Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Mulheres se reúnem em Brasília com presidente da Women for Water Partnership para tratar da água


A escassez de água é um dos problemas mundiais que vem recebendo a atenção das atuantes mulheres da Capital Federal. 

Neste sentido, a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais (BPW Brasília) tem promovido várias ações de conscientização sobre o tema, como capacitação, encontros e palestras. 

Entre elas, está o encontro com a presidente do Women for Water Partnership (WFWP), President Soroptmist Internacional Mariet Verhoef-Cohen, e Margarida Yassuda, Representante WFWP no Brasil, que ocorreu neste domingo (10), as 16h, na sede da FECOMERCIO, em Brasília. 

A representante da entidade internacional será recebida pela presidente da BPW Brasília, Cristina Melo, juntamente com a presidente do Clube Soroptimista de Brasília, Maria José de Oliveira Santana, além de representantes das Embaixadoras da Água, que fazem parte do projeto Plante Água - Academia de formação de Embaixadoras da Água, com coordenação da Yara Blochtein, da BPW Porto Alegre. 

As Embaixadoras foram selecionadas entre mulheres com relevante atuação na sociedade brasiliense e fazem parte de entidades, ONGs e de empresas privadas. 

“Temos trabalhado ativamente o tema sobre a água com as mulheres e por isso este é um encontro muito importante para nós e para a cidade, especialmente por que vamos receber em março o Fórum Mundial da Água. 

A BPW, além dos encontros realizados desde fevereiro de 2017, tem participado de curso de capacitação e oficinas, como o Água e Gênero, na Agência Nacional de Águas (ANA), que possibilitou a construção de uma agenda sobre o tema no Brasil e na América Latina. 

O Projeto Plante Água é uma parceria Women for Water Partnership e Soroptmista Brasil e este encontro mostra a importância da parceria, afirma a presidente da BPW Brasília, Cristina Melo. “Diria que é um dos encontros preparatórios para o Fórum”, completa. 

Já na segunda-feira, Mariet Verhoef-Cohen falará sobre o tema no Conselho Nacional do Ministério Público, em palestra aberta ao publico. 

 “Na África e na Ásia, as mulheres e meninas assumem a responsabilidade primária pela obtenção da água. 

Elas caminham em média seis quilômetros por dia e gastam até seis horas na tarefa, impactando seu tempo e acesso a oportunidades”, afirma a especialista. 

Dos milhões de empregos relacionados ao setor da água no mundo, apenas 17% são ocupados por mulheres. “Esses são apenas alguns dos fatos que ilustram a importância da questão de gênero e do vínculo entre água e mulheres”, completa Mariet.

A palestra faz parte do “Seminário Internacional Água, Vida e Direitos Humanos à Luz dos Riscos Socioambientais”, que será realizado nos dias 11 e 12 de novembro, no auditório do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em Brasília. 

Mariet Verhoef-Cohen participará do painel “Água, Meio Rural e Populações Tradicionais: grandes empreendimentos e violações de direitos”, no dia 11 de dezembro, às 14 horas.  

O evento é uma parceria do CNMP com o Ministério Público Federal (MPF) e com a Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) e as inscrições podem ser feitas até quinta (07) pelo site do MPF. 

Sobre Mariet Verhoef-Cohen - Ativista holandesa com destaque internacional, Verhoef-Cohen está à frente da entidade composta por 27 organizações e com atuação em 134 países, que tem como missão a luta pelo empoderamento das mulheres como líderes ativas e agentes de transformação no processo de acesso universal à água potável. 

O trabalho alcança mais de um milhão de mulheres de baixa e média renda na África, Ásia, América Latina e no Caribe, além de Europa Oriental, Cáucaso, Ásia Central e Europa Ocidental. 

Sobre a BPW - A entidade foi criada em 1930 na Suíça. 

Trata-se de uma organização não governamental, sem fins lucrativos, apartidária e não assistencial, que agrega mulheres empresárias e profissionais com ideais comuns como: aperfeiçoamento profissional; melhores condições e oportunidades na vida econômica, civil e política do país; eliminação de todos os tipos de discriminação, encorajamento e promoção das mulheres à margem do mercado de trabalho, troca de experiências e negócios.

Serviço:
DIA: 10/12 (domingo) 
HORA: 16h
LOCAL: FECOMÉRCIO - Federação do Comércio do Distrito Federal
ENDEREÇO: Setor Comercial Sul Quadra 6 - Brasília DF 
Apenas para Associadas da BPW Brasília

DIA: 11/12 (segunda)
HORA: 14h as 16h
LOCAL: CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO.
ENDEREÇO: Ed Adail Balmonte Lote 3 SHCS
Tel: 3366-9100
Aberto ao público 

Nenhum comentário:

Postar um comentário