terça-feira, 8 de maio de 2018

Câmara de Vereadores de Arraias (TO) entrega do título de cidadã à Professora Dra. Mireya Suarez. Na década de 70, pesquisadora fez pesquisa no município e publicou nos EUA



A Câmara Municipal de Arraias, sudeste do Tocantins, em sessão solene feita em Brasília (DF), concedeu o título de cidadã arraiana à Professora Dra. Mireya Suarez, antropóloga pesquisadora da Universidade de Brasília (UnB), pioneira no estudo sobre o Sertão arraiano. 

Devido ao delicado estado de saúde da professora, fundadora do Núcleo de estudo eesquisa sobre a mulher Nepem da Unb, a cerimônia foi realizada em sua residência, ocorrida na manhã do dia 24 de abril passado. 

Mireya Suárez é uma Professora nascida no Panamá, aposentada da UnB - estudiosa da temática sobre os sertões e autora da tese de doutorado intitulada "Eternos Sertões Dourados" defendida em 1970 na Universidade de Cornell nos Estados Unidos e seu campo de pesquisa é o município de Arraias.

A cerimonia iniciou com a biografia da homenageada, feita por seu filho Andrei Suares soares. Logo depois foi dada abertura da sessão, feita pelo vereador Carlos Cesar Silva, Presidente da Câmara e os vereadores Alessandro Ferreira Guedes, Herman Gomes de Almeida, Joil Alves de Almeida, Josemar Bispo de Assis, Fernando Dourado, Joaquim Xavier, Wesley Siqueira Braga.

O evento contou com a participação do magnífico Reitor da Universidade Federal do Tocantins,  Luiz Eduardo Bovolato, que proferiu palavras de cumprimentos e agradecimentos pelas contribuições da Tese para a vida acadêmica da Universidade, destacando o valor da pesquisa. 

Ele também recebeu uma cópia da mesma intitulada "Eternos Sertões Dourados" e a destinou ao Campus Universitário Sergio Campus Sérgio Jacintho Leonor de Arraias,município pesquisado. 

Na oportunidade, foi pedido ao Reitor a publicação dessa tese que, ainda se encontra em inglês, no sentido de facilitar a todos a leitura desta importante referência bibliográfica de Arraias e Tocantins.

Esteve presente a professora Doutora Marisa Veloso, representante do departamento de Sociologia da Universidade de Brasília UnB, que parabenizou a Câmara de vereadores pelo merecido título a Mireya. 


Ela ressaltou a necessidade do fortalecimento das parcerias entre a Universidade Federal do Tocantins e Universidade de Brasília (UNB), onde a mesma tem orientado professores da UFT.

Também esteve presente, a Professora Maria Inácia Farias e Hercules Farias, que foram representando o Distrito da Cana Brava e Lagoa da Pedra, amigos que acolheram a Professora Mireya na década de 1970.

A professora Drª Magda Suely Costa conduziu a programação do evento e representou a direção do Campus de Arraias, os 
professores e pesquisadores arraianos, pois teve a honra de ter a Professora Mireya como co-orientadora da sua tese de doutorado que tem como cerne as relações de poder no município de Arraias e Tocantins no período de 2006 a 2008. 

Após a fala do Presidente da Câmara, houve a entrega do título, de flores e os agradecimentos da Professora homenageada que muito agradeceu o carinho e acolhida da comunidade arraiana, quando lá esteve, há quase meio século Segundo ela esta comunidade ajudou-a a construir uma nova identidade aqui no Brasil.

Segundo a Professora Magda Suely, esta homenagem foi uma forma de agradecer, reconhecer e fazer justiça ao esforço, trabalho pioneiro e contribuições de quatro anos de estudos da pesquisadora que se dedicou ao município arraiano.

À homenageada foi entregue uma lembrança com do artesanato arraiano e o livro que Educação e Cultura: o olhar e os sentir no chão do Mimoso de autoria da Profª Magda Suely Costa com a colaboração dos acadêmicos e professores da UFT.








Nenhum comentário:

Postar um comentário