quarta-feira, 4 de julho de 2018

Universidade Federal do Tocantins aprova retorno do vestibular após três anos


O conselho universitário da Universidade Federal do Tocantins (UFT) publicou uma resolução determinando a volta do vestibular presencial a partir do 1º semestre letivo de 2019. 


A decisão revoga uma resolução de 2013. 

Desde 2015, a universidade oferecia 100% das vagas regulares pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A mudança foi aprovada na última sexta-feira (29). Conforme a resolução, 50% do ingresso será feito por meio do Sisu e outros 50% por meio de vestibular ou outros processos seletivos.

A exceção são os cursos de letras-libras (Porto Nacional) e educação do campo (Tocantinópolis e Arraias) que têm processos seletivos específicos.

Por outro lado, cursos que apresentarem prova de habilidades específicas, como arquitetura e urbanismo, deverão utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como uma das fases do processo seletivo.

Ficam mantidas as cotas de 5% para indígenas e 5% para quilombolas.


Fonte: G1

2 comentários:

  1. O vestibular local ajuda os moradores das regiões dos campus...Diminui um pouco a concorrência e facilita o acesso... Sábia decisão...

    ResponderExcluir
  2. Vestibular sem Cota, só por mérito de aprendizagem?

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.