Banner 1

Banner 1

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

PM se reúne com voluntários para construção do Hospital de Câncer do Tocantins



Na manhã desta terça-feira, 12, a Polícia Militar recebeu no Quartel do Comando Geral, em Palmas, uma comissão de voluntários que estão buscando parcerias para a construção do Hospital de Câncer do Tocantins.

Uma extensão do Hospital de Amor na capital, Instituição anteriormente conhecida como Hospital de Câncer de Barretos.

A comissão é composta pelo coordenador voluntário do Hospital de Amor no Estado do Tocantins, Leonel Dias de Souza; pela coordenadora voluntária de Palmas, Ana Paula Bichuette; pelo analista de captação de recursos, José Antônio Carvalho de Souza; pela engenheira, Amanda Sotta e pela madrinha dos cofrinhos, Rosita Avelino Pacheco.

Os integrantes foram recebidos pelo subchefe do estado-maior da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa, além da subdiretora da Diretoria de Promoção Social e Saúde, tenente-coronel Wélere Gomes Barbosa Silveira; o chefe da Seção de Planejamento (PM/3), major Antônio Carlos Folha Leite e a chefe da Assessoria de Comunicação, major Lourdes Cristina Coelho Rodrigues.

Durante o encontro foi apresentada a importância de expandir o Hospital de Amor, atualmente com apenas uma unidade completa no Estado de São Paulo. Existem outras extensões da Instituição, porém atuam apenas preventivamente. Já a unidade em Palmas possibilitará todo o tratamento da pessoa diagnosticada com câncer.

O Hospital que começou a ser construído na quadra 1.101 Sul, abrange um terreno de 53 mil metros quadrados.

O projeto elaborado pela engenheira Amanda Sotta terá uma área construída de aproximadamente 24 mil metros quadrados. Segundo os voluntários, a previsão é que alguns atendimentos já possam ser realizados em dois anos e meio.

De acordo com Leonel Dias, a construção e aquisição de equipamentos tem um custo elevado e por isso é preciso contar com a contribuição da sociedade. “Buscamos parcerias, pois o Hospital não tem investimento de dinheiro público.

A sociedade se apresenta e abraça a causa, que é muito nobre”, declarou o coordenador voluntário estadual.

A Polícia Militar se comprometeu a agendar para 2018, em Palmas, um encontro formal da comissão de voluntários do Hospital de Amor com o efetivo da capital e comandantes das Unidades de todo o Estado.

A ação busca sensibilizar os militares para contribuírem com o projeto. Além do encontro, ficou acertado que os Batalhões e Companhias da PM vão receber o cofrinho para incentivar as doações voluntárias de dinheiro.

“Nós reconhecemos o valor de ter em nosso Estado, um hospital que é referência no tratamento de câncer no país.

Somos uma polícia que além de trabalharmos com a segurança pública, estamos atuando em projetos socais que buscam melhoria na qualidade de vida. A Polícia Militar tem interesse em participar desse projeto”, afirmou o subchefe do estado-maior.


Em Arraias, a mobilização será no dia 14. 

A reunião preparatória para o 1° Leilão " Direito de Viver" vai ocorrer às 19h, no Colégio Estadual Silva Dourado, ao lado do ginásio de esportes de Arraias, com a participação da equipe de voluntários do Hospital.

Fonte: PMTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário