Banner 1

Banner 1

sábado, 5 de maio de 2018

Câmpus de Arraias firma acordo de cooperação com Instituto Federal Goiano de Campos Belos


Reitor do IFGoiano (de paletó azul): Prof. Vicente Pereira de Almeida
Diretor do IFGoiano Câmpuis Campos Belos-GO (camisa branca): Prof. Fabiano Arantes
Diretor do Câmpus Universitário Prof. Dr. Sérgio Jacintho Leonor/Arraias (Paletó cinza): Prof. Tony de Jesus

Na tarde desta sexta-feira, no Câmpus de Arraias, foi assinado um protocolo de intenções para cooperação entre o Câmpus da UFT, unidade Prof. Dr. Sérgio Jacintho Leonor e o Instituto Federal Goiano Câmpus Campos Belos. 


O protocolo foi assinado pelo diretor do Câmpus tocantinense, Tony de Jesus, o diretor do IF Goiano em Campos Belos, Fabiano Arantes, e o reitor do Instituto Federal Goiano, Vicente Pereira de Almeida.

O protocolo de intenções prevê o desenvolvimento de acordos de cooperação que envolvam projetos de pesquisa, de extensão, de ensino conjuntos, além de promover a orientação e co-orientação em trabalhos de pós-graduação. 

No protocolo estão previstos a realização de cursos, seminários e simpósios dos quais participem docentes das duas instituições, promover intercâmbio de material bibliográfico, publicação, bem como a sua difusão através dos canais estabelecidos. 

Ainda conforme o diretor do Câmpus de Arraias, "será possível promover estágios curriculares de acordo com a legislação vigente, ministrar aulas no âmbito da graduação e pós-graduação obedecendo os regulamentos vigentes de cada instituição".

Para o diretor do IG Goiano, Arantes, "a Assinatura do Protocolo de Intenções, entre as duas instituições é um marco acadêmico e científico regional para o desenvolvimento de ações no campo da pesquisa, extensão e ensino. Uma vitória de quem observa um novo horizonte", destacou.

Ainda segundo diretor tocantinense, o protocolo vai permitir que os servidores das instituições dialoguem e executem projetos nas diferentes áreas do conhecimento em que atuam os servidores da UFT e no IFGoiano, sendo que estes projetos terão como fio condutor a preocupação com o desenvolvimento regional e institucional. 

O diretor Tony destaca que as ações futuras com responsabilidade social de ambas as instituições estarão fortalecidas e referenciadas socialmente.

Fonte: UFT

Um comentário:

  1. Não vai ser fácil crescer (em qualidade) 500 anos em 5, mas se todos se esforçarem e as autoridades forem prendendo os boicotadores sem dó nem piedade... vamos conseguir sim!

    ResponderExcluir