Banner 1

Banner 1

domingo, 14 de janeiro de 2018

Presa dupla acusada de render idoso, amarrar e roubar R$ 1.400, em Taguatinga (TO)


A Polícia Civil de Tocantins, por intermédio da Delegacia de Taguatinga, sob a coordenação da autoridade policial, desvendou, no último dia 11, um crime de tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrido na noite do dia 10 de janeiro, no Povoado Sapateiro, na zona rural do município de Taguatinga (TO).

De acordo com o delegado responsável pelo caso, as diligências se iniciaram ainda na noite do dia 10/01, assim que o crime foi comunicado.

Desde então, os agentes passaram a investigar as causas que levaram os criminosos a agredir gravemente a vítima, de 61 anos de idade, antes de roubar a quantia de R$ 1.400.

No dia seguinte, os investigadores identificaram a participação de dois suspeitos W.J.S e V.M.T.

A dupla foi localizada na rodovia TO -110, em posse de uma motocicleta Honda CG 125, de cor azul, ocasião em que foi encontrado junto a um dos suspeitos, cerca de R$ 300.

Diante da confirmação das suspeitas, os autores foram conduzidos para Delegacia de Polícia para averiguação.

Na Delegacia, durante entrevista individualizada, um dos suspeitos confessou que a dupla, de fato, teria cometido o crime, entregando a outra parte do dinheiro que estava escondido na residência deles, e revelando que a motocicleta encontrada em posse da dupla, seria o veículo utilizado na empreitada criminosa.

Segundo polícia, a frieza dos envolvidos causou espanto, uma vez que eles, mesmo após agredir gravemente, amarrar, ameaçar, humilhar e roubar uma pessoa idosa e indefesa, afirmaram ter cometido o crime devido ao excesso de bebida alcoólica e drogas que ambos haviam consumido anteriormente.

A vítima foi encaminhada ao hospital Municipal de Taguatinga, onde foi constatado, pelo médico responsável pelo laudo, graves lesões, causando risco de morte iminente.

Os dois acusados, que também são investigados pela prática de outros crimes na região, foram autuado em flagrante delito, pela prática de tentativa de latrocínio. 

Após os procedimentos de praxe, a dupla foi encaminhada para a carceragem da Cadeia Pública de Taguatinga, onde permanecerá à disposição do Poder judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário