Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Vereador e assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Inhumas são presos por tráfico de drogas


Na última quarta-feira (1º), o presidente afastado da Câmara Municipal de Inhumas (GO), vereador Gleiton Luiz Roque, mais conhecido como “Tumate”, e o assessor de comunicação da presidência, Carlos Alberto de Oliveira Filho, foram presos pela Polícia Civil por tráfico de drogas. 

Esta é a 3ª fase da Operação “Assepsia”, que a princípio tinha como objetivo desarticular uma quadrilha responsável por fraudes em licitações na Casa.

Durante 2ª fase da investigação, o delegado responsável pelo caso, Humberto Teófilo, encontrou provas que confirmavam o envolvimento dos funcionários públicos com o crime de tráfico de drogas. 

Segundo o delegado, foram flagrados, via aplicativos telefônicos, Gleiton e Carlos Alberto vendendo e usando ecstasy, conhecida popularmente como “bala”.

O assessor de comunicação foi preso no início da manhã de quarta, em sua residência. 

Na casa foram encontrados uma arma de fogo com numeração raspada, balança de precisão, porções de maconha e diversas embalagens para colocar o ecstasy. 

Além disso, Carlos Alberto possui diversas passagens pela polícia, inclusive já foi condenado a mais de cinco anos de prisão pelo crime de roubo a estabelecimento comercial.

Já o presidente afastado da Casa, Gleiton Luiz, foi preso por volta das 22h, enquanto jantava com a namorada e um casal de amigos em um restaurante, em Goiânia. 

Por não esboçar nenhuma reação que indicasse resistência, o uso de algemas foi dispensado.

Os presos estão na Unidade Prisional de Inhumas.

Fonte: O Popular

Um comentário:

  1. Não intendo vc Denomar...
    Sempre vejo vc ocultar o rosto das pessoas quando e preso.
    Em em outros casos vc sempre fas questão de mostrar o rosto.
    Sempre vc voce escondendo os rostos principalmente de pedofilo,bandidos perigoso.
    Seria medo de represaria? Ou esconder os fatos da sociedade?

    ResponderExcluir