terça-feira, 2 de outubro de 2018

Servidores da Saúde de Campos Belos (GO) fazem paralisação relâmpago




Dezenas de servidores municipais da saúde do município de Campos Belos (GO) se mobilizaram na manhã desta terça-feira (2) em ato relâmpago contra a prefeitura.

Os servidores cobram do prefeito Eduardo Terra o cumprimento do Plano de Carreira da categoria, entre outras reivindicações.  

Segunda uma Nota divulgada pelo Sindicato dos Servidores Municipais (Sindbelo), a Lei que Instituiu o Plano de Carreira da Saúde foi aprovada em 2015 e nunca saiu do papel.  

"A paciência da categoria esgotou-se, não sendo descartada a possibilidade de greve contra essa situação", avisa o Sindbelo. 

Ainda de acordo com a Nota, o governo municipal cortou um quarto do salário dos professores, não paga os quinquênios dos servidores, desobedece à Lei que instituiu o Plano de Carreira e "pratica outros ataques aos direitos dos servidores público municipais". 

Questionada se o ato está relacionado com as eleições e ou com alguma campanha política, uma servidora afirmou que a categoria não está ligada a qualquer movimento partidário, apenas querem seus diretos assegurados. 

Os servidores se reunirem na Praça da Matriz da cidade, empunhado faixas e cartazes, e depois desfilaram pela Rua do Comércio, em protesto. 


Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...