Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Supostos seguranças do STF são presos em São João da Aliança, por disparo de arma de fogo

Pistola .380, arma semelhante à apreendida com os acusados 

Três pessoas foram presas na madrugada desta segunda-feira (18), em São João da Aliança, nordeste de Goiás, por disparo de arma de fogo em via pública. 

Os disparos ocorreram na Avenida Circular, no Setor Aeroporto, próximo ao Bar da Neide. 

A Polícia Militar recebeu a informação de que três homens, em um veículo preto, estavam efetuando disparos de arma de fogo na rua.

No local, os militares se depararam com os acusados, os quais se identificaram como seguranças do Poder Judiciário.


De acordo com o sargento Elias Alves, da Polícia Militar e também radialista na cidade, com eles foram encontrados uma pistola calibre .380, pertencente ao Supremo Tribunal Federal (STF), com quinze munições, e ainda um revolver calibre .38, com cinco munições.

Os supostos seguranças do STF foram conduzidos à Central de Flagrantes, em Formosa (GO), no Entorno do DF, onde a autoridade da Polícia Judiciária ratificou a prisão em flagrante de um deles, que foi liberado após pagamento de fiança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário