Banner 1

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Mais promessas: luta pelo curso de direito na UEG de Campos Belos ganha adesão de 7 prefeitos da região




O governador de Goiás Marconi Perillo visitou vários municípios do Nordeste Goiano neste dia 30 de agosto firmando convênios com as prefeituras para implementação do programa “Goiás na Frente”, que prevê investimentos médio de dois milhões de reais para cada um dos municípios visitados.

Em Campos Belos, entre as reivindicações do prefeito Eduardo Terra, foi protocolado e cobrado pelo jovem prefeito, com o apoio formal de mais 6 outros prefeitos da região, a implantação do curso de Bacharel em Direito na UEG – Câmpus Campos Belos.

No documento acolhido pela governador e assinado pelos prefeitos de Campos Belos, Teresina de Goiás, Monte Alegre de Goiás, São Domingos, Alto Paraíso, Divinópolis e Cavalcante, eles ressaltam que a implantação de curso na UEG de Campos Belos, “potencializará de maneira ímpar o desenvolvimento da região, com vistas à tutela do direito ambiental junto à Chapada dos Veadeiros, além de seu conteúdo histórico nos Kalungas e demais conceitos de potência que integra a GO 118”.

Por sua vez o governador afirmou que “apesar de não depender só de mim, considero importante a implantação do curso de direito na região. Para isso vou encaminhar ao reitor para que ele convença o Conselho Universitário deste atendimento”.

Ao sair do recinto, onde fora realizada a cerimônia, governador disse ainda em conversa reservada com o prefeito de Campos Belos e o diretor da UEG professor Adelino Machado, que eles devam ficar atentos e “cobrem do Conselho Universitário uma posição sobre o curso de Direito em Campos Belos”.

O diretor da UEG considera ter dado um passo largo, junto com os prefeitos, para a realização deste, que é um grande sonho da população desta parte do Nordeste Goiano. 

“No que depender dos esforços desta gestão estaremos sempre trabalhando, sintonizados com a administração central da UEG, pois o reitorado do professor Haroldo Reimer tem dado bastante atenção às necessidades dessa região”, afirmou o diretor.

Fonte: UEG

7 comentários:

Anônimo disse...

EU ACHO QUE VCS PEDIU UM CURSO ERRADO PARA NOSSA REGIÃO,
AQUI SERIA MELHOR UM CURSO DE MINERAÇÃO ESSE SIM E ADEQUADO PARA NOSSA CIDADE
AGROPECUÁRIA E MINERAÇÃO SÃO AS RIQUEZA DA NOSSA REGIÃO.
O IF-GOIANO DEVERIA TER UM CURSO TÉCNICO EM MINERAÇÃO ISSO AJUDARIA OS FILHOS DE CAMPOS BELOS TER UM EMPREGADO ADEQUADO NA SUA CIDADE E NÃO DEIXAR OS DE FORA TOMAR DE CONTA

Evânia Benício disse...

O curso de Direito em Campos Belos será de grande valia, e através dele Campos Belos terá mais chances de obter outros cursos de igual porte! Parabéns a todos que tiveram lutando com "unhas e dentes" para que um dia tudo isso torne uma realidade. Quero fazer um agradecimento especial ao servidor da UEG, Marconi Burum (que não é o Perillo...rsrs), que de forma tão peculiar foi em busca de cada assinatura dos prefeitos vizinhos. Garoto, você é simplesmente incansável na luta por esse curso e por muitos outros benefícios para a nossa região. Vamos todos, direta ou indiretamente, abraçar essa causa!

Anônimo disse...

essa mineração vai acabar logo ou vcs ja esqueceram o q a MBAC fez?

Anônimo disse...

Esse curso de direito e a água do mosquito tem mais de 10 anos de blá blá blá...
para se ter noção em 2007 entrei na Ueg de Campos Belos, na época o diretor Rosolindo Neto ja havia falado que faltava pouco para o curso chegar.

Anônimo disse...

Pessoal vamos ter uma visão além da nossa cidade, curso tec de mineração já tem na facudade terra e mensalidadé de 188 reais, em quanto um curso de direito tem alto valor, temos q ter o curso de direito, curso tec encontra em qualquer esquina.vamos abrir mais a mente.

Anônimo disse...

Ele não está investindo nem nos que já estão na UEG, que está bem mais fácil vai trazer um curso de direito para a cidade agora tem que prometer mesmo eleições está chegando, nossa faculdade está vendo a hora de fechar as portas por falta de investimentos, acorda meu povo se contentam com os que estão aqui porque daqui um tempo nem UEG teremos mais em nossa cidade.

Anônimo disse...

Ely Magalhães é o Manoel Indignado