Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 10 de maio de 2018

TRE convoca novas eleições para prefeito e vice de Niquelândia (GO)



O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás marcou novas eleições para prefeito e vice-prefeito de Niquelândia, no norte de Goiás, para o dia 3 de junho. 

O pleito foi convocado após a chapa do então prefeito Valdeto Ferreira (PSB), ter o mandato cassado em fevereiro deste ano por improbidade administrativa em uma gestão anterior.

Segundo a Justiça Eleitoral, enquanto prefeito da cidade entre 1993 e 1996, Valdeto firmou um contrato pra reforma de escolas no último ano de mandato. 

Porém, ao deixar o cargo, o político não conseguiu justificar o uso da verba destinada à educação municipal. A suspeita é de enriquecimento ilícito. Com isso, o Tribunal de Contas da União reprovou suas contas.

A reportagem tentou contato por telefone com o político desde as 9h de terça-feira (8), mas as ligações não foram atendidas. A reportagem não conseguiu apurar junto ao TSE e TRE qual o valor da verba recebida e que não foi prestada conta do uso.

Valdeto foi eleito com 46,11% dos votos e assumiu em janeiro de 2016. Outros três políticos disputaram o processo. Sua diplomação foi sob júdice, pois ele esperava o julgamento do processo na Justiça Eleitoral.

Com a cassação da chapa, o vice-prefeito, Joscelino Correa das Neves (SD), também foi afastado. Pela decisão, Valdeto teve os direitos políticos cassados por oito anos e fica impedido de fazer contratos com o poder público.

Na segunda-feira (7), o desembargador Carlos Escher determinou que os partidos políticos têm até o dia 11 de maio para escolher e registrar os candidatos que disputarão a nova eleição.

Com relação aos eleitores, estarão aptos a participar do processo todos aqueles que estão em situação regular e com domicílio eleitoral em Niquelândia até o dia 3 de janeiro deste ano.

Atualmente a cidade é administrada pelo presidente da Câmara de Vereadores, Visconde Vieira (PSDC). A reportagem entrou em contato com o gabinete do vereador, mas ele não estava no local.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário