Banner 1

Banner 1

sábado, 9 de junho de 2018

Taxistas replantam árvores derrubadas pela prefeitura nas imediações da rodoviária, em Campos Belos (GO)


Uma das primeiras medidas adotadas pela gestão do prefeito Eduardo Terra, publicada aqui no Blog, foi o corte de diversas árvores, em várias pontos da cidade, sendo a rodoviária a maior concentração de extermínio.

Os servidores do município cortaram uma grande árvore, histórica, com mais de 50 anos, localizada ao lado da prefeitura, em frente ao Bradesco, que fazia uma enorme sombra e ajudava no resfriamento da sala ao lado.

Também cortaram árvores próximo ao ginásio de esportes; uma junto a um campo de futebol no setor Tomazinho, que era o único ponto de sombra para os torcedores e jogadores.


Segundo os usuários, ela não atrapalhava em nada e mesmo assim foi brutalmente arrancada por motivos ainda desconhecidos.

Na rodoviária, a lapada foi feia.

Foram cortadas cerca de 14 árvores que faziam sombra, principalmente aos veículos da comunidade e era uma mão na roda, principalmente aos taxistas.

Eles deixavam ali seus veículos para que os passageiros pudessem viajar com mais conforto, já que o ar condicionado demora para resfriar.

"Foi uma atitude insana, os carros hoje ficam exposto ao sol do poente, taxistas têm que se virar para encontrar um pouco de sombra, mas não tem sido fácil, as vezes estacionam longe da rodoviária tentando compensar a falta dessas árvores", conta uma pessoa da comunidade.

Ainda segundo ele, a explicação que os servidores teriam dado é que ali juntava muitos "desocupados" e que isso representava perigo para sociedade, já que ficavam debaixo das árvores usando bebidas alcoólicas e drogas.

"Então agora vão ter que derrubar a quadra ao lado da feira, já que lá existe um grande número de alcoólatras e usuários de drogas, praticamente estão morando naquela localidade", emenda uma outra pessoa, que pediu para não ser identificada.

Segundo taxistas e comerciantes das imediações da rodoviária, a ordem era cortar todas as árvores, mas houve resistência por parte deles e com isso ao menos uma meia dúzia foram poupadas, inclusive o flamboyant, que todos os anos dá um espetáculo na época da floração e que já foi motivo de publicação a aqui no blog, pela sua exuberância e beleza.

Como se diz no jargão popular, felizmente sempre há uma alma boa em todos os cantos, e neste caso, os taxistas, que foram os mais prejudicados, se revoltaram contra o ato, impediram a derrubada das árvores mais antigas, e resolveram, por conta própria, plantar novas árvores no local das derrubadas.

Recentemente foram plantadas mudas de "oiti", que já cresceram e estão com cerca de um metro de comprimento.

Elas são regadas todos os dias, receberam adubo e estão apresentando um bom desenvolvimento. "Só que ainda levarão ao menos uns cinco anos para produzirem sombra".

"Tanta coisa para ser construída e fizeram justamente o oposto, começaram destruindo, cortando árvores com cerca de 30 anos sem nenhuma necessidade, um crime ambiental que deveria ter sido punido pelo Ministério Público, pois enquanto o planeta inteiro planta, em Campos Belos foi justamente o contrário, é como se estivessem andando na contra mão do tempo", desabafa um outro morador da cidade.

Este blog parabeniza os taxistas pela iniciativa, sensibilidade, espírito de serviço público e compromisso com o bem comum. 









3 comentários:

  1. Não!? Sério isso? Tá de brincadeira! Quer dizer então que o maluco e seu séquito cometem o dano ambiental e não reparam o mal feito. É preciso que particulares consertem o mal feito. Estou pasmo. Pra fazer o correto não são capazes, mas para praticar ilícitos são espertos e ligeiros. .Estamos bem (MAL) com essa safra de novos gestores (ou seria DIGESTORES). Digerem e trituram árvores, recursos naturais e materiais, humanos etc. Detonam tudo. ..

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos taxistas!!!! A nossa cidade é muito quente e precisa ser arborizada urgente!!

    ResponderExcluir
  3. SE O SERVIDORES DA SAÚDE FOREM REPLANTAR EM TORNO DO HOSPITAL ONDE DUDU COMETEI O MESMO DESMATAMENTO IGUAL AO DA RODOVIÁRIA, CONTE
    COMIGO

    ResponderExcluir