Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 26 de março de 2018

Cara de pau: Mesmo cassada, Claudia Lelis mantém interesse na disputa das eleições


Durante a entrega de kits para atender a seis municípios da região Sudoeste, que estão em Situação de Emergência devido aos prejuízos econômicos e sociais causados pelas fortes chuvas, ocorrida na manhã deste sábado, 24, a vice-governadora do Estado, Claudia Lelis voltou a afirmar que aguarda a publicação do acórdão para sua defesa ingressar com os embargos. 

Na quinta-feira, 22, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou os mandatos do governador Marcelo Miranda (MDB) e da vice.

Questionada se ela e o governador cometeram algum crime na eleição ao governo do Estado em 2014, Claudia foi enfática ao afirmar que não. "Em minha opinião foi uma grande injustiça o que aconteceu e vejo com preocupação a decisão”, destacou.

Para a vice-governadora tudo ainda está muito vago. “A gente não sabe ainda o que terá nesse acórdão”, disse Claudia ao acrescentar que a decisão do TSE pode trazer prejuízos ao Estado e aos tocantinenses. 

“Estamos dando continuidade à agenda oficial. A população não pode esperar e o governo não para”, ressaltou.

Ainda de acordo com a vice-governadora, ela segue elegível e com pretensão de disputar cargo público nas eleições de 2018. 

“Independente da decisão e do acordão, não atinge a minha elegibilidade. Me encontro 100% elegível”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário