Banner 1

Banner 1

sábado, 9 de dezembro de 2017

Terrível: Pai e filho são mortos a tiros por vizinho durante briga em condomínio no DF



Um segurança de 43 anos matou os vizinhos – pai e filho – durante uma briga em um condomínio na noite desta sexta-feira (8) no Jardim Botânico, em Brasília. 

Segundo a ocorrência, por volta das 23h45, Roney Ramalho Sereno sacou a arma e disparou contra os dois.

Ele foi preso e, até a última atualização desta reportagem, estava detido na carceragem da Polícia Civil. 

Anderson Ferreira de Aguiar, de 49 anos, morreu na hora. Ele era servidor da área de Finanças da Presidência da República. Já o filho, de 21 anos, foi atingido na cabeça e acudido pelo irmão.

O filho foi socorrido pelos bombeiros, mas não resistiu até chegar ao hospital. Os dois estavam indo abastecer o carro.De acordo com a Polícia Militar, a discussão teria começado por causa de uma lixeira instalada há quatro anos entre os lotes.

Dentro da casa de Sereno, no condomínio Estância Quinta da Alvorada, foram encontrados um revólver, uma pistola, uma espingarda e ao menos 30 mil projéteis.Membro da Federação Brasiliense de Tiro Esportivo e segurança no Ministério Público Federal (MPF), Sereno tentou fugir. 

A mulher dele, que presenciou o crime, revelou à PM que o marido tinha pulado o muro dos fundos da casa.

Ele foi encontrado em um bar próximo ao condomínio e acabou preso em flagrante por homicídio. 

Na delegacia, disse que só falaria perante um juiz.Membro da Federação Brasiliense de Tiro Esportivo e segurança no Ministério Público Federal (MPF), Sereno tentou fugir. 

A mulher dele, que presenciou o crime, revelou à PM que o marido tinha pulado o muro dos fundos da casa.

Ele foi encontrado em um bar próximo ao condomínio e acabou preso em flagrante por homicídio. Na delegacia, disse que só falaria perante um juiz.

Fonte: G1




Nenhum comentário:

Postar um comentário