Banner 1

Banner 1

terça-feira, 5 de junho de 2018

Medão bateu à porta: Governo propõe acordo entre partidos para candidato único à Presidência


O Antagonista obteve cópia da proposta encaminhada pelo ministro Carlos Marun a lideranças partidárias, com o objetivo de reunir o apoio dos partidos em torno de uma candidatura única.

Seguem os tópicos.

1) Os partidos que promoveram o impeachment e participaram ou participam do governo celebram um pacto de seguirem juntos nas eleições presidenciais;

2) Todos os partidos que aderirem retiram as suas pré candidaturas;

3) Os partidos indicam cada um 2 nomes para a composição de uma comissão que elaborará no prazo de 15 dias um plano conjunto de governo, necessariamente moderno e realista;

4) Este plano é internamente discutido nos partidos pelo prazo de até 7 dias; e

5) Um colegiado formado pelos parlamentares federais filiados aos partidos, em reunião única, aprovam o plano de governo e, entre os pré-candidatos apresentados pelos partidos, em votação de dois turnos, escolhem os candidatos a presidente e vice-presidente do grupo.

Com texto de O Antagonista 

Nenhum comentário:

Postar um comentário