Banner 1

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Serviço Público: "Em Divinópolis de Goiás, pedimos socorro", diz servidor



"Boa tarde Dinomar Miranda, 

O relato do massacre em Divinópolis - GO

Sou servidor público municipal e estou aqui para fazer um breve relato, esperando que seja publicado a favor do interesse público.

Já não é novidade a nenhum cidadão brasileiro as dificuldades financeiras que assola o Brasil.

No nosso Município também não é novidade. O atual prefeito assumiu a prefeitura em janeiro/2017 e logo encharcou a prefeitura de novos servidores em todas as áreas, em decorrência da receita municipal ser melhor no primeiro trimestre, achava ele que permaneceria durante todo ano na mesma toada.

Fato que hoje estamos em uma verdadeira decadência e se o Ministério Público não tomar partido dessa situação e acionar o administrador a cumprir os princípios constitucionais, em breve o Município vai entrar em colapso. 

A educação está paralisada com as suas ações, a assistência social, vive uma verdadeira faz de conta, o transporte é dirigido pelo segundo prefeito do Município. 

E a saúde? Ah! já teve boa. Hoje despencou para o fracasso. Veja que a saúde recebeu  na ordem de 100 mil reais no início de agosto e até agora não foi aplicado e nem mesmo publicado. 

Esse dinheiro ainda foi mérito da gestão passada, como o gerador, o campo de futebol society, o parque de vaquejada, o loteamento e outras obras.

Pelo contrario, tivemos todas as gratificações e outras vantagens retiradas. 

Para você ter uma ideia, estamos recebendo apenas um salário mínimo, que após os desconto, recebemos pouco mais de 800 reais. 

E te pergunto, onde está o dinheiro? 

Interessante que quem foi taxado de chefe de quadrilha e outros adjetivos, nos pagavam rigorosamente em dia.

Nossas diárias eram pagas rigorosamente em dia. Fomos valorizados e até tivemos aumento salarial durante a gestão de 2013/2016, e hoje onde esta o dinheiro? 

Quem roubava nos pagava em dias com todos os direitos e hoje quem não rouba não esta conseguindo arcar nem com o básico. Não dá para entender. 

No nosso hospital, nem luvas para procedimentos tem.

A farmácia básica foi extinguida desde novembro do ano passado após a saída do ex-secretário. 

Até o gerador que a gestão anterior conseguiu foi instalado.

E agora, a pergunta que não se cala, onde está o dinheiro?

É impressionante como só a população paga o pato.

O preço para permanecer no cargo é muito alto. Esse preço quem paga é a sociedade.

Pedimos socorro! pedimos clemencia! um verdadeiro prefeito vestido de carneiro, por fora humilde, simples, por dentro perseguidor.

Os verdadeiros administradores da prefeitura de Divinópolis são os mesmos de anos.

O câncer está implantado na prefeitura e o promotor não conseguiu tirar.

O bom sai, os ruins permanecem....

E a vida segue.....

Por favor, formate esse texto e não deixe de publicar, o povo esta sofrendo calado,,,,,morrendo as mínguas......

As contas pessoais dos servidores estão todas em atrasos por incompetência do secretário de financia e do prefeito que, visam apenas em aumentar os seus patrimônios.

Os servidores quando não atendem os pedidos dos secretários ou prefeito, é remanejado de área, uma verdadeira perseguição.

segue o comprovante em anexo...

Mantem por favor o anonimato, pois a perseguição é grande, motivo pela qual nos calamos." 

Nenhum comentário: