Banner 1

Banner 1

domingo, 10 de setembro de 2017

Tristeza: seca abate o velho Rio Bezerra, em Campos Belos e Arraias (TO)


O filete de água que corre neste pequeno curso de água, da imagem acima, não enche um balde. 

É o volume semelhante daqueles córregos que banham a cidade de Campos Belos, quase extinto, como o "Ferreirinha", que ainda corre, ajudado por canos de esgotos de dezenas de casas e residências urbanas. 

Mas pasmem, a imagem acima não é do Ferrerinha, mas do histórico e imponente Rio Bezerra, uma das principais bacias do nordeste do Estado, e que divide o estado de Goiás do Tocantins; e a região Centro Oeste da região Norte do país. 

Uma tristeza sem fim. 

Quem conheceu o velho bezerra de outrora e vê essa agonia, sente-se impotente e incrédulo diante de tamanho desastre ambiental.  É de chorar, de se emocionar. 

As causas sãos as mais diversas: a severa estiagem que assola Goiás e Tocantins e princialmente aquelas produzidas pela própria intervenção humana:

Uma barragem feita no seu leito para a exploração mineral; a atividade irresponsável da agropecuária que extinguiu as matas ciliares; a destruição de pequenas grotas e riachos, que são afluentes do bezerra como o "Jacuba"; e inúmeras outras ações maléficas ao meio ambiente. 

Os prejudicados, são todos os seres humanos, inclusive os próprios exploradores, como os agropecuaristas e as mineradoras,  além do forte impacto na fauna e flora de toda a região. 

A pergunta é o que fazer de agora em diante? esperar a extinção total do rio ou tomar iniciativas de recuperação ? que atores tem seus papeis preponderantes?

É hora de a sociedade reagir, antes que ela mesma seja engolida por sua própria inércia.   





7 comentários:

  1. E O ÓRGÃO FISCALIZADOR COMPRADO NÃO FAZ NADA,VAI ACONTECER O MESMO QUE ACONTECEU COM PARANÃ "ESQUECEMOS DE ABRI AS COMPORTAS" E TUDO BEM,OS EXPLORADORES NÃO SÃO DAQUI E NEM VEIO PRA FICAR,MINERADORAS SÃO HERANÇA MALDITA.

    ResponderExcluir
  2. Cadê os puchacos do Prefeito Ninha que nada fez durante sua gestão para pressionar a mineradora que represou e matou tantos peixes.

    ResponderExcluir
  3. kkkkk ate a falta de agua que e problema mundial agora e culpa de ninha kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Realmente mataram o bem maior da nossa região, a ganância é o mal da humanidade que só querem o dinheiro e esquece da vida do planeta.

    ResponderExcluir
  5. A exploração desenfreada da areia do Rio não é do momento, já fazem dezenas de anos, todas as vezes que passamos naquela BR indo para Arraias To, os caminhões saem amarrotados de AREIAS das margens do Rio Bezerra!! Parece não ter nenhum órgão público de fiscalização, Municipal, Estadual, Federal!! Vamos reagir População de Campos Belos-Goiás!!Quem sabe ainda dá tempo do Velho BEEZRRA, sair da UTI!!

    ResponderExcluir
  6. Seria cômico se não fosse trágico, vi aqui mesmo neste blog máquinas da prefeitura de Campos Belos desmatando a orla do Rio Bezerra (mata ciliar), inclusive com cobertura de um canal de tv e muitos energúmenos elogiando a ação que sequer teve autorização ou licença de qualquer órgão ambiental. Aqui infelizmente pode tudo, levam tudo na brincadeira e na politicagem, o que era errado antes, agora é certo e vice versa. Toda revitalização de orla de praia tem que ser feita com planejamento e orientação dos orgãos ambientais. No Bezerra foi coordenada pelo bidó, que até onde sei não tem formação nenhuma em educação ambiental.

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente sempre sobra para a população, e essa pode se organizar e se mobilizar a recuperar o rio.
    Em Taguatinga Tocantins um grupo de pessoas criou o projeto Amigos do Rio Abreu a 6 meses atrás para recuperar o principal rio da cidade e o projeto vem ganhando forças e começou a dar resultado.
    Como: construção de um viveiro para cultivar mudas nativas, recebimento de sementes e mais doações da população além de alguns ribeirinhos que já começaram a preservar o rio por conta própria.

    ResponderExcluir