Banner 1

Banner 1

domingo, 10 de setembro de 2017

Goiás enfrenta pior crise hídrica dos últimos 30 anos


A estiagem severa em Goiás já prejudica o dia a dia da população. A seca é considerada a pior dos últimos 30 anos e está afetando o abastecimento de água.

No interior do estado, rios secos ou com baixos níveis são parte do cenário dramático que se formou.

O mais alarmante é que a crise hídrica ocorre exatamente no bioma cerrado, o mesmo que é considerado o berço das águas brasileiras. Nele estão os três principais aquíferos da América do Sul: Guarani, Bambuí e Urucuia.

Nessa região estão as principais nascentes que abastecem grandes rios no Brasil, inclusive oito das doze regiões hidrográficas no país.

Também, pela primeira vez na história, o governo de Brasília (DF) decretou um racionamento de água por tempo indeterminado na capital federal e cidades satélites no entorno.

Em Goiás, em virtude da escassez hídrica na Bacia do Meia Ponte, o Governo decretou situação de emergência por 90 dias e agora definirá, por meio da Secima, as ações de restrição para garantir os usos prioritários da água.

Na região nordeste do estado de Goiás, rios estão secando, volumes estão diminuindo, e a seca e a umidade baixa tem afetado diretamente a população.

O período de seca no Cerrado brasileiro é histórico e ocorre com intensidade nesta época do ano, entre os meses de junho e outubro, quando os índices de chuvas reduzem tanto que podem chegar a zero.

Por conta disso, a baixa umidade do ar, os ventos fortes e o calor dessa época provocam uma grande incidência de incêndios nas vegetações - as conhecidas queimadas -, que se alastram e ameaçam a biodiversidade local.

Há 15 dias, o Rio Paraná passou 24 horas sem uma gota de água. Em Campos Belos, nordeste do estado, os principais rio da cidade estão penúria: 

Montes Claros, que mata a sede, está praticamente seco. Já o Rio Bezerra cortou por completo sua vazão. 

Grotas e riachos estão completamente secos. 

Veja Vídeo

Fonte: SBT

Nenhum comentário:

Postar um comentário