Banner 1

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Recomendo: Filme “Polícia Federal – A lei é para todos” ultrapassa 1 milhão de ingressos



O filme “Polícia Federal – A lei é para todos”, thriller que revela os bastidores da Operação Lava Jato, rompeu a barreira de 1 milhão de ingressos vendidos no fim de semana estendido de 21 a 24 de setembro. 

A produção, que estreou no dia 7 de setembro, já acumula uma bilheteria de R$16.979.086. Segundo o portal especializado Filme B, “Polícia Federal – A lei é para todos” se prepara para liderar o ranking dos filmes brasileiros lançados em 2017, ultrapassando  “Detetives do Prédio Azul”, que vendeu 1.192.368 ingressos.

“Os resultados comerciais confirmam o que sempre pensamos: os brasileiros queriam ver na tela grande um thriller policial com a história do mais importante acontecimento no país nos últimos anos,” destaca o produtor Tomislav Blazic, da New Cine & TV e Raconto Produções. 

“Acredito que inauguramos uma nova tendência no cinema nacional, a de filmes baseados em fatos reais, sobre os grandes temas do país, feitos no calor dos acontecimentos, algo que já é uma tradição em várias cinematografias, em particular em Hollywood.”

Mais do que o sucesso de bilheteria, “Polícia Federal – A lei é para todos” tem gerado mobilizações espontâneas em todo país. São muitos os relatos de sessões em que o público aplaude de pé no fim da projeção. 

Em Curitiba, os 180 funcionários do restaurante Coco Bambu assistiram ao filme juntos, convidados pelo proprietário do estabelecimento, Ranieri Saraiva. 

A intenção, segundo a coordenadora de eventos da casa, Suzana Laporte, foi proporcionar um programa de lazer e de cidadania ao grupo de colaboradores do restaurante.

“Polícia Federal – A lei é para todos” tem recebido prêmios que ultrapassam o universo do cinema. 

O produtor Tomi Blazic e o diretor Marcelo Antunez foram homenageados em 2 de setembro na II Jornada Internacional de Investigação Criminal, realizada na cidade de Gramado, no Estado do Rio Grande do Sul. Os organizadores reconheceram a contribuição do filme por apresentar ao público a história do maior esquema de corrupção do mundo. 

A Jornada contou com mais de 1.500 participantes – advogados, secretários de segurança, delegados, autoridades governamentais etc. – e com palestrantes do FBI e dos serviços de segurança anticorrupção da Itália e Suíça, além do juiz Sérgio Moro.

O filme também foi homenageado na V Conferência Internacional de Prevenção e Combate à Corrupção, realizada no Rio de Janeiro nos dias 20 e 21 de setembro, que foi organizada pelo Instituto Brasileiro de Direito e Criminologia – IBDC, Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal – ADPF e Comissão Especial Anticorrupção, Compliance e de Controle Social dos Gastos Públicos (CSGP) da OAB/RJ.

Além das homenagens, “Polícia Federal – A lei é para todos” foi convidado a participar do maior festival de filmes anticorrupção do mundo, o Fraud Film Festival, em Amsterdã, na Holanda, que será realizado nos dias 5 e 6 de outubro.

O produtor Tomi Blazic anunciou que já está trabalhando no filme de continuação. A equipe da produtora iniciou o processo de pesquisa de informações que vai embasar a redação do roteiro do segundo filme.

“O que não faltam são acontecimentos cinematográficos. O segundo filme vai ter Eduardo Cunha, Aécio Neves, Michel e Temer e mais sobre o Lula,” adianta Tomi Blazic.

Com informações da Assessoria 

2 comentários:

Anônimo disse...

Senhor Dinomar Miranda, primeiramente gostaria de agradecer pela tão grande ajuda que proporciona o seu site, em 5 de novembro de 2015 uma das maiores catástrofes ambientais aconteceu devido ao rompimento das barragens da Samarco em Minas Gerais. Após o rompimento, a empresa executou vários planos emergenciais, do qual vimos até hoje nas notícias. Infelizmente aqui no Brasil a grade porcentagem das empresas e das pessoas esperam acontecer para depois poder fazer.
Todos sabem que aqui perto de nós entre Arraias - To e Campos Belos - Go, foi construída uma barragem da Mineradora Itafós cujo o nome também MBAC fertilizantes. Hoje esta barragem encontra-se com várias fissuras, podendo acontecer o mesmo que aconteceu em 2015 com a empresa Samarco.
Diante deste fato, espero que as autoridades e até mesmo a empresa possa executar algum plano de manutenção e fiscalização, pois só assim não entraremos na porcentagem daqueles que deixam acontecer para depois fazer.

Leydmaraandrade Silva disse...

Gostaria fala com Dinomar Miranda sobre reportagem faz em Aurora