenciar em cartórios da região, tendo chegado a encontrar uma possível pista do homem.

Contudo, ao procurar a família do idoso, o agente descobriu que não se tratava do pai de Eliete.

Ela, na angústia quase desesperada para encontrar seu pai, fazia contato com Marcinho constantemente, mas os avanços caminhavam a passos lentos.

Finalmente a busca por "Seu Pedro" chegou ao fim e com final feliz.

O agente Marcinho chegou ao paradeiro do "homem mais procurado" do Brasil, ao menos para a filha Eliete, com pistas da capital federal.

Pedro Lopes de Oliveira residia em Brasilia. Encontrado, ele informou que estava naqueles dias a passeio na cidade de Combinado (TO).

O agente, após a boa notícia, colocou pai e filha em contato via telefone.

No dia seguinte, Eliete Alves viajou cerca de 500 km, entre Ibotirama (BA) e Taguatinga (TO), onde foi "resgatada" pela equipe da Delegacia de Combinado e nesta sexta-feira (9) pode finalmente encontrar o seu amado pai e toda sua família paterna.

O grande encontro foi marcado e ocorreu na própria delegacia.

Assista aos vídeos. São emocionantes