segunda-feira, 7 de maio de 2018

Começou: com a mesma ladainha, políticos voltam às cidades atrás de voto



Passa ano e sai ano, o mesmo roteiro se repete. 

Basta se aproximar o período eleitoral, que os tradicionais homens e mulheres políticos voltam às suas "bases" em busca de voto. 

O blog tem registrado o retorno desses pré-candidatos, a deputados federais e a estaduais, na cata dos eleitores desavisados.

Junto a eles, um séquito de homens, profissionais da política, que teimam em fazer campanha da mesma maneira que se fazia há 30 anos. 

Muitos dos candidatos, com a maior cara lavada, voltam às cidades e povoados exatamente após quatro anos depois que pisou o pé no mesmo lugar, no qual fez tantas promessas e tão poucas realizações. 

Com a ameaça de perder o cargo em Goiânia, em Palmas ou em Brasília, se desesperam em busca de eleitores.

Mas algumas perguntinhas desmontam essa rapaziada bem intencionada. 

Onde está a água doce do rio mosquito? 
Cadê a pavimentação da rodovia que liga Divinópolis à GO-118?  
Quando será instalado curso de Direito em Arraias? 
Quando funcionará a UPA de Campos Belos? 
Onde estão as emendas para o saneamento básico?

Caro leitor e eleitor, não seja mais ingênuo. 

O país cansou desse tipo de gente e dessa maneira de se fazer política. 

Não reelejam mais esses camaradas e não elegem pessoas ligadas a esses grupos políticos. Pesquise, informe-se, busque o novo, fuja dos enlameados e das figurinhas fáceis de carimbadas. 

O país precisa ser passado a limpo e tudo depende de sua ação, de suas escolhas, da sua perspicácia. 

Use as redes sociais, uses as ferramentas tecnológicas para lhe ajudar nessa escolha, que reputo de fundamental importância. 

Nas cidades, nos estados, no país, a situação chegou ao estado de calamidade e de "freio de mão puxado" em virtude de nossas escolhas políticas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário