sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Crise Hídrica: Pré-adolescente faz vídeo e expõe a dramaticidade e agonia do Rio Monte Claros. Só os adultos não entendem o extremo perigo que se aproxima



O adolescente e estudante Freumer Souza (14) representa bem a imensa preocupação das futuras gerações de goianos e de brasileiros com a questão ambiental, principalmente a gravíssima crise hídrica que assola Goiás e Tocantins.

De iniciativa própria e usando apenas um celular pessoal, o garoto foi ao Rio Montes Claros, que divide os municípios de Campos Belos e Monte Alegre de Goiás, e gravou a triste agonia do rio.

A geração dele não foi capaz de assistir à fatura de água e peixes, riqueza e biodiversidade que outrora este mesmo rio propiciou aos ribeirinhas e às famílias ao longo de séculos.

As gerações de adultos anteriores não foram capazes de preservar as riquezas naturais.

Pelo contrário, estão "dando de presente" a esses futuros cidadãos um fiasco, um remedo de rio, poluído e sem água.

Uma tristeza, uma vergonha. 

As futuras gerações não nos perdoará, essa é uma realidade. Assista ao vídeo feito pelo estudante, atento e antenado. 

2 comentários:

  1. É de chorar,de se preocupar e de principalmete tomarmos uma iniciativa como seres humanos. Em aurora do tocantins varias chacaras e fazendas que antes eram fartas de água estão em total escassez. O rio da lavandeira está com um volume cada dia mais baixo de água. Os moradores do Rio Azuis-TO terão que fazer algumas mudanças proximas ao rio para que as fontes que já estavam sendo prejudicadas se restaurem.Precisamos acordar e pararmos de sermos tão acomodados. Precisamos agir e tomarmos iniciativas antes que seja tarde de mais.

    ResponderExcluir
  2. Vejo os prefeitos das cidades vizinhas se empenhando para fazer um trabalho de conscientização da população para com o meio ambiente, com a preservação do Rio que abastece a cidade, enquanto isso, o nosso tão amado prefeito até agora não vi tomar frente de nada, conheço o Montes claros desde quando nasci, a sua situação é deplorável, a muitos trechos em que não corre nenhuma gota de água, oque se vê são poças, onde antes era possível tomar banho, hoje mal lava os pés, abaixo das cidades o problema é o lixo, mas conheço a nascente do rio, a situação é ainda pior, existe apenas pasto e mais pasto, é triste ver um rio que a um tempo atrás era tão majestoso, fonte de renda para os ribeirinhos, hoje está nessa situação.

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.