Banner 1

Banner 1

domingo, 4 de março de 2018

Intervenção do Rio. Um sopro de sinceridade


"O contrário dessa confiança no regime democrático está naqueles que, sem reflexão, demonizam a intervenção militar na segurança do Rio de Janeiro. 

Parece uma repetição de tudo que acabou com o projeto das UPPs, um projeto que precisava do apoio de todos para fazer com que o poder público o completasse com educação, saúde, saneamento, subindo os morros pelas portas abertas pela segurança. 

Em vez disso, as UPPs foram tratadas como uma ocupação militar das favelas, como agora fazem com a intervenção do Exército.

É ridículo considerar a intervenção como uma "jogada eleitoral". E se for, o que é que tem? Toda ação positiva de um governo será sempre, por definição, uma "jogada eleitoral". 

Ou então os governos ficam condenados a não fazerem nada de positivo, para não serem mal interpretados. Ainda não sei dizer se a intervenção no Rio é uma boa para a cidade, acho que é cedo para ter certeza sobre o assunto. Por enquanto, apenas torço para que dê certo. 

Fonte: O GLOBO - RJ"

Autor: CACÁ DIEGUES


Nenhum comentário:

Postar um comentário