Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 8 de março de 2018

13 anos de luta. Por quatro vezes, derrubou o câncer. Vencedora, Brenda Andreia precisa muito da sua ajuda




Aos 11 anos de idade, ainda uma criança,  Brenda Andreia Lima descobriu um enorme desafio em sua vida. 

Estava com um grave e agressivo câncer e precisava lutar com todas as suas forças. 

Mas jamais imaginara o tamanho do desafio que tinha pela frente. 

Natural de Campos Belos e neta do histórico sanfoneiro "Luiz Farofa", Brenda foi acometida por um câncer na nasofaringe, pouco depois de completar seus 11 anos aninhos de vida. 

Depois de várias, dolorosas e tensas sessões de químio e rádioterapia, enfim, uma boa noticia: estava "curada". 

Mas, infelizmente, a cura não foi em definitivo e tempos depois apareceu a notícia de um novo tumor, agora no ouvido esquerdo.

A luta contra a doença foi recomeçada, enfrentando meses de tratamento e o novo tumor foi abatido.

Nesse período, mesmo com o tratamento, ela nunca abandonou os estudos. Tinha a esperança que iria se curar e sonhava em se formar. Aos 16 anos,  em Campos Belos, concluiu o ensino médio.

Pouco tempo depois, foi aprovada no vestibular e começou a fazer Ciências da Computação, na PUC de Goiânia.

Infelizmente, as notícias boas pararam no ingresso no curso universitário. 

A jovem adolescente mais uma vez foi informada que o câncer não tinha dado trégua e  tinha surgido outros dois tumores, desta vez no cérebro.

Depois de vários exames e devido ao tamanho e à localização dos tumores, Brenda Andreia foi desenganada, por nada menos de cinco médicos do Hospital Araújo Jorge, em Goiânia.

Apegadíssima à vida, continuou a lutar, com muita esperança. 

"Tivemos a chance de fazer uma rádiocirurgia no cérebro, mas que retirou somente parte do tumor. 

Agora era com Deus. Ela tinha perdido muito peso e todo seu cabelo por causa do tratamento. 

Hoje minha filha está com 24 anos, passou em várias faculdades, mas as sequelas do tratamento não a deixa ter uma vida normal", conta a mãe dela, que também nunca desistiu da cura.

O câncer foi devastador para Brenda e hoje está com sequelas do primeiro tumor na garganta. 

"Ela não consegue mais se alimentar e nem tomar água. 

Só através de uma sonda, pois a rádio curou o câncer, mas, com o passar dos anos, causou uma estenose de esôfago. 

E ela continua, mesmo com a sonda, a insistir na sua faculdade e seu sonho de se formar", emociona-se sua eterna companheira.

Ela também conta que o suplemento que a jovem toma é o único alimento que dispõe para mantê-la viva

"É um suplemento caro e nem sempre consigo gratuitamente e assim tenho que comprar. 

O tratamento do câncer na garganta, por ter sido muito agressivo, hoje acarretou na dificuldade também da sua fala. Devido a isso, ela tem que colocar uma placa ou prótese de palato para poder ajudar na sua fala que ficou bastante comprometida", explica ela.

O suplemento alimentar, Nutrison, é muito caro. Custa R$ 98,00 uma lata e dura somente dois dias. 

Há dois anos, Brenda se alimenta por uma sonda. "No início eu comprava os alimentos. Depois de muita luta conseguia pela prefeitura. Agora não estão mais liberando."

Soma-se a isso a necessidade de se fazer uma cirurgia reparadora. 

"Existem dois tipos de cirurgia que podem tentar abrir essa estenose. Uma abrindo o pescoço e  outra abrindo o seu tórax. 

Ambas são de alto risco e também não tem 100% por cento de eficácia em seus resultados. Eu sinceramente não sei por onde procurar ajuda. Pensei então que talvez o seu Blog pudesse contar a estória dela e talvez assim pudesse me ajudar, caro amigo". 

Nenhum texto é capaz de descrever tanto sofrimento, mas espero que a vida de luta dessa pequena guerreira seja capaz de tocar o seu coração e levar você a ajudá-la de qualquer forma. 

Toda ajuda é bem-vinda. Pessoas comuns, empresários, médicos, dentistas. 

A ideia é criar uma corrente de solidariedade em prol de Brenda Andreia. 

Ela deseja muito ter uma vida normal e mais que isso, se formar e ser uma grande profissional. 

Você pode ajudar? 

A mãe dela, Dila Lima, dispõe de uma conta bancária para depósitos. 

Qualquer valor será uma grande ajuda. O Banco é a Caixa Econômica Federal: Ag: 2256, operação 013, Conta poupança: 00680187-0. Nome de Eleuza Amelia Pinheiro.




Nenhum comentário:

Postar um comentário