Banner 1

Banner 1

sábado, 18 de novembro de 2017

Terrível: homem que fazia 'acompanhamento espiritual' é condenado a 65 anos de prisão pelo estupro de crianças, no Tocantins


Justiça condenou Jacir Gomes, de 64 anos, pelo crime de estupro contra seis crianças no Tocantins. 

Ele se dizia um 'líder espiritual' e, conforme a denúncia, usava o pretexto de que iria fazer um acompanhamento, mas se aproveitava dos momentos a sós com as vítimas para praticar o crime. Somadas, as penas chegam a 65 anos de prisão. 

Ele foi preso, em março deste ano.

Segundo o Ministério Público Estadual, as vítimas moram em Porto Nacional e Nova Rosalândia. Uma delas, uma criança de oito anos, foi abusada durante quatro anos.

A comparsa do criminoso, Josiane de Souza Gomes, de 34 anos, também foi condenada a 38 anos de prisão. Conforme o MPE, em alguns casos Jacir se aproveitava da confiança dos pais das vítimas com quem tinha amizade para cometer os abusos. 

Já em outros, Josiane enganava as famílias para que deixassem as meninas lhe acompanhar e levava as crianças de Nova Rosalândia, local onde moravam, até Porto Nacional, para que Jacir cometesse os estupros.

Ainda conforme a denúncia, as vítimas eram crianças de oito, 11 e 12 anos. Elas contaram que foram violentadas diversas vezes, por meio de conjunção carnal e atos libidinosos. 

O MPE informou que Jacir fazia ameaças dizendo que se as meninas contassem sobre os crimes, ele poderia fazer algo contra os parentes delas.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário