sexta-feira, 30 de março de 2018

Ministério Público promove ação de investigação na prefeitura de Campos Belos


O Ministério Público de Goiás, com apoio de Polícia Militar (os homens de preto) fez, nesta semana, uma ação de investigação na prefeitura de Campos Belos. 

Na ação, foram vistoriados computadores da instituição. Não há notícia sobre apreensão das máquinas. A informação foi confirmada por diversas fontes. 

Como estamos ao logo de um feriado prolongado, não foi possível confirmar a informação junto ao Ministério Público e nem foi publicado nada sobre o caso no site oficial da instituição. 

Até agora não se sabe o que motivou a investigação do MP. Tão logo, os motivos forem divulgados, este blog vai trazer ao conhecimento da comunidade.

Padres de São João da Aliança e de Alvorada do Norte também são investigados no escândalo de desvios de dízimos dos fiéis


Ao menos dois padres dos municípios de Alvorada (GO) e São João d’Aliança (GO) estão na mira do Ministério Público de Goiás (MPGO) e da Polícia Civil do estado, na segunda fase da Operação Caifás. 

Deflagrada em 19 de março, ela investiga um suposto esquema milionário de desvio de doações e taxas pagas por fiéis católicos do Entorno do Distrito Federal.

Um dos religiosos mora em São João d’Aliança, a 160km de Brasília. Ele é suspeito de vender uma caminhonete que estava em nome da mitra, o centro administrativo da diocese de Formosa. Com um pouco mais de dinheiro, comprou um novo veículo e o transferiu para o próprio nome, segundo a investigação do MPGO, a qual o Correio teve acesso com exclusividade.

Além de documentos, os promotores se baseiam em escutas telefônicas autorizadas pela Justiça. “Outro padre, de Alvorada, é citado em várias conversas. Ele teria comprado diversos móveis em nome da Igreja. Alguns, ele teria revendido. Outros estariam em seu apartamento pessoal. Há mais padres sob investigação”, afirma o promotor Douglas Chegury, à frente da Caifás.

Lavagem de dinheiro

O atual estágio das investigações se aprofunda no suposto esquema de lavagem de dinheiro por meio da lotérica de Posse (GO), de propriedade do padre Moacyr Santana, pároco da Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Formosa (GO), segundo os investigadores. 

O estabelecimento, considerado de pequeno porte, movimentou R$ 8 milhões nos últimos dois anos.

Na apuração sobre a lotérica de Posse, o MPGO oficiará à Caixa Econômica Federal, na próxima semana, para que o banco forneça parâmetros de transações em estabelecimentos semelhantes. “Como o estabelecimento fica em uma cidade mais afastada, pode ser que esteja ocorrendo lavagem de dinheiro de outras localidades”, explicou Chegury.

O Centro de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Banco Central enviou um documento ao MPGO alertando o órgão das transações com altos valores na lotérica de Posse. 

Segundo o promotor, mensalmente, os dois empresários apontados como laranjas do padre Moacyr faziam depósitos acima de R$ 100 mil. As transações causaram estranhamento aos auditores do Coaf, que têm a função de registrar e acompanhar transação exorbitantes.

O Coaf anotou depósitos entre 13 de abril de 2015 e 9 de outubro de 2017. O primeiro foi de aproximadamente R$ 109 mil. O último, de cerca de R$ 194 mil. “Uma movimentação acima de R$ 50 mil acende a luz vermelha no Coaf. A soma é de R$ 8 milhões em dois anos. 

Temos que saber o motivo da movimentação tão expressiva. De onde veio? De jogos? Pode ser que esteja ocorrendo lavagem de dinheiro ou pessoas estão sonegando valores, ou pode ter origem em negociações espúrias”, supõe Chegury.


O Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO) vai levantar a situação dos 162 veículos em nome da diocese de Formosa.

 “A suspeita é de que eles eram vendidos e o dinheiro não entrava de volta nos cofres da Igreja. E são cinco vezes mais veículos que paróquias ! Vamos identificar onde esses bens estão, quem os adquiriu, por que não foram transferidos, quais condições da negociação”, observou Chegury.

A relação dos veículos foi apreendida na casa de um dos suspeitos de envolvimento com o esquema, o secretário da Cúria de Formosa Guilherme Frederico Magalhães. 

Ele foi preso na operação e deixou a cadeia há uma semana. Os outros oito detidos continuam no Presídio de Formosa, graças à conversão da prisão temporária (de cinco dias) em preventiva (sem previsão). 

Entenda o caso: Desvio, mesada, luxo e intervenção

As investigações começaram no ano passado, após denúncias de fiéis. Eles afirmaram que as despesas da casa episcopal subiram de R$ 5 mil para R$ 35 mil desde a chegada de dom José Ronaldo, em 2015. 

Deflagrada em 19 de março, a primeira etapa da Caifás resultou na prisão do bispo de Formosa (GO), dom José Ronaldo Ribeiro, do vigário-geral, Epitácio Cardozo Pereira, do pároco da catedral, de outros três padres, além dos dois empresários e do secretário da Cúria. 

Todos são acusados de desviar dinheiro da diocese do município do Entorno do DF e usar uma lotérica em nome de laranjas para lavar os valores.

Policiais civis apreenderam R$ 148 mil em espécie, incluindo dólares e euros, além de outros bens, como cordões de ouro e relógios, na casa do monsenhor Epitácio Cardozo Pereira, segundo na hierarquia da diocese. A Justiça bloqueou ainda R$ 388 mil da conta do padre Waldson José de Melo. 

A investigação aponta ainda que padres de Formosa, Posse e Planaltina pagavam ao bispo para que fossem mantidos em paróquias mais lucrativas. O valor mensal da “mesada” variava entre R$ 7 mil e R$ 10 mil.

A diocese de Formosa é responsável por 33 paróquias em 20 cidades e, desde o desencadeamento da Caifás, está sob comando de um administrador apostólico nomeado pela Santa Sé, o arcebispo de Uberaba (MG), dom Paulo Mendes Peixoto.

A relação dos veículos foi apreendida na casa de um dos suspeitos de envolvimento com o esquema, o secretário da Cúria de Formosa Guilherme Frederico Magalhães. 

Ele foi preso na operação e deixou a cadeia há uma semana. Os outros oito detidos continuam no Presídio de Formosa, graças à conversão da prisão temporária (de cinco dias) em preventiva (sem previsão). 

Nas escrituras

José Caifás era sumo-sacerdote do conselho de sábios judeus. Ele foi indicado ao cargo pelos romanos e participou do julgamento de Jesus Cristo no supremo tribunal dos judeus, o Sinédrio, e condenou Jesus Cristo à crucificação. Na Bíblia, sua história é narrada no livro de João, capítulo 18. São justamente os acontecimentos que resultam na morte e na ressurreição de Cristo, comemorada na Páscoa.

Fonte: CorreioWeb

Governo instala proteção na GO-118, inclusive na curva do caixão. Em 2016 curvas mataram diversas pessoas e foi motivo de indignação e ação do MP







Em 2015 e 2016, este blog denunciou e publicou diversos acidentes fatais na rodovia GO-118, inclusive na curva do caixão, entre Teresina e Monte Alegre de Goiás. 

Foram dezenas de acidentes e muitas mortes registradas. 

Este blog e as comunidades clamaram por diversas vezes e pediu socorro, especialmente na época das chuvas. A falta de sinalização era o maior desafio e causador dos acidentes.

Depois de muitos pedidos, foram instaladas sinalização vertical e sonorizadores. Isso foi suficiente para diminuir consideravelmente a quantidade de mortes nas estradas.

Agora, o governo foi mais longe e tem aumentado a segurança na rodovia com a instalação de proteção de aço em diversos pontos, previamente levantados, inclusive a curva do caixão, que ganhou quase um quilômetro de proteção, dos dois lados da pista. 

Ficou fantástico. 

Já Publicamos: 


"Curva do Caixão" mata mais uma pessoa na rodovia GO-118. A vítima, de 19 anos, morava em Alto Paraíso de Goiás



Piquenique literário do CPM de Arraias incentiva hábito pela leitura



O Colégio Estadual da Polícia Militar (CPM IV) Jacy Alves de Barros, do município de Arraias, realizou, nesta quarta-feira, 28, um piquenique literário para os alunos do 6º ano do ensino fundamental, organizado pela professora de Língua Portuguesa, Maria da Guia, em parceria com a técnica de linguagens da Diretoria Regional de Educação (DRE) de Arraias, Michele Cristina Tomaz.

Os estudantes foram reunidos na Praça da Juventude para socialização de obras literárias lidas, apresentação teatral sobre o emprego da pontuação, "Quem é mais importante?", e do conto "As duas maçãs". 

A ação teve o objetivo de estimular nos estudantes o hábito pela leitura e pela escrita, sanar dificuldades ortográficas, além de desenvolver a oralidade, utilizando métodos lúdicos.

O local foi customizado para se tornar uma grande biblioteca ao ar livre. A partir disto, várias atividades foram realizadas para promover o objetivo principal do projeto. 

Após as socializações de obras, os alunos finalizaram o momento compartilhando os lanches que levaram para o piquenique.

O aluno Kennedy Alves Magalhães participou da ação e recontou a história da Rapunzel. 

“Foi uma manhã maravilhosa, pois gostei muito de ouvir os recontos dos colegas. O piquenique literário ajudou a despertar o gosto pela leitura”, afirmou.

Já a professora Maria da Guia destacou que a ação incentiva os alunos na prática da leitura. 

“O objetivo desta ação é promover um momento de socialização de leituras feitas pelos alunos, aliado a um momento de diversão, para que os estudantes possam despertar o interesse pela literatura e continuem a ler e escrever”, finalizou.

Fonte: Governo

Curitiba vira palco do extremismo. Radicalização da esquerda favoreceu radicalização à direita




Veja vídeo discurso da esquerda em Curitiba (vídeo não incorporável ao blog) 


Os ministros do STF deveriam assistir ao vídeo que mostra a recepção a Jair Bolsonaro em Curitiba.

No aeroporto, Bolsonaro disse:

“Lula quis transformar o Brasil num galinheiro. Agora está colhendo os ovos.”

E também:

“Eles [a esquerda] não vieram para ficar. Eles vão encontrar resistência. Agora vão levar um cruzado da direita.”

As pessoas gritavam: “Lula, ladrão, o seu lugar é na prisão”. E não faltaram xingamentos ao Supremo.


No palanque de Bolsonaro não foi faltou incentivo ao uso de armas. 

No palanque petista o que não faltou foi as palavras fascista e ódio. 

"Antes de iriem embora, cuspam naquela faixa (faixa com o nome do Juiz Sérgio Moro)", pediu João Pedro Stédile, ao final de um dos discursos. 

Tá complicado, meu povo. 

Com texto de O Antagonista 

IG-Goiano de Campos Belos publicada chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios para alimentação escolar


O IF Goiano - Campus Campos Belos, por meio de sua Comissão de Chamada Pública, torna público o Edital de Chamada Pública para aquisição de gêneros alimentícios para alimentação escolar através do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE. 


A aquisição se dá por meio de dispensa de licitação conforme estabelecido pela Lei nº 11.947/2009 e Resolução/CD/FNDE nº 26/2013. 

A chamada pública é do tipo Menor Preço. Do valor total a ser adquirido, 30% (trinta por cento) é reservado exclusivamente para produtos com origem na Agricultura familiar.

Podem participar da chamada grupos formais, informais e fornecedores individuais. 


A data da entrega das propostas será no dia 17 de abril, das 9h00 às 11h00 e das 14h00 às 17h00. O resultado final será publicado até o dia 23 de abril. 

Em até dois dias após a publicação do resultado final, os vencedores deverão trazer amostras dos itens para que sejam analisados e aprovados pela Comissão de Chamada Pública. O fornecimento está previsto para ser iniciado no dia 02 de maio.

Abaixo seguem os quantitativos e produtos a serem adquiridos:




O preço unitário de referência foi composto a partir de pesquisa de preço em mercado local, conforme o Art. 29 da Resolução/CD/FNDE nº 26/2013. 

As propostas vencedoras serão aquelas com o menor preço de fornecimento. os participantes devem ficar atentos à documentação necessária para o envio das propostas.

Informações pelo telefone (62) 3451-2595 ou pelo e-mail licitacao.cbe@ifgoiano.edu.br.

Clique aqui e acesse o Edital de Chamada Pública

Clique aqui e acesse a Chamada Pública

No ano de 2017 o IF Goiano - Campus Campos Belos realizou chamada pública para aquisição de merenda escolar. Clique aqui para acessar a Prestação de Contas

Assessoria de Comunicação Social e Eventos - Campus Campos Belos

PM de Caldas Novas prende autores de crime bárbaro. Idosa foi amordaçada, torturada e morta






Na manhã da última quarta-feira, 28, uma ação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar de culminou na prisão em flagrante de Vitor José Melo Carneiro, 22 anos e Benício Rodrigues de Souza, 21 anos.

Ambos são apontados como autores do crime de latrocínio contra uma idosa de 65 anos. 

O corpo da vítima foi encontrado na manhã de quinta, na Rua 32, Setor Itaici. 

A idosa se encontrava vendada, amordaçada, com os membros amarrados e com sinais evidentes de tortura. O imóvel foi todo revirado.

Através de imagens de câmeras de segurança da vizinha foi possível identificar os dois autores, que fugiram do local levando roupas, objetos pessoais e um aparelho de TV da vítima. 

Em poucas horas, ambos foram capturados, sendo com eles encontrados a TV, roupas da vítima, bem como as vestes que ambos utilizavam quando do cometimento do delito, uma vez que já haviam trocado de roupa.

Um dos criminosos já possui antecedentes por tráfico de drogas e receptação.

O outro já possui passagens por crime de porte de arma, tendo saído do presídio há cerca de um mês. 

Ambos confessaram o crime e foram sendo autuados em flagrante pela prática de latrocínio, que pode lhes render uma condenação de até 30 anos. 

Ao fim do procedimento, eles foram encaminhados ao presídio local, onde permanecerão à disposição da justiça.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Cenas de "O Mecanismo", da Netflix: "Foi Pro Supremo!!"



Magno Malta convoca Ministros Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso



Capital Racer: corrida profissional de drones acontece em Brasília


De 30 de março a 1º de abril, a partir das 8h, acontece a corrida profissional de drones Capital Racer. Pela primeira vez em Brasília, na Pista de Aeromodelismo, serão distribuídos R$ 3 mil em prêmios para os primeiros colocados nas categorias iniciante e amador.

Seguindo os padrões internacionais, os voos acontecem com segurança, em ambiente controlado e os drones podem chegar a 150 km/h. 

O público poderá assistir em tempo real as mesmas imagens dos óculos de realidade virtual usados pelos pilotos, que serão transmitidos no telão, e terá a mesma sensação como se estivessem pilotando junto.

O circuito foi desenvolvido nos moldes internacionais, com obstáculos jamais usados em campeonatos realizados no Brasil. A pista é inovadora e desafiadora por ter uma parte que passa entre as árvores, dando um grau de desafio ainda maior para os competidores. 

Os treinos acontecem no dia 30 (sexta-feira, aberto ao público), no dia e 31 de março serão realizadas baterias classificatórias que definem as chaves para a grande final, que acontecerá no domingo dia 1º de abril.

O acesso à corrida para espectadores é gratuito e quem for assistir poderá também aproveitar o Festival de Food Truck. 

Para quem já está se aventurando no mundo dos drones, as inscrições custam de R$ 70 a R$ 150 (dia do evento).

Já estamos convidados

"Prezado Dinomar Miranda,

Acontece entre os dias 30 de março e 1° de Abril a primeira Capital Racer.

Amanhã, 29/3, ao meio-dia, acontece a abertura oficial da pista. Acontece voos e os responsáveis estarção lá para dar entrevistas...

Gostaria de confirmar o seu credenciamento para amanhã e também, para a cobertura do evento.

A entrada para assistir esse emocionante campeonato é gratuita.

Inclusive, o evento foi pensando por um brasiliense que vai apresentar um circuito inédito no Brasil, aproveitando para utilizar desafios ( gates) naturais como copas de árvores e arbustos. 

Caso queira falar com Luiz Luiz Eduardo Dantas (Black FFV), ou ainda conhecer a pista antes do evento podemos marcar."

Tiros na caravana de Lula deixaram buracos muito redondinhos



Autoridades federais estão intrigadas com os tiros na caravana de Lula. 

Isso porque, pelo aspecto das perfurações, os disparos devem ter sido feitos à curta distância e com o veículo parado.

Essas autoridades dizem que, quando um veículo é atingido em movimento, a marca da bala deixa um aspecto de rasgo ou “respingo”. 

No entanto, as marcas mostradas são redondinhas. 

E os tiros parecem ter sido disparados de perto, porque o buraco é do mesmo diâmetro da bala. Quando é de longe, o buraco é mais largo, em razão da expansão da energia.

Obviamente, só a perícia da PF pode resolver o enigma do “atentado”.

Fonte: O Antagonista 

Campos Belos recebe a primeira parcela do programa Goiás na Frente



Na tarde da última terça-feira,27, o prefeito de Campos Belos, Eduardo Terra, participou da solenidade de entrega de cheques relativos ao convênio Goiás na Frente. 

O evento foi realizado no Auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico e contou com vários prefeitos do Estado.

Na ocasião, o prefeito de Campos Belos recebeu do Vice-Governador, José Eliton e do Governador, Marconi Perilo, o cheque simbolizando a primeira parcela no valor de R$ 400 mil.

O prefeito Eduardo Terra disse que "sabemos que este convênio não será a solução de todos os problemas que temos em relação à pavimentação asfáltica em Campos Belos, mais será um bom começo, enquanto isto, nos deixa mais otimistas para correr atrás de mais recursos  de emendas parlamentares junto ao Governo Federal que vão reforçar o nosso projeto de recuperação do asfalto, estamos confiantes e Deus tem nos dado prova de que venceremos mais este desafio”.

Fonte: Assessoria 

Alunos da Escola Agrícola de Arraias combatem a obesidade infantil com projeto de língua inglesa





A Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Agrícola Davis Aires França, do município de Arraias, realiza nesta terça-feira, 27, atividades de culminância do projeto “Let’s move”, idealizado por Michelle Obama e, apresentado aos estudantes da 2ª série do ensino médio, pela professora de língua inglesa, Larissa Cardoso Beltrão.

O projeto foi introduzido nas aulas de inglês, em um trabalho interdisciplinar, com o objetivo de alertar os estudantes sobre os riscos do mau hábito alimentar à saúde. 

Os alunos desenvolveram pesquisas no laboratório de informática da unidade escolar, para consultar o site oficial do projeto, como suporte para a realização de atividades.

O trabalho é resultado de pesquisa e prática, desenvolvidas pelos alunos, sobre os motivos que levaram a ex-primeira-dama norte-americana a realizar o projeto nos Estados Unidos.

Além de trabalharem, especificamente, com as ações do Let’s move, os alunos pesquisaram sobre “Chilhood Obesity” (obesidade infantil) e possíveis maneiras de combate, incentivando a todos à adesão do “Healthy lifestyle” (estilo de vida saudável).

Após as pesquisas, os alunos estudaram verbos e confeccionaram infográficos para a exposição que ocorre, hoje, na culminância do projeto.

Os estudantes também realizaram uma oficina, onde receberam, em sala, alunos de outras turmas e falaram sobre o projeto Let’s move; Chilhood Obesity; Practise Exercise; Healthy Lifestyle.

Conforme a técnica de Currículo de Linguagens, da Diretoria Regional de Educação de Arraias, Michele Cristina Tomaz, a introdução de metodologias lúdicas no ensino de língua inglesa contribui para maior aprendizado dos estudantes. 

“Cabe ao professor buscar atividades diferenciadas que possam envolver o aluno, dando oportunidade aos seus alunos de internalizarem as informações dadas de maneira que sejam significativas, portanto ações de sucesso como essa são motivadoras e ampliam o repertório vocabular dos alunos das disciplina de língua inglesa”, finalizou.

Let’s move

O projeto Let’s move é uma iniciativa da ex-primeira-dama dos Estados Unidos da América, Michelle Obama, em torno da saúde e bem-estar de nação norte-americana. A ideia foi lançada em 2010 e é dedicada a ajudar crianças e famílias a levar uma vida mais saudável.

Fonte: SEDUC

Jornalista é condenado a 10 meses de prisão por difamar o juiz Sergio Moro


A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) condenou por unanimidade o jornalista Miguel Baia Bargas a 10 meses e 10 dias de detenção por calúnia e difamação por ter publicado uma matéria com informações inverídicas sobre o juiz federal Sergio Moro. 

Em 2015, o blog Limpinho & Cheiroso, mantido por Bargas, publicou um conteúdo que ligava Moro a um caso de desvio de recursos na prefeitura de Maringá.

O jornalista publicou em seu blog um texto com o seguinte título: “Paraná: Quando Moro trabalhou para o PSDB, ajudou a desviar R$ 500 milhões da Prefeitura de Maringá”. 

Ele reproduzia a informação publicada em outro site de que Moro havia trabalhado com um advogado que teria servido ao ex-prefeito de Maringá, Jairo Gianoto – este sim condenado de fato a devolver R$ 500 milhões aos cofres públicos.

O texto faz uma ligação entre Moro e o doleiro Alberto Youssef, um dos condenados pela Operação Lava Jato. 

O doleiro foi descrito como “laranja” do juiz.Nem Moro, nem o advogado citado no texto, trabalharam para o ex-prefeito. 

“É manifesta a ofensa à honra do juiz federal Sergio Fernando Moro, a configurar a prática de crimes tanto pela referência direta quanto indireta ao magistrado”, escreveu o relator do caso, o desembargador federal André Nekatschalow.

“A notícia que atribui ao magistrado a vinculação a partido político e a réu de processo criminal relativo à Operação Lava Jato, em que exerce a jurisdição, claramente ofende sua reputação e, ao imputar-lhe falsamente crimes, patenteia o propósito de ofender sua honra, a caracterizar as práticas de difamação e calúnia”, completou Nekatschalow.

O relator destacou ainda que o réu tenha atuado com o simples propósito de informar. 

“O réu foi jornalista por anos e, dado o conteúdo da notícia e sua perícia na área, acaso movido pelo desejo de informar, teria adotado cautela mínima de verificação de seu conteúdo, considerando, ademais, haver promovido alteração do título que, expressamente, atribuiu o desempenho de atividade político-partidária e o cometimento de delito a juiz federal”, disse o desembargador.

O cumprimento da pena será em regime aberto.

Fonte: Gazeta do Povo

Armarinho Patota: Seu Zé está na mídia. Conheça a história de empresários que são pioneiros no Cruzeiro Novo (DF)



Helenice Carmen Oliveira Teodoro e José Américo Teodoro, conhecidos como Patota e Zezinho, comandam juntos o Armarinho A Patota desde março de 1972. 


O nome do negócio faz referência ao apelido de Helenice, inspirado na novela infantil homônima, transmitida pela Rede Globo na década de 1970. 

Os mineiros, de Uberaba e Araguari, respectivamente, recebem cerca de 80 clientes por dia, vendendo botões, linhas, tecidos, zíper, caderno... Em ocasiões movimentadas, chegam a ser 300 por dia. 

“Os compradores vêm de todo o DF. Tem gente que sai de Asa Norte, Águas Claras e várias outras regiões para comprar aqui”, conta Helenice, orgulhosa, aos 75 anos. 

“A nossa loja foi o primeiro comércio de alvenaria do Cruzeiro Novo e se tornou referência”, comemora Zezinho, 77.

terça-feira, 27 de março de 2018

Comitiva do ex-presidente Lula foi atingida a bala. A informação é do deputado Miro Teixeira


O deputado federal Miro Teixeira (Rede) tomou o microfone da Câmara dos Deputados, agora há pouco, para informar que a comitiva do ex-presidente Lula foi alvejada a tiros. 

O deputado disse que a ação é um grave atentado à democracia. 

O rapaz é inocente, afirma ex-patrão



"Não estou falando mal do serviço da policia !!! 


Só estou pedindo para que o caso desse rapaz seja feita justiça.

É um rapaz trabalhador, fui gerente dele em um restaurante em Goiânia. 

Infelizmente ele está respondendo por um crime que não cometeu!! 

Foi uma briga que houve em Taguatinga (TO), na Quadra de Futsal onde ele estava jogando bola.

Houve a briga, mas foi outra pessoa que esfaqueou o rapaz que veio a óbito! A justiça tem que ser feita e concorde! Porém o verdadeiro assassino preso! 

E não esse trabalhador!! 

Que estava foragido sem saber que tinha sido intimidado.

Pesquisa que fiz no Jus Brasil Danilo Cândido da Silva aparece que foi intimado em 2016, mas o endereço inexistente. 

O mesmo não acabou fazendo nem a sua defesa.

Obrigado pela a atenção"

Ricardo Fernandes Lira

Comentário sobre o texto

Comissão do Senado aprova Estatuto do Cigano


A criação do Estatuto do Cigano (PLS 248/2015) foi aprovada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta terça-feira (27). 

Apresentado originalmente pela Associação Nacional das Etnias Ciganas (Anec), o texto foi adotado pelo senador Paulo Paim (PT-RS), que tornou-se seu autor. 

O texto segue agora para análise das comissões de Assuntos Sociais e de Direitos Humanos, depois do que deve seguir para a Câmara em caráter terminativo (sem necessidade de ir a plenário).

O relator da proposta na CE foi Hélio José (Pros-DF), que, durante a discussão nesta terça apontou dados da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), em especial sobre as três etnias ciganas conhecidas como Calon, Rom e Sinti:

— Os ciganos estão hoje em 291 cidades, em 21 estados. Calcula-se que a população de ciganos já ultrapassou os 500 mil, ou seja, eles são numericamente expressivos e extremamente ricos culturalmente — reforçou.

Inclusão social

Pelo texto aprovado, passa a ser identificada como “população cigana” o conjunto de indivíduos de origem e ascendência cigana que se identificam e são identificados como pertencentes a um grupo étnico, cujas características culturais o distinguem da sociedade nacional.

Na área da educação, o Estatuto garante aos ciganos o direito à educação básica, proíbe a discriminação quanto ao fato de meninas não poderem estudar, e prevê a criação de espaços visando a disseminação de suas culturas. 

O texto também determina que as línguas ciganas passam a constituir um bem cultural de natureza imaterial, ficando assegurada a continuação destes povos como formadores da nossa história.

Ainda de acordo com o texto, caberá ao poder público a adoção de estratégias voltadas à inclusão dos ciganos nos campos econômico e social, e por meio de políticas afirmativas. 

Também é obrigação do Estado desenvolver políticas de atendimento no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), garantindo, entre outros direitos fundamentais, o acesso aos medicamentos.

O acesso à terra

Caberá ainda ao poder público elaborar políticas visando à promoção de acesso dos ciganos à terra e às atividades produtivas. 

No que se refere aos ranchos e acampamentos, passam a ser considerados parte da cultura e tradição destas comunidades, definindo-os como asilos invioláveis.

Na área do trabalho, o incentivo à contratação de ciganos recém-formados deve ser uma política pública.

Fonte: Congresso em Foco

Duas pessoas morrem em grave acidente na BR-020, próximo ao trevo de São Domingos/GO




Um grave acidente matou o medico de São Domingos (GO) Sidnei Oliveira Neto, de 75 anos.

Também morreu no acidente Erenilton Pereira de Souza de 57 anos. Ambos estavam no mesmo automóvel, um veículo Ford/Focus. 

O acidente ocorreu na BR-020, na noite da última segunda-feira (26), por volta das 19h30, no município de São Desidério, próximo do trevo de São Domingos.

De acordo com Polícia Rodoviária Federal, o veículo Focus, ao tentar fazer uma ultrapassagem a uma carreta que estava sinalizando para entrar no trevo, colidiu fatalmente contra outra carreta que vinha sentido contrário. 

O veículo ficou preso entre às duas carretas.

A Polícia Rodoviária Federal registrou o acidente, o Corpo de Bombeiros de Posse auxiliou na retirada dos corpos que foram conduzidos ao IML de Barreiras.

A morte do médico  Sidnei Oliveira e de Erenilton Pereira, muito conhecidos em São Domingos, deixou a cidade em choque e incrédula.  

Nas redes sociais, foram grandes as manifestações de pesar e de tristeza. 

Campos Belos recebeu o I Fórum das Águas do nordeste Goiano




Por Francielle Rego,

Considerado um evento de médio porte, de cunho científico-cultural e social, aconteceu no último dia 22, I Fórum das Águas no nordeste Goiano.

O evento foi realizado no auditório da Câmara de Vereadores de Campos Belos, e contou com um público de aproximadamente 400 pessoas.

A criação do Fórum surgiu de uma ação do Projeto Plante Seu Próprio Alimento, do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia da UEG- Campus Campos Belos que tem como uma de suas principais ações à recuperação de nascentes e o cultivo de mudas nativas do cerrado. 


Estas ações vão de encontro aos anseios do Território Cidadania Chapada dos Veadeiros, que tem como parte de sua missão garantir o direito a água e a conservação do cerrado. Assim, as duas instituições se uniram para realização do I Fórum.

Na mesa de abertura do Fórum estiveram presentes: o professor Geraldo Magela de Paula (representando o Diretor da UEG – Campus Campos Belos – Adelino Soares dos Santos Machado); José Ribamar Neto, vice-prefeito de Monte Alegre de Goiás; Haicer S. P. Lima, Prefeito de Iaciara – GO; a secretária Helena José Ribeiro, representando o prefeito de Campos Belos, Carlos Eduardo Terra; Reinaldo Guimarães (presidente da Câmara de Vereadores de Divinópolis de Goiás) e o Secretário de Meio Ambiente de Campos Belos José Aires.

Na abertura do evento a professora Francielle Rego Oliveira Braz (coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia – UEG – Campus Campos Belos), falou da importância do Fórum não só com relação à conscientização da população, mas também para o encaminhamento de ações concretas na preservação e recuperação das nascentes. 

Ressaltou, ainda, que a escassez da água já é um problema sério no Nordeste Goiano e muitos problemas estão relacionados à ação do homem. Disse que já existem no Curso de Agroecologia algumas ações de sucesso nesta região, porém são ações isoladas e que necessitam de uma junção com todos para que possam fazer mais ações na garantia do direito à água.

O senhor José Ribamar Neto vice-prefeito de Monte Alegre e também atua como coordenador geral do Território Cidadania Chapado dos Veadeiros, falou da importância do Fórum para região e agradeceu o apoio dos representantes municipais da região que estavam presentes. 

Ele deixou claro que a intenção é manter o fórum permanente para que as ações propostas sejam realizadas.

O prefeito da cidade de Iaciara Haicer, falou da importância da água e exemplificou a crise hídrica de 2017 na zona rural desse município, se colando a disposição para apoiar as ações de recuperação e conservação das nascentes.

Foram ouvidos também o secretário de meio ambiente de Campos Belos, José Aires, a representante do prefeito de Campos Belos, a secretária Helena José Ribeiro, e o presidente da Câmara de Vereadores de Divinópolis de Goiás. Ambos citaram a importância do fórum e o apoio nas ações de recuperação e conservação das nascentes.

Houve um momento cultural com a apresentação do teatro “A importância da Água”, pelos alunos do curso de Licenciatura em Letras da UEG – Campus Campos Belos (Higor, Leonardo, Dieme, Laína e Mirthillene). O cantor Beto interpretou a música Planeta Água de Guilherme Arantes.

Houve entrega de mudas de árvores pelo aluno do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia, Ari.

No segundo momento do evento houve a formação da mesa técnica com a apresentação de profissionais que atuam em órgãos e/ou pesquisam água na região entre eles:

A professora do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia da UEG – Campus Campos Belos – Mariana Siqueira do Carmo, Engenheira Agrônoma, mestre em produção vegetal que iniciou sua fala com o seguinte questionamento: A água no mudo vai acabar? 

Explicando na sequência vários conceitos sobre a conservação da água e deixando claro que água que pode acabar é a água potável para consumo humano.

O professor do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia da UEG – Campus Campos Belos, Carloeme Alves de Oliveira, Engenheiro Agrícola, mestre em solos, falou da importância das APP (Áreas de Proteção Permanente) e citou algumas legislações que asseguram estas APPs.

O Analista de desenvolvimento rural da Emater de Campos Belos – Oldemar de Almeida Pinto Filho, Engenheiro Agrônomo, especialista em piscicultura, falou sobre o trabalho de conscientização que a Emater vem fazendo com os produtores. 

Explicou detalhadamente sobre a importância das matas ciliares, citou exemplos de solos degradados e deixou claro que se as técnicas corretas não forem aplicadas no plantio muitas nascentes irão desaparecer.

A fiscal ambiental de São Domingos – GO, Júlia Guedes Chaves citou exemplos reais de sua atuação em São Domingos, deixando claro que muita coisa poderia ser evitada se todos cumprissem as leis. 

Citou a situação grave de um dos principais rios que abastece Divinópolis de Goiás e São Domingos: o Rio Bonito. Citou os agroquímicos encontrados no Rio São Domingos devido às lavouras do oeste baiano que faz divisa com o município através da serra geral. 

Deixando claro que se não houver uma força tarefa maior vamos perder nossa água.

O professor Paulo Pereira Filho – Biólogo, mestrando em Geografia. O mesmo vem pesquisando sobre: A escassez hídrica e conflitos pela água no município de Arraias – TO: Causas e Consequências a partir da bacia do Rio Bezerra. 

O professor Paulo explicou claramente sobre a grave situação do Rio Bezerra e apontou a mineração como um de seus principais problemas. 

O mesmo também citou a importância e o cuidado que devemos ter com aquífero urucuia, onde parte do nordeste goiano e sudeste tocantinense estão localizados.

Albanita Moura Santos técnica em Saneamento Ambiental da Saneago – GO, falou das estações de tratamento na região e disse que em 2017 a situação de abastecimento ficou crítica nas seguintes cidades: Alto Paraíso, Monte Alegre e Campos Belos. 

Explicou que a situação mais grave de abastecimento de água se encontra em Campos Belos, pois o Rio Montes Claros foi acometido por várias ações de crime ambiental em propriedades rurais e que a Saneago já está fazendo alguns cercamentos de nascentes para amenizar o problema. 

Citou que para entrar em algumas propriedades necessitou do apoio do ministério público e da polícia militar.

Entre o público presente destacamos: alunos e professores da rede municipal de educação de Campos Belos acompanhados pela Secretária Municipal de Educação e Cultura Geisa Cordeiro; professores de rede estadual de educação e a Coordenadora Regional de Educação de Campos Belos – GO, Maria Suely Pereira de Araújo; alunos do Instituto Federal Goiano de Campos Belos, Alunos e professores da UEG Campus Campos Belos, alunos e professores do Prata (município de Monte Alegre- GO), membros da comunidade Pouso Alto (município de Campos Belos), o gestor de resíduos sólidos do município de Campos Belos Leandro Silva Oliveira, presidente da Cooperamos (Cooperativa de Produtores de Campos Belos e Região), Adolfo Siqueira; professora Odiva Xavier; Vereadores de Campos Belos: Karina, Gilbertinho, Nego da Patrol, Ivone do Touro, Baiano; Vereadores de Divinópolis de Goiás: Reinaldo Guimarães (presidente da câmara de vereadores), Mariano Torres e Maria Aparecida Serrano.

Um dos objetivos principais do Fórum que foi alcançado é a conscientização dos presentes num envolvimento mais especifico e pontual com relação a preservação das nascentes. 

Um dos encaminhamentos citados foi à criação de uma lei municipal para de proteção aos buritizais.

E ficou marcada para dia quatro de junho de 2018, a reunião com os representantes municipais para edificação do comitê intermunicipal das águas no nordeste goiano, para que o mesmo possa encaminhar as ações proposta para melhoria dos recursos hídricos da região.












Taguatinga (TO): ladrão foi encontrado nu e dormindo na casa da vítima


A Polícia Civil de Tocantins, por intermédio da Delegacia de Polícia de Taguatinga, prendeu em flagrante delito, na manhã de ontem (26), Leandro Pereira, vulgo "Chumbinho".

Ele é acusado dos crimes de violação de domicílio e danos. 

Segundo a Autoridade Policial, o rapaz teria invadido, na noite anterior, uma residência no Povoado de Altamira e, no interior, danificado bens móveis que guarneciam a residência. 

Durante a diligência, a vítima contou aos policiais que ao entrar em sua residência, juntamente com seus filhos, deparou-se com o acusado dormindo completamente nu em um dos quartos. 

Assustada, a vítima deixou sua residência e foi buscar ajuda e abrigo na casa de um amigo. 

Por ocasião da prisão, Chumbinho alegou que estava embriagado, mas não soube explicar a motivação do crime. 

Após a lavratura do auto de prisão em flagrante, o rapaz foi recolhido à Cadeia Publica de Taguatinga.

Iso Moreira pode não disputar mandato de deputado estadual, diz jornal


O deputado estadual Iso Moreira, do PSDB, não quer, mas avalia desistir da candidatura à reeleição.

Moreira alega falta de apoio da base aliada e invasão de suas bases eleitorais.

Há gente graúda no MDB e no DEM de olho no seu passe político.

Fonte: Jornal Opção

Inquérito concluído: trafegava bêbado e na contramão na BR-020 e assumiu o risco de matar


O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil em Formosa (GO, no Entorno, concluiu as investigações do crime que matou o motociclista Vitor Rodrigues de Melo, após uma batida entre sua moto e um carro que trafegava na contramão.

O acidente ocorreu na BR-20, em 28 de outubro de 2017.

O gol que bateu na moto também estava com os faróis apagados.

Desde então, policiais do G
rupo de Investigação de Homicídios investigaram e elucidaram o crime, com identificação do autor, circunstâncias e motivação do crime.

O inquérito policial, conduzido pelo delegado Vytautas Zumas, foi finalizado no dia 21 de março de 2018 e será remetido ao Poder Judiciário com todas as nuances solucionadas. 

O delegado pediu o indiciamento de David Rabelo Lopes, o motorista do gol, por homicídio doloso.
Vytautas Zumas disse que as circunstâncias do fato, assim como a indiferença à vida e integridade corporal alheias demonstraram que o condutor, embriagado, agiu de forma assumir o risco da produção do resultado, motivo pelo qual o crime não fora capitulado no Código de Trânsito Brasileiro, mas sim no Código Penal.

Fonte: PC Goiás

Receptação: homem é preso em Campos Belos com carro roubado


Um veículo roubado em fevereiro deste ano foi recuperado na noite de domingo (25/03), na GO-118, em Campos Belos, no nordeste goiano, por policiais do COD (Comando de Operações de Divisas).

Os militares abordaram o veículo Logan, na rodovia por volta das 18h30. 

Ao averiguar o carro com mais detalhes, foi possível constatar que parte da numeração do motor foi raspada e o documento apresentado pelo condutor pertencia a um lote de cédulas roubadas do Detran do Tocantins.

O motorista do veículo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Campos Belos, onde foi enquadrado nos crimes de receptação, adulteração de sinal veicular automotor e uso de documentos falsos.

O condutor já responde pelo crime de tráfico de drogas, em 2017. Na ocasião assumiu a posse de 300kg de maconha que eram transportados de Formosa para Palmas (TO).

Com informaçoes da PM

Deputada Dorinha anuncia pagamento de R$ 1,5 milhão para a Saúde no TO


O Ministério da Saúde confirmou o pagamento de emendas impositivas da área destinadas em 2017 pela deputada Professora Dorinha (Democratas/TO) que irão atender 10 municípios tocantinenses, além do Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília.

Esse aporte financeiro, cujo pagamento foi executado no final da semana passada, é para aquisição de veículos de transporte de equipes e equipamentos para unidades de saúde, e construção de UBS.

Por receber centenas de tocantinenses todos os anos para atendimento médico gratuito, o Hospital Sarah recebeu emenda no valor de R$ 150 mil. 

O total pago de emendas é de R$ 1.547.770,00

Veja a lista:

Dois Irmãos – R$ 129.630,00 veículo de transporte de equipe
Formoso do Araguaia – R$ 189.760,00 veículo de transporte de equipe
Goianorte – R$ 104.390,00 aquisição de equipamentos de UBS
Miracema – R$ 134 mil de R$ 860 mil aquisição de veículo de transporte de equipe e construção de UBS 

Miranorte – R$ 130 mil veículo e equipamentos para atender as UBS’s Família Centro, Noé Luz Carvalho e Vila João e Vila Maria
Pequizeiro – R$ 130 mil veículo de transporte de equipe
Pium – R$ 130 mil equipamentos para UBS

São Bento do TO – R$ 129.990,00 veículo de transporte de equipe e equipamentos para o Pronto Atendimento do município
Silvanópolis – R$ 130 mil aquisição de equipamentos
Taipas – R$ 190 mil veículo de transporte sanitário
Rede Sarah – R$ 150 mil custeio

Fonte: Assessoria de Imprensa