Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Fazendo a diferença: Correios recebem mapas da cidade. Portal da Serra e Novo Horizonte, serão incluídos nas rotas de entrega de correspondências e encomendas



Por Jefferson Victor,

Objetivando resolver problemas de interesse coletivo, através do Blog do Dinomar Miranda, temos procurado de alguma forma contribuir com atividades que visam a melhoria na qualidade de vida de nossa comunidade.

Através do Blog, temos alcançado êxitos em algumas de nossas reivindicações, mas algumas batalhas necessitam de uma maior participação popular, mas infelizmente muitos não compartilham das mesmas ideias e pensamentos.

Há três aos, no dia 23 de dezembro de 2014, publicamos matéria sobre a falta de entrega de correspondências e encomendas nos setores Portal da Serra Novo Horizonte, Barreirão e Pouso Alto.

Na oportunidade procuramos os Correios, fizemos alguns questionamentos e uma das alegações é que os setores em questão não possuíam mapas oficiais fornecidos pela prefeitura, e que no caso do Pouso Alto iriam propor uma modalidade de entrega com o apoio da comunidade local.

Fizemos alguns questionamentos e apresentamos propostas de soluções para o problema, porém, três anos após nenhum passo foi dado neste sentido, e infelizmente essas localidades inexistem para os Correios.

Visando solucionar parte da demanda, estivemos pessoalmente na prefeitura para abordar o assunto. 

Na oportunidade fomos recebidos por  Silas Vinicius, Assessor de Comunicação, Rone Cesar, Secretário de Administração, e Carlinhos de Jesus, Secretário de Esportes, e  todos prontamente contribuíram para que os mapas fossem reproduzidos.

Nesta terça 13, com acompanhamento da TV Campos Belos através do seu administrador, Sergio Sombra dos Santos e Silas do Site Akontece, fizemos a entrega dos dois mapas através de oficio encaminhado pela prefeitura, e com isso,  documentamos a entrega para que não haja por parte dos correios qualquer tipo de alegação para o cumprimento de suas obrigações.

Na oportunidade fizemos a entrega à administração e tivemos a promessa de que farão o comunicado à regional Brasília, e que tomará todas as providências para que brevemente esses setores sejam inseridos nas rotas de entregas.

É lamentável que esse impasse já dure duas décadas. É inadmissível que os Correios usem subterfúgios para camuflar a sua irresponsabilidade nesse episódio.

Pessoas dos dois setores são tratados como nos anos cinquenta e sessenta, ocasião em que as pessoas se dirigiam intuitivamente até os Correios em busca de correspondências. Estamos no século vinte e um e lamentavelmente tal modalidade ainda prospera em Campos Belos.

Não se consegue de uma só vez resolver todos os problemas de uma comunidade, porém se não houver empenho por parte de administradores, legisladores e do próprio judiciário, direitos sempre serão negados e deveres serão cumpridos a ferro e fogo.

Comentário deste Blogueiro

Agora vamos aguardar e ver qual a nova desculpa dos Correios em não atender as comunidades dos bairros. 

Foi preciso a mobilização de um cidadão, que lutou contra tudo e contra todos, para tentar resolver essa bronca que já dura 20 anos. 

Não precisava de tudo isso. 

Os Correios, até por ser uma empresa pública, tem a obrigação de identificar os novos assentamentos urbanos, e até rurais, para levar este serviço público essencial.

É inadmissível que pessoas paguem o IPTU, luz, água e não possam receber em suas residências uma mera correspondência. 

Isso é simplesmente uma negação de cidadania por parte de um órgão público, que cada vez mais está sucumbindo-se em burocracias.

Por outro lado, a ação do ativista social Jefferson Victor mostra que cidadania é mais do que votar e participar das eleições.

Basta apenas a vontade de fazer. É uma lição de não ficar de braços cruzados esperando o Estado resolver.  

Nós, cidadãos, podemos e devemos agir, afora as ações de órgãos governamentais, para resolver as mais variadas questões que tanto nos aflige. 

E são muitas. É só olhar para os lados: a questão ambiental, a hídrica, o lixo urbano, os idosos, a proteção dos animais, as pessoas carentes, a educação, música, cultura, a tecnologia, as drogas, as crianças e adolescentes sem qualquer rumo. 

A pergunta é o que posso fazer? e partir para a luta. 

Exemplos não faltam. 

Jefferson Victor possui várias ações, inclusive no que diz respeito à crise hídrica. 

Evônio Madureira é outro ativista, assim como Dinha Terra e os voluntários da OPA - Organização de Proteção dos Animais. Este blog também é um exemplo. 

São muitas pessoas ativas e que fazem a diferença. E nós podemos fazer a diferença. 

Um comentário:

  1. Meu deus 20 anos... E ainda teve que fazer o mapa em Goiânia? Gente campos belos é uma força, a cidade super pequena... aproveita e envia o mapa para o Detran pois aqui é o único lugar do mundo que as habilitações levam 8 meses para chegar e ainda chega na mão do dono da auto escola!

    ResponderExcluir