sábado, 24 de novembro de 2018

De Novo Alegre (TO): Marcos Paulos fez bonito em Brasília, como Jovem Senador




Os 27 estudantes participantes da 11ª edição do Programa Jovem Senador tomaram posse nesta terça-feira (20) no Plenário do Senado. 

Cada jovem senador representa uma unidade da federação. Durante toda a semana, eles vivenciarão o trabalho dos parlamentares em Brasília. 

Além da posse, foi feita a eleição, por votação secreta, do presidente da Mesa, do vice-presidente e dos dois secretários.

A missão de conduzir os trabalhos ficará a cargo de Antonny Victor da Silva, da Escola Estadual Firmo de Castro, de Alagoas. 

O vice-presidente será Wagner dos Santos Almeida, de Sergipe e aluno do Colégio Estadual Tobias Barreto; o primeiro-secretário, Marcos Paulo Araújo, de Tocantins; e a segunda-secretária, Luana Sampaio Freitas, do Amapá.

Antes da posse e da eleição, a senadora Ângela Portela (PDT-RR) afirmou que o projeto promove o desenvolvimento de uma de uma consciência cidadã, responsável pela condução de seu próprio destino, e planta nos corações dos participantes a semente da democracia.

— Este ano o tema foi a nossa Constituição federal e a Carta Cidadã. Muito longo é o caminho a percorrer. 

Construir uma nação próspera, justa e solidária é um trabalho que une gerações. Cada uma delas com a incumbência de avançar naquilo que não conseguiu a anterior — afirmou a senadora.

Também presente na solenidade, a senadora Regina Sousa (PT-PI) parabenizou os docentes que orientaram os alunos na produção dos textos.

— Parabéns, professores. Também quero parabenizar os estudantes que se dedicaram, fizeram suas redações, concorreram e estão aqui para exercer esse mandato. Para compreender o que é legislar com responsabilidade — salientou.

Atividades


Ao longo da semana, estão previstas atividades para os jovens senadores, incluindo a discussão e votação de sugestões legislativas. Desde 2011, os participantes do projeto já apresentaram 45 sugestões de lei encaminhadas à análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), das quais 37 transformaram-se em projetos de lei com tramitação nas duas casas do Congresso Nacional.

O projeto Jovem Senador é voltado para a educação política dos jovens e conta com a parceria do Ministério da Educação e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). 

Também apoiam a iniciativa as secretarias de Educação dos estados e do Distrito Federal. A lista completa dos alunos vencedores do Jovem Senador 2017 está no site do projeto.

Com informações da Agência Senado 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...