Banner 1

Banner 1

terça-feira, 24 de abril de 2018

Acadêmicos do Câmpus de Arraias participam de visita técnica ao município de Natividade (TO)



Com o objetivo de propiciar a aproximação da teoria estudada em sala de aula com a vivência em equipamentos, serviços, atrativos e planejamento turístico, alunos do 3º e 4º períodos do curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental do Câmpus da UFT em Arraias visitaram nos últimos dias 15 e 16 de abril o município de Natividade, região Sudeste do Tocantins, e um dos berços históricos do estado. 

Os estudantes foram acompanhados das professoras Mariana Tomazin, Thamyris Andrade, Alice Amaral, Valdirene Gomes e Edilene Pequeno.

A visita consistiu de um tour histórico conduzido pelo guia de turismo Flávio Cavalera. 

Os estudantes foram recepcionados com apresentações de capoeira e atividades interativas para conhecerem a história da manifestação cultural local, com música, dança e canto. 

Os estudantes conheceram parte do conjunto arquitetônico da cidade, seus usos e vivências. Também tiveram contato com a gastronomia típica. 

Durante o dia conheceram mais espaços históricos e ao final da tarde assistiram e participaram de uma apresentação de Suça, nas ruínas da Igreja de nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Roda de conversa, visita a atrativos naturais - como as Cachoeiras do Paraíso -, e também ao centro místico de Dona Romana e à sede do Amor Perfeito da Tia Naninha (local onde puderam deliciar-se com iguarias regionais) também fizeram parte da programação. 

De acordo com os professores envolvidos, a escolha de Natividade como destino para a visita técnica dos acadêmicos foi com o propósito de fazer com que eles conhecessem a região na qual o curso está inserido e para que possam entender as dinâmicas do turismo como possibilidade de desenvolvimento para o Tocantins. 

Eles ressaltam que atividades como esta são importantes pois o profissional da área de turismo necessita da prática para subsidiar sua construção profissional e ampliar o olhar holístico para o fenômeno turístico.

Fonte: UFT




Nenhum comentário:

Postar um comentário