Banner 1

Banner 1

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Ex-prefeita de Combinado (TO) é condenada por nepotismo. Há 4 anos este blog publicou sobre a farra


A ex-prefeita do Município de Combinado do Tocantins, Maria de Socorro Ferreira de Morais, foi condenada pelo ato de improbidade administrativa pela prática de nepotismo. 

A sentença, do juiz Jean Fernandes Barbosa de Castro, da Vara Cível da Comarca de Aurora do Tocantins, foi publicada nesta quarta-feira (21/02).

Conforme consta na sentença, a ex-prefeita nomeou, durante sua gestão, o irmão Adauto Ferreira de Moraes para o cargo de guarda noturno na Secretaria de Saúde; e Cleder Soares da Silva, irmão da Secretária de Finanças, para o cargo de motorista de gabinete da prefeita.

"No momento em que é apurada a finalidade contrária ao interesse público, qual seja, a troca de favores entre o ocupante de Cargo Público no Poder Executivo e a Secretária de Finanças do Município de Combinado/TO, o ato deve ser invalidado, por violação ao princípio da moralidade administrativa e por estar caracterizada a sua ilegalidade", pontuou o juiz na sentença.

Condenação

Pela prática dos atos de improbidade administrativa, Maria de Socorro Ferreira de Morais foi condenada ao pagamento de multa civil de cinco vezes o valor da última remuneração percebida pela ré, atualizada; perda da função pública eventualmente exercida; e suspensão dos direitos políticos por três anos.

A ex-gestora também fica proibida de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

A sentença ainda cabe recurso.

Leia a íntegra da sentença 

Há quatro anos este blog denuncio os abusos e os crimes de nepotismo em Combinado, à época a prefeitura era comandada pela prefeita Mariinha. Reveja:


Denúncia de nepotismo em Combinado (TO)





4 comentários:

  1. DINOMAR AGORA POSTA TB O QUE VEM ACONTECENDO NA GESTÃO ATUAL. PRA VER SE DAQUI A QUATRO ANOS TB SÃO PUNIDOS.
    PORQUE A FAMILIA DO GESTOR ESTA TODA TRABALHANDO NA GESTAO DELE.
    IRMÃ. CUNHADA. PRIMO. SEM CONTAR AS LICITACOES QUE TEM PRIMOS E IRMÃ QUE GANHARAM A LICITAÇÃO.
    CUNHADO. MARIDO DE SECRATARIA QUE GANHOU LICITACAO TB TEM. UM VERDADEIRO CARNAVAL O QUE ESTA ACONTECENDO EM COMBINADO NESSA GESTÃO.
    Ah! COMO SEI QUE IRÃO QUERER DEFENDER O GESTOR DIZENDO QUE EU ESTOU COM DOR DE COTOVELO, QUERO DEIXAR CLARO QUE NAO É ISSO NAO, EU TRABALHO NESSA GESTAO É ESTOY VENDO TUDO JSSO ACONTECER,
    E NAO ME IDENTIFICO PORQUE VEJO AMIGOS SENDO PERSEGUIDO POR ESSE GESTOR QUE AQUI ESTÁ. SIMPLESMENTE POR NAO CONCORDAR COM AS ATITUDES DELE.
    SEM CONTAR COM A IGNORANCIA DELE.
    DESDE JA AGRADEÇO DINOMAR PELO ESPAÇO.

    ResponderExcluir
  2. Não entendo essas leis brasileira , o prefeito de Monte Alegre , que atualmente está no seu 3 mandato , sempre manteve seus filho , na secretaria de finança e saúde , fora os 2 é 3 escalão , do olhar no site de transparência do município é não acontece , deve mudar de estado para estado , sempre observo que os gestores do Tocantins são punidos , os promotores de Goiás que são responsáveis pela denúncia fecha os olhos , essa lei e estadual ou federal. , porque em Goiás não existe ...

    ResponderExcluir
  3. o atual prefeito DOFIM tmb continuou a farra enchendo a prefeitura de parentes...vamos ver o que vai acontecer.

    ResponderExcluir