Taguatinga (TO): Agente de Polícia Civil apresenta projeto social à comunidade


No último dia 29 de agosto, o agente de polícia civil Relder Barbosa Lobo, de Taguatinga (TO), apresentou um projeto social ao Conselho de Segurança Municipal.

Trata-se de uma iniciativa advinda das observações e serviços executados na Delegacia de Polícia Civil de Taguatinga, voltada para o estabelecimento de um trabalho preventivo, com foco no fortalecimento da base familiar por meio do desenvolvimento de políticas públicas de combate à violência contra mulher, abuso de menor e envolvimento do jovem com o tráfico.

Com proposta participativa e colaborativa, contou com a contribuição e envolvimento de parceiros estratégicos como o Juizado Cível, Ministério Público, UFT-Arraias, Prefeitura Municipal, entre outros e terá como órgão gestor o Conselho Comunitário de Segurança Pública de Taguatinga.

A proposta consiste em estabelecer uma rede de ações, com diferentes vertentes e executores, capazes de fortalecer a base familiar, promover o empoderamento feminino e proteger a criança, adolescente e jovens. 


Taguatinga apresenta índices alarmantes de ocorrências de violência contra a mulher e atos infracionais, dados que chamaram a atenção do agente para necessidade de alertar a acerca da necessidade de políticas públicas incisivas, conhecimento dos números e mobilização do Estado e da própria comunidade para a imprevisibilidade de mudança desse cenário.

O projeto foi muito bem recebido pelo Conselho de Segurança, em reunião ordinária presidida por Dr. Saulo de Almeida Freire, elogiado pela sociedade local e abraçado pela Educação do município, que pontuou a relevância do compromisso do agente Relder Lobo em atentar para assuntos sociais tão relevantes para a família taguatinguense.