Golpistas atacam comerciantes, com crimes de estelionato praticados por telefone





As autoridades ligadas à segurança pública têm alertado nos últimos dias para uma série de golpes, na maioria das vezes aplicados contra comerciantes.


"Acho que alguns do grupo já ouviram falar de alguns golpes praticados usando o telefone da empresa ou whatsapp? 

Pois bem esta modalidade de crime está acontecendo da seguinte forma:

Eles ligam se passando por empresas que prestam serviços de lista telefônica ou anunciantes comerciais.

Em princípio pedem para confirmar o endereço da empresa e dizem que não terá custos para empresa, que confirmam endereço, telefone, proprietário, etc.

Depois enviam um papel com os dados da empresa preenchidos e pedem para o responsável pela empresa assinar e às vezes carimbar, depois scannear e devolver no mesmo email", explica a autoridade policial.

Ainda segundo, o agente do estado, os golpistas esperam em torno de 4 a 8 dias e retornam a ligação, a
gora avisando que o CNPJ da empresa será negativado até 11h30, caso o comerciante não efetue o depósito em uma conta que eles fornecem, normalmente poupanças da Caixa Econômica. 

Essa é a hora do golpe. Porque o comerciante, temendo o CNPJ ser negativado, efetua o depósito imediatamente. 

"Por isso pedimos aos senhores que orientem seus funcionários quanto a esse tipo de golpe, não repassem nenhuma informação da empresa por telefones que já não sejam de contatos de suas agendas. 


Qualquer dúvida consulte antes na internet o telefone ou mesmo procure a polícia para maiores informações", orienta.