Banner 1

Banner 1

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Político em cana: Ex-prefeito de Água Fria de Goiás e mais três são presos suspeitos de forjar contratos e se apropriar de dinheiro público


O ex-prefeito de Água Fria de Goiás, no Entorno do DF, e ex-deputado distrital João de Deus Silva Carvalho, dois ex-secretários de Finanças e um contador do município foram presos nesta quarta-feira (21) suspeitos de se apropriarem de dinheiro do município por meio de fraudes. 

A reportagem não conseguiu localizar as defesas dos detidos.

De acordo com o Ministério Público, o grupo forjava contratos de prestação de serviços e emitia cheques no nome de um suposto servidor da prefeitura, sem que ele soubesse, com base nos valores dos falsos documentos. A cidade fica no Entorno do Distrito Federal.

O G1 perguntou ao MP, por e-mail e por telefone, os nomes dos presos, o valor do rombo causado pelo grupo e outros detalhes das investigações, mas não recebeu retorno até a publicação desta reportagem. A operação foi batizada de "Cheque-Mate".

Pela manhã, investigadores estiveram na Prefeitura de Água Fria de Goiás para coleta de documentos. A recepcionista da prefeitura não quis passar a ligação para outro setor. Ela confirmou a operação e disse que todos os envolvidos são relacionados à gestão anterior.

Investigações

Iniciadas em 2015, as investigações apontam que a quadrilha se apropriava do dinheiro obtido com a compensação dos cheques. 

O grupo também teria adulterado documentos enviados ao MP de Goiás, com a intenção de legitimar sua a ação e justificar os valores supostamente pagos ao servidor.

De acordo com o MP, os documentos fraudados eram emitidos com a assinatura e ciência do ex-prefeito, e a fraude contava com o auxílio do contador. 

Já os ex-secretários atuavam diretamente nos crimes, assinando os cheques juntamente com o ex-prefeito e cuidando de todo procedimento para que os valores dos cheques descontados chegassem até eles.

Fonte: g1

Nenhum comentário:

Postar um comentário